sábado, 30 de abril de 2016

“Preservar o Campo de Perizes é cuidar do pulmão de São Luís”, diz Chaguinhas




O vereador Francisco Chaguinhas, líder do PP na Câmara Municipal de São Luís (CMSL), disse na tarde da última quarta-feira (27), durante audiência pública promovida pela Seccional Maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB, para tratar da desapropriação de 1.504 hectares de terras nos Campos de Perizes, que entregar a área para instalação de empreendimentos também pode provocar prejuízos à capital maranhense.

Ao falar sobre o assunto, o parlamentar ludovicense lembrou que a luta pela não desapropriação do Campo de Perizes era uma batalha para preservar uma parte do pulmão das cidades Bacabeira, Rosário e São Luís.

— Nós observamos que preservar o Campo de Perizes nada mais que do que cuidar de uma parte do pulmão das cidades Bacabeira, Rosário e São Luís— declarou.

Além do vereador de São Luís, participaram da audiência representantes da Comissão de Direitos Humanos da OAB, membros da Defensoria Pública, Pastoral da Terra, da Assembleia Legislativa, da Câmara Municipal de Rosário, da Prefeitura de Bacabeira e do Governo do Estado


sexta-feira, 29 de abril de 2016

Em Brasília, Wellington defende direitos dos maranhenses durante as Conferências Conjuntas de Direitos Humanos


O deputado estadual Wellington do Curso (PP) participou, em Brasília, das Conferências Conjuntas dos Direitos Humanos. O evento contou com a presença de quase 7 mil pessoas, tendo por objetivo debater a consolidação das Políticas de Direitos Humanos no Brasil, e também, de reafirmar os compromissos contidos no Programa Nacional dos Direitos Humanos - PNDH-3.

Na ocasião, Wellington defendeu o cumprimento dos direitos dos autistas, das pessoas com deficiências e de outras minorias.

"O Programa Nacional dos Direitos Humanos - PNDH-3 apresenta as bases de uma Política de Estado para os direitos humanos. Por direitos humanos compreendemos também o cumprimento de direitos das minorias, a exemplo dos direitos das pessoas com deficiência e dos autistas. Embora estejamos em uma época em que se enfatiza o Estado Democrático Direito, não são raras as vezes em que percebemos, no Maranhão, constantes violações aos direitos humanos de nossos maranhenses que têm alguma deficiência. Já conhecemos as lutas dessas pessoas e é por isso que fomos à Brasília: para cobrar e debater as políticas efetivas que solucionem as violações apresentadas", afirmou.

QUAIS FORAM AS TEMÁTICAS DAS CONFERÊNCIAS CONJUNTAS?

As conferências conjuntas tiveram por marco a 12ª Conferência dos Direitos Humanos, que aconteceu no período de 27 a 29 de abril de 2016. Entre os dias 25 e 27 de abril de 2016 aconteceu a 10ª Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, com o tema "Política e Plano Decenal dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes – Fortalecendo os Conselhos dos Direitos da Criança e do Adolescente"; a 4ª Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa, com o tema "Protagonismo e Empoderamento da Pessoa Idosa – Por um Brasil de Todas as Idades"; a 3ª Conferência Nacional de Políticas Públicas de Direitos Humanos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais – LGBT, com o tema "Por um Brasil que Criminalize a Violência contra Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais – LGBT";  a 4ª Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, com o tema "Os Desafios na Implementação da Política da Pessoa com Deficiência: a Transversalidade como Radicalidade dos Direitos Humanos"; e a 12ª Conferência Nacional de Direitos Humanos, com o tema "Direitos Humanos para Todas e Todos: Democracia, Justiça e Igualdade".

Aluísio Mendes garante reabertura das agências bancárias de Lago da Pedra e Buriticupu


O deputado federal Aluísio Mendes (PTN), que desde o início do seu mandato tem atuado de forma incansável em defesa da Segurança Pública no Maranhão, reuniu-se, na última quinta-feira (28), com técnicos do Banco do Brasil (BB) na sede da instituição em Brasília. Na ocasião, o parlamentar  cobrou a reabertura das agências bancárias de Lago da Pedra e Buriticupu, que não estão disponibilizando serviços bancários de qualidade à população.

Após relatar a situação da agência de Lago da Pedra, Aluísio Mendes obteve dos representantes do Banco do Brasil a garantia de que até o final de maio aquela agência será entregue à população reformada, ampliada e modernizada. Sobre a de  Buriticupu, o deputado pontuou que o grande problema enfrentado é a crescente onda de assaltos a bancos registrados nos últimos anos na cidade, o que criou dificuldades para o Banco do Brasil reabrir a agência.

"Como medida de contenção dos assaltos, farei gestões junto ao Governo do Maranhão para reforçar a segurança no município, a exemplo do que foi feito na época em que fui secretário estadual de Segurança Pública, período em que não houve assaltos na região. Faremos essa solicitação para que a agência possa reabrir com segurança para funcionários e a população de Buriticupu”, declarou o parlamentar.

Servidores da Assembleia realizam manifestação pela reforma do PCCV e permanecem em greve por tempo indeterminado


Em greve há 17 dias, os servidores da Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema) realizaram uma manifestação histórica na última quinta-feira (28). O dia dos servidores começou com o boicote das servidoras à Festa de Dia das Mães promovida pela ex-deputada Cleide Coutinho, esposa do atual presidente da Alema, deputado Humberto Coutinho.

Além de devolverem os convites, as grevistas enviaram uma carta à ex-deputada, afirmando que a homenagem mais justa que poderiam receber no Dia das Mães seria a valorização salarial e profissional com a reforma do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV) da categoria. Em seguida, todos os servidores saíram em carreata da entrada principal da Casa do Povo com destino ao Palácio dos Leões, sede do Poder Executivo do Maranhão, reivindicando a reforma do PCCV e a moralização do serviço público.

Durante todo o protesto, também foi exibido um “Fantasmão”, que na ocasião simbolizava a existência de inúmeros funcionários fantasma da Assembleia. Juntamente com os professores da rede municipal de ensino, que também estão na luta por salários e condições dignas de trabalho, os trabalhadores paralisaram o trânsito da região por mais de uma hora.

Segundo representantes dos servidores, o objetivo da ação é chamar a atenção do Ministério Público e da Procuradoria Geral de Justiça do Estado, que, segundo eles, fazem “vista grossa” para os desmandos, abusos e irregularidades que ocorrem no Legislativo Estadual.


Por fim, os servidores se concentraram em frente ao Palácio dos Leões para cobrar uma atitude enérgica do governador Flávio Dino (PCdoB). "Eleito sob o discurso da mudança e do combate à corrupção, é hora de o governador provar que não é um demagogo, começando a limpeza e a moralização da política pela Assembleia Legislativa, reduto de seus aliados, mas um poço profundo de corrupção, nepotismo e funcionários fantasma", declarou um dos participantes.
Tais práticas não podem persistir no Maranhão da mudança. Por isso, governador Flávio Dino, não só os servidores, mas o povo do Maranhão espera, ansiosamente, por um posicionamento coerente, em favor da moralização do serviço público, dos anseios dos trabalhadores e, sobretudo, contra as práticas da velha política capitaneadas pelo deputado Humberto Coutinho e a maioria dos deputados estaduais maranhenses.

A greve continua sem previsão para chegar ao fim. Os servidores, por meio do Sindicato dos Servidores da Assembleia Legislativa do Maranhão (Sindsalem), continuam abertos à negociação e esperam que a Mesa Diretora da Alema volte à mesa de negociação e apresente uma proposta satisfatória que atenda aos interesses da categoria, pondo fim à paralisação.

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Alô, Ministério Público:  Mães de alunos denunciam a precariedade da escola Cintra



LANCHE DE PÉSSIMA QUALIDADE


Várias mães e os próprios alunos denunciaram nas redes sociais a real situação em que a Fundação Nice Lobão se encontra. De acordo com a denunciante, as salas de aulas da instituição parecem lixões, e a merenda é de péssima qualidade: “As salas de aula estão um lixão, pois muitas das vezes, chegamos e nos deparamos com sujeira de turnos anteriores. Os banheiros são imundos. A merenda é de péssima qualidade. Sou mãe de aluna do Cintra e me sinto revoltada com a falta de respeito”, disse.

Indignada com essa situação, a responsável  exige respeito e um posicionamento das autoridades competentes. “Tenho que expressar minha indignação. De que adianta tapar o sol com a peneira, se está na vista de todos. Sem falar nos banheiros que são imundos!

VENTILADOR PERTO DE DESABAR DE TANTA SUJEIRA


“Sou estudante e mãe de aluno e fico entristecida com a falta de respeito para com nós, discentes. Enquanto funcionários se refrescam no ar-condicionado, nós, alunos, rezamos para acabar os horários para chegarmos em casa e nos refrescarmos no chuveiro. Ventilador que é bom nada, e os que ainda existem, estão quase caindo com o peso da sujeira. Pronto. Falei”, finaliza.

RELATO DE UMA MÃE

A situação no Cintra é tão séria que ontem ocorreram as eleições do colegiado escolar e várias turmas se recusaram a votar nos candidatos, em repúdio à atual gestão. A revolta entre os pais também foi grande. Até as 17h30 somente três responsáveis haviam votado. 

É, meus amigos, a coisa lá está séria. O blog vai encaminhar algumas denúncias ao Ministério Público Estadual e Federal.

O Blog do Davi Max tem recebido diariamente  várias queixas do e sobre o Cintra.  Em breve iremos colocar uma matéria bombástica sobre o que está acontecendo no Cintra.

Polícia Civil do Maranhão lança aplicativo “ByZu” contra o crime


A Polícia Civil, por meio da Delegacia Geral do Maranhão e da Superintendência de Polícia Civil da Capital – SPCC, lançou oficialmente na tarde da última terça-feira (26) o aplicativo “ByZu”, desenvolvido para auxiliar as investigações relacionadas ao tráfico de drogas, porte ilegal de armas de fogo e para auxiliar na localização de foragidos da Justiça e autores de crimes.

O objetivo principal do aplicativo é o recebimento de denúncias anônimas, que serão analisadas por uma equipe especializada. Após a avaliação das denúncias, elas serão encaminhadas a delegacias especializadas para a continuidade das investigações.  

O ByZu pretende, também, intensificar a aproximação da Polícia com a sociedade, dizem os idealizadores do aplicativo, delegado Alessandro Barreto e o agente Mardem Lincow, que pertencem à Polícia Civil do Piauí.  O superintendente de Polícia Civil da Capital, delegado Armando Pacheco, explica que são muitos os esforços da gestão para aproximar a Polícia da sociedade e aumentar a produtividade da corporação e a segurança dos cidadãos.

Denúncias por WhatsApp

O aplicativo lançado nesta terça-feira (26) não é a única ferramenta utilizada pela Polícia Civil para, com denúncias anônimas, intensificar as ações de segurança. No início do mês de abril, a Polícia Civil, por meio da Delegacia Geral e da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc), lançou o ‘Senarc no Combate às Drogas’ canal do aplicativo WhatsApp que está intensificando o combate às drogas.

Por meio do número telefônico (98) 9.9163-4899, a Senarc disponibiliza serviço de coleta de informações através do WhatsApp, visando combater o tráfico de drogas em todo o estado. O serviço funciona 24 horas por dia e tem sigilo absoluto, sendo totalmente confiável. A partir das informações repassadas, é iniciado um serviço de investigação e monitoramento, garantindo uma resposta satisfatória para a população.

LIDERANÇAS DE PAÇO DO LUMIAR FESTEJARAM O DIA DO LIVRO




Em comemoração ao dia do livro, lideranças do municipio de paço do lumiar organizaram um evento com as crianças, para incentivar incentivá-los ao habito da leitura.


O municipio de paço do lumiar, pelo desgaste da atual gestão, não prioriza a educação. na ocasião, as lideranças lamentaram o desrespeito e a atenção devida que os gestores têm pela educação.

O evento contou com a presença do jornalista e pré-candidato a prefeito de paço do lumiar, kym lopes, que foi recebido com muita alegria pelos presentes. o que mais chamou atenção foi o carinho das crianças para com o jornalista que, ao chegar, foi recebido com festa e alegria.

Jornalista Kym Lopes marcando presença
Jornalista Gedeon com lideranças da comunidade

Titular do Blog também esteve presente
















terça-feira, 26 de abril de 2016

Vereador de São Luís denuncia caso de racismo vivido pelo filho: “É, eu nunca vi preto assumir que faz alguma coisa”

O vereador Estevão Aragão (PSB), fez uma grave denúncia em sua página pessoal do Facebook contra a escola Reino Infantil, em São Luís. De acordo com o pai, um professor de inglês, identificado por  Gilvan,  chamou o seu filho de preto e disparou: “É, EU NUNCA VI PRETO ASSUMIR QUE FAZ ALGUMA COISA!”. A situação teria ocorrido após uma chamada de atenção do docente ao estudante.

O vereador Estevão Aragão disse que a escola se recusou a apurar o caso e agora ele está tomando as devidas providências.

Um boletim de ocorrência já foi registrado na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente.





                                        Confira a publicação:






INDIGNAÇÃO

No dia 23.03.16, meu filho foi vítima de um ato desumano ocorrido num lugar inimaginável e cometido por alguém mais inimaginável ainda: ocorreu em plena sala de aula, no Reino Infantil, na frente de todos os coleguinhas e praticado por ninguém menos que seu professor de inglês, cujo nome é Gilvan!

Ao ser chamado atenção em sala, meu filho respondeu a esse indivíduo alegando que não estava fazendo nada! O professor disse em alto e bom som, para todos ouvirem em sala: “É, EU NUNCA VI PRETO ASSUMIR QUE FAZ ALGUMA COISA!”

Procurei a escola, falei com a coordenadora que mandou falar a proprietária da escola, Sra. Socorro, que, para minha maior indignação e surpresa, tratou a questão com o maior descaso, disse que não me daria um retorno porque não tinha tempo pra ligar pra pai de aluno, e que se eu quisesse, poderia colocar nas redes sociais e procurasse meus direitos!

Bem, é exatamente isto que estou fazendo! Já registrei um BO na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, e vou dar encaminhamento aos processos judicias cabíveis!


Espero que compartilhem para que outros pais fiquem atentos e saibam que nem na escola os nossos filhos estão 100% protegidos!

Vereador Francisco Chaguinhas exige uma política de prevenção séria e eficaz contra o mosquito aedes aegypti e lamenta a postura ditatorial do governo do estado.


O vereador Francisco Chaguinhas utilizou a tribuna nesta segunda- feira para falar da real situação da saúde do nosso estado, em especial a forma como está sendo tratada a prevenção dos maranhenses contra o mosquito aedes aegypti, transmissor da febre chikungunya

Segundo o progressista, os governos municipal e estadual estão deixando a desejar. Isto porque não está havendo um empenho suficiente para acalmar esse caos, uma vez que os hospitais não estão bem equipados para receberem os cidadãos infectados pelo mosquito. “Hoje a cidade vive uma epidemia. Nesse momento, milhares de maranhenses estão em suas casas, não podendo nem se levantar porque essa doença traz muitas dores pelo corpo. Você vai às UPAs e não encontra  a medicação. Você vai aos prontos socorros, onde também não tem a medicação. De que vale o executivo? De que vale o governo do estado do maranhão? As pessoas estão sendo jogadas à própria sorte. No entanto, elas esperam de um compromisso do governo estadual com o governo federal a possibilidade de darem uma vigilância e uma segurança para o seu povo “, disse o vereador.

Chaguinhas também foi enfático em dizer que os governos fecham os olhos no que mais a população precisa. “Nós precisamos representar o povo não só dizendo que é a favor do povo. Temos que representar agindo também. Temos observado que as farmácias estão cheias e abarrotadas de gente, porque os prontos socorros do estado e do município não têm condição nenhuma de atender a nossa população. Os ludovicenses estão morrendo aos montes, e a Secretaria de Estado da Saúde não faz absolutamente nada. A secretaria do município se omite.

O nobre edil falou também sobre o acontecimento que o Brasil vivencia, citando o momento histórico que foi a votação do impeachment. Chaguinhas falou também que cada um tem uma escolha e que devemos respeitar a decisão dos outros.

Dando continuidade, o parlamentar lamentou a postura do Governo do Estado em não aceitar as críticas construtivas. E disse mais: “Nós temos que tirar do nosso pensamento que o governador se elege para ser um ditador. Se não é a favor do Governador Flávio Dino, então vai se acabar tudo? Eu não aprovo a forma com que o Governador Flávio faz com o nosso povo. O que melhorou na saúde? O que melhorou nas escolas? As escolas do estado continuam de taipas. Os professores não são valorizados. No geral, melhorou absolutamente nada”.

“Na votação do impeachment, pude observar três votos que foram bem justificados, o que demonstrou que os parlamentares tiveram a coragem de ficar do lado dos maranhenses que foram enganados por esse governo”. “Andre Fufuca teve a coragem de colocar a bandeira do maranhão a favor do impeachment, dando destaque à refinaria, que foi uma grande ilusão, um grande engodo, um grande estelionato. Falou da BR 135, que mata pessoas todos os dias, mostrando o abandono geral dos governos para com o nosso estado. Depois veio a deputada Eliziane Gama, que teve também a mesma coragem e garra em votar a favor do impeachment,dando referência ao nordeste, que sofre diariamente com o desgoverno federal. Em seguida, o terceiro e mais importante: foi o José  Reinaldo, que mostrou para o povo do Maranhão a sua convicção, dando referência ao golpe que o ex-governador Jackson Lago sofreu pelo governo passado, com a ajuda do Governo Federal. Essa é a democracia que se quer respeitar os outros também”, finaliza. 

Pais de alunos vão pedir ao governador Flávio Dino a exoneração de Celso Marques

Celso Marques poderá ser exonerado por Flávio Dino

Um abaixo-assinado contendo 400 assinaturas será entregue ainda esta semana ao governador Flávio Dino solicitando a revogação da nomeação do professor Celso Marques para a direção da escola Ribeiro de Amaral na Maioba, em Paço do Lumiar.

De posse de uma cópia do documento de nomeação, Celso Marque tentou assumir a direção do estabelecimento de ensino na semana passada, mas teria sido impedido por pais de alunos que defendem a permanência da atual diretora no cargo.

Segundo os moradores, a diretora Neide está há 17 anos na direção da escola e vem desenvolvendo um ótimo trabalho com os alunos e a comunidade, não havendo razão para sua substituição.

Celso Marque foi secretário de educação na gestão da prefeita Bia Venâncio e um dos delatores do esquema de desvio de verbas da educação do município que resultou na prisão e afastamento de Bia Venâncio do cargo de prefeita.


segunda-feira, 25 de abril de 2016

Diretora Pedagógica do Cintra é exonerada do cargo. Motivo: estava trazendo várias parcerias importantes para a escola.


A diretora pedagógica do Cintra, a senhora Vilma Pinto, foi exonerada do cargo que exercia na Fundação Nice Lobão - Cintra. O mais incrível foi que, ao justificar a exoneração dela, a gestora foi informada de que o Conselho Escolar (composto por cinco pessoas e formado por debaixo dos panos) se reuniu na sexta-feira  e decidiu pelo afastamento da docente. Professora Vilma, pelo pouco tempo que passou na instituição, mesmo sendo perseguida diariamente, trouxe grandes conquistas para a Fundação, tais como: CAEMA - Visita de técnicos para análise da água; SEDUC - Material para o projeto de leitura; SEC. DA MULHER - Palestra sobre câncer de mama; SEDUC- Autorização para implantação de cursos; SECT - Parceria para implantação de cursos; SENAI - Parceria para layout de cursos técnicos; FIEMA - Parceria para formalização de convênios por meio dos sindicatos filiados; SMTT- Pintura das faixas de pedestres; SEC. SEG. CIDADANIA - Viaturas e agentes; GOV. DO ESTADO - Recursos para implantação de cursos; IMPUR - Informações sobre área ambiental; IFMA-M. CASTELO - Implementação de cursos; UFMA - Implantação UNITI; UEMA - Implantação UNITI; H. ALDENORA BELO - Palestras e vacinação; SENAC EM EXECUÇÃO - Cursos de pintura  em tecido , manicure e pedicure, panificação e confeitaria.

Preocupada com a segurança dos alunos na escola, a docente trouxe o projeto ACOE - A Associação Centro de Operações Especiais Rede Solidária Batalhão de Trânsito Civil do Maranhão.

É um projeto que há mais de 10 anos vem fazendo um diferencial. Diz respeito a inserir as crianças ou jovens que estão no estágio de vulnerabilidade social em convívio harmônico, onde possibilitamos o exercício renovado de uma cidadania participativa, construtiva e solidária, visando uma qualidade de vida aceitável, tanto no meio social em que eles participam como, principalmente, no convívio familiar. 

Para melhor entendimento sobre a proposta desse projeto, enfatizamos que ele se refere ao desenvolvimento de conhecimentos e atividades para crianças e adolescentes, onde se almeja o envolvimento da família e o aguçamento crítico dos ali envolvidos.

Alguns temas são abordados durante o transcorrer da permanência dos alunos nesse projeto. São assuntos de grande relevância para a comunidade, dentre eles: Educação para o trânsito; Prevenção de acidentes; Educação ambiental; Primeiros socorros, Práticas esportivas; Ordem única; Disciplina; Valores e cidadania.

Os educadores da ACOE são orientados por meio do processo de formação para a formação de multiplicadores. Desta forma, são realizados  trabalhos educativos extensivos à comunidade através de palestras educativas e ações sociais.

É importante frisar que a educação se constitui uma importante via de proteção das crianças e adolescentes, como também possibilita um desenvolvimento pleno e saudável de sua competência e habilidade. Em suma, a ACOE pretende efetivar esse empreendimento para a colaboração e cooperação de todos em busca de uma melhoria de qualidade de vida, tanto nossa, como das comunidades que nos cerca. Portanto, solicitamos o vosso apoio e acima de tudo o apoio incondicional dos órgãos competentes do Estado, Município e principalmente da União.

Este último foi impedido da realização só porque os ex-alunos foram na secretaria pedirem a retirada dos profissionais na instituição.


Sem falar nas grandes injustiças que estão ocorrendo dentro daquela instituição, tal como colocando falta em vários professores que todos os dias estão dentro da escolar cumprindo o seu dever, em breve colocaremos um vídeo e uma áudio bombástico que vai sacudir o estado. 

Edivaldo deveria lançar o programa ‘Mais trabalho’ e procurar de vez trabalhar pelo povo


Faltando poucos meses para a eleição, o prefeito da cidade de São Luis resolveu apelar para todo tipo de programa, que não passa de um simples evento eleitoreiro. Agora a moda é a palavra “mais”. O primeiro programa foi “o mais asfalto”, que surgiu de uma parceria do Governo do Estado com a Prefeitura de São Luis. O sucesso deste programa foi tão grande, que é asfalto cedendo para todo lado. Um asfalto de péssima qualidade que na primeira chuva deixou a cidade completamente inundada, causando um grande desperdício do dinheiro público.

Agora a moda é o programa “mais limpeza”. É formado um mutirão onde eles se organizam para limpar alguns pontos da cidade. Até aí tudo bem. Mas fiquei pensando aqui: será que Edivaldo está usando este programa direitinho? Por que Edivaldo não aproveita esta oportunidade para fazer uma limpeza geral em sua administração? Na sede do palácio tem secretário que em vez de ajudar está atrapalhando o atrapalhado gestor.

São tantos os problemas em nossa capital, onde temos várias áreas que não estão tendo a atenção da gestão municipal. Como, por exemplo, a educação. Existem professores de escolas comunitárias que não estão recebendo os seus pagamentos. Onde fica a valorização desses profissionais? Detalhe: o recurso é federal e quando ele chega à conta da secretaria responsável, todos se negam muitas das vezes em pagar esses docentes. Sem falar nas crianças que ficam mais de meses esperando o lanche em suas escolas, que nunca chega.

Outro setor que está em momento difícil é o da infraestrutura. A situação está tão precária que dentro do terminal da Cohama é impossível os ônibus trafegarem, pois são tantos os buracos que atrapalham. Solução: colocaram um cone, o que acho uma grande falta de respeito para com os ludovicenses.

É, amigos, a coisa está complicada demais. Já está na hora do prefeito largar de brincar com o povo e procurar trabalhar mais.

 Faltando poucos meses para a eleição, o prefeito da cidade de São Luis resolveu apelar para todo tipo de programa, que não passa de um simples evento eleitoreiro. Agora a moda é a palavra “mais”. O primeiro programa foi “o mais asfalto”, que surgiu de uma parceria do Governo do Estado com a Prefeitura de São Luis. O sucesso deste programa foi tão grande, que é asfalto cedendo para todo lado. Um asfalto de péssima qualidade que na primeira chuva deixou a cidade completamente inundada, causando um grande desperdício do dinheiro público.

Agora a moda é o programa “mais limpeza”. É formado um mutirão onde eles se organizam para limpar alguns pontos da cidade. Até aí tudo bem. Mas fiquei pensando aqui: será que Edivaldo está usando este programa direitinho? Por que Edivaldo não aproveita esta oportunidade para fazer uma limpeza geral em sua administração? Na sede do palácio tem secretário que em vez de ajudar está atrapalhando o atrapalhado gestor.

São tantos os problemas em nossa capital, onde temos várias áreas que não estão tendo a atenção da gestão municipal. Como, por exemplo, a educação. Existem professores de escolas comunitárias que não estão recebendo os seus pagamentos. Onde fica a valorização desses profissionais? Detalhe: o recurso é federal e quando ele chega à conta da secretaria responsável, todos se negam muitas das vezes em pagar esses docentes. Sem falar nas crianças que ficam mais de meses esperando o lanche em suas escolas, que nunca chega.

Outro setor que está em momento difícil é o da infraestrutura. A situação está tão precária que dentro do terminal da Cohama é impossível os ônibus trafegarem, pois são tantos os buracos que atrapalham. Solução: colocaram um cone, o que acho uma grande falta de respeito para com os ludovicenses.

É, amigos, a coisa está complicada demais. Já está na hora do prefeito largar de brincar com o povo e procurar trabalhar mais.


sexta-feira, 22 de abril de 2016

Comunicação de Luto : Morre o dono do jornal O Debate, Jacir Moraes.


A comunicação social do Maranhão sofreu uma grande baixa na noite desta sexta-feira (22). O jornalista Jacir Moraes veio à óbito a caminho da UPA do Araçagi, após passar mal.

Vereador denuncia possível gato (Ligação clandestina) na energia elétrica na casa do Prefeito Araken

Uma denúncia feita na última quinta feira (14) no plenário da Câmara Municipal de Alcântara pelo vereador Bendito Barbosa, conhecido por Biné (SD), aponta um possível  furto de energia elétrica  na casa do Prefeito Araken (PT).



Segundo o relato do vereador, a caixa é apenas uma fachada e nunca teve registro de contagem. O caso foi  protocolada na sede da Cemar do município.

 Segundo o vereador Biné, a casa do Prefeito Araken fica localizada na Rua Grande, Nº 62, centro da cidade de Alcântara. A denúncia foi protocolada dia 15 de Abril e recebida por Jakelline Mendes, como mostra o documento abaixo. O documento foi encaminhado ao Consultor do Poder Público da Cemar em Pinheiro, Josenilson Monteiro.


Uma denúncia já havia sido feita há pouco menos de um mês, onde segundo o denunciante, o Prefeito Domingos Araken havia mandado fazer outra gambiarra na UBS do Mangueiral, sede do Município, onde a Cemar fez o corte, mas o prefeito Araken mandou religar a energia clandestinamente outra vez.


Golpe é isso!! Asfalto cede no bairro do Anil

O programa mais asfalto, na verdade, é um golpe para os trabalhadores. Isto porque proporciona um asfalto de péssima qualidade nas ruas de São Luis. Todos os dias, no passar da carruagem, a situação se complica. Um exemplo é no bairro do Anil, como mostram as imagens:  o asfalto “sonrisal” está cedendo pra todo lado. E o dinheiro público é totalmente desperdiçado.  



quinta-feira, 21 de abril de 2016

Bequimão : Comissão formada na audiência do saneamento faz primeira reunião


Como encaminhamento prático da audiência pública sobre saneamento básico realizada na semana passada pela Igreja Católica em Bequimão, foi montada uma comissão de saneamento ambiental, que fez sua primeira reunião na última terça-feira (19).
A comissão é composta pelo padre Domingos, irmã Conceição, diácono permanente Carlos Rezende, secretário municipal de Esporte e Juventude, Kell Pereira, representantes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Turismo (Sematur), Edmilson Pinheiro e Raimundo Valber, e o presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTR), Agnaldo Macedo Rodrigues.
Na primeira reunião, foi definida a metodologia de trabalho da equipe e levantadas algumas atividades que farão parte de um plano de trabalho. Como prioridades, ficaram estabelecidas a ações na área de limpeza pública e educação ambiental, envolvendo estudantes, pais e mães, promotoria, comerciantes, poder público municipal e a paróquia. A ideia é promover uma grande mobilização da sociedade para a preservação ambiental e cuidados com o saneamento básico.
A próxima reunião de trabalho está agendada para o dia 29 de abril, no salão paroquial. Nesse dia, serão apontadas questões práticas para a execução do planejamento. A audiência pública foi motivada pela Campanha da Fraternidade Ecumênica 2016, que tem como tema “Casa Comum, Nossa Responsabilidade” e o lema “Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca”.

Em todo o país, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e o Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (Conic) estão promovendo debates sobre a necessidade de melhorar o saneamento básico no país. Em Bequimão, a audiência pública foi convocada pela Paróquia Santo Antônio e Almas, da Diocese de Pinheiro, e teve imediata adesão do prefeito Zé Martins e seu secretariado.

Deputado Wellington apresenta Projeto de Lei que garante mais acessibilidade


O deputado estadual Wellington do Curso (PP), membro da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa, apresentou mais uma proposição em defesa das minorias. Dessa vez, o deputado Wellington apresentou Projeto de Lei que institui a Política de Compromisso com as Condições de Acessibilidade em calçadas e vias públicas, com o objetivo de promover inclusão social das pessoas com deficiência.
Para o deputado Wellington, a acessibilidade ainda está distante de ser a realidade, o que, para ele, precisa ser alterado urgentemente, tendo em vista a necessidade de se garantir a plena inclusão.
“Diariamente, presenciamos os inúmeros transtornos enfrentadas pelas pessoas com deficiência. Não são raras as vezes em que as pessoas encontram dificuldades de locomoção para terem acesso aos prédios públicos. Exemplo disso já foi comprovado, inclusive, por nós. Quando realizamos a audiência pública que debateu sobre a Lei N.º 13.146, de 6 de julho de 2015 (Estatuto da Pessoa com Deficiência), foi possível identificar, realisticamente, as dificuldades que a ausência de uma rampa, por exemplo, ocasiona. Para nós, são coisas simples: uma placa em braille, presença de intérpretes, sinalização sonora, rampas acessíveis...Coisas ‘simples’, mas que quando ausentes tornam a locomoção como algo tão complexo que chega ao ponto de ferir a própria dignidade humana.”, afirmou.
O Projeto do deputado Wellington vai ao encontro de proposições já antes apresentadas por ele, ao cobrar mais acessibilidade na Assembleia Legislativa.
ENTENDA O PROJETO:
A Política de Compromisso com as Condições de Acessibilidade em calçadas e vias públicas tem por objetivo promover a inclusão social das pessoas com deficiência, sendo implementada com ações que requeiram a reconstituição ou a construção de calçadas e vias públicas, obedecendo aos padrões de acessibilidade.

Por acessibilidade compreende-se as condições adequadas para o deslocamento de pessoas com deficiência visual e física, ou com locomoção reduzida, em particular as pessoas que utilizam cadeira de rodas.

O bombardeio dos poderes é disparado contra Eliziane Gama.


A deputada federal e líder nas pesquisas em São Luis está sendo bombardeada por pessoas ligadas ao Palácio dos Leões e à Prefeitura Municipal Ludovicense. O motivo é por ela ter tido coragem de ter votado pelo impeachment da presidente da república.

O mais incrível é que no meio de dez parlamentares, o tiroteio está sendo disparado somente contra a nobre deputada.

Eliziane nunca foi querida e respeitada dentro do Palácio dos Leões, em virtude de sua atitude e garra que sempre teve ao tomar grandes decisões: sempre pensando no bem coletivo, ou seja, pensando no povo maranhense.

Ela é pré–candidata à Prefeitura de São Luis e lidera todas as pesquisas já realizadas na capital. Isso mostra um incômodo muito grande para os poderes estadual e municipal, que não aceitam e jamais vão aceitar que uma mulher humilde, de família pobre, vire prefeita da capital.

É, meus amigos, até outubro esse povo vai tentar de todas as formas sujar a imagem daqueles que não se curvam para eles e que não seguem a lei da mordaça. 


quarta-feira, 20 de abril de 2016

Andrea Murad repudia governador sobre homenagear deputados que votaram contra impeachment e cobrou explicações de viagens.


A deputada Andrea Murad repercutiu o texto publicado pelo governador Flávio Dino nas redes sociais, anunciando que fará homenagem aos deputados que votaram contra o impeachment da presidente Dilma. A parlamentar considerou uma imoralidade às custas do Estado.

“Com o dinheiro de quem ele vai fazer homenagem aqui no Maranhão, é com o dele? Ou é com o do povo? Não, daqui da Assembleia, Isso é um verdadeiro absurdo. Deve está achando que não tem o que fazer e com o que gastar.”

A parlamentar questionou ainda a liderança do governo sobre os gastos com viagens para Brasília, onde o governador Flávio Dino e sua equipe dedicaram esforços por votos contra impeachment, considerados um verdadeiro fracasso.

“Eu e o povo maranhense queremos saber se Flávio Dino fez essas viagens a Brasília em avião de carreira ou no jatinho alugado também pelo governo. Se for em avião de carreira, se foi pago pelo governo, se pagou hotel para ele e equipe do bolso ou se foram recursos nossos, do estado do Maranhão para bancar. Se ele usou jatinho e hotel com dinheiro do Estado, ele vai ter que devolver o dinheiro. Se Márcio Jerry também fez a mesma coisa, se foi dinheiro dele ou se foi dinheiro do governo e dos demais da equipe, irão ter que devolver. Essas respostas nós vamos querer. Fez tudo isso e sua passagem por Brasília ainda foi um fiasco assim como é a administração do seu governo aqui”, discursou.

Deputado que nunca havia ido trabalhar se perde nos corredores da Câmara e ainda não foi localizado


Um deputado federal está atualmente desaparecido na Câmara dos Deputados em Brasília. O parlamentar nunca havia ido trabalhar, e acabou se perdendo nos corredores da Câmara.
“A última vez que o vimos foi por uma câmera de segurança. Mas já fazem horas que o perdemos de vista. Nem o nome dele sabemos, já que ninguém o conhece, nem nunca o viu antes por aqui. Estamos procurando por ele através de um retrato falado”, disse Josemar Santos, chefe de segurança da Câmara.
Outra versão da história, que circula pelos bastidores de Brasília, diz que o deputado na verdade está se escondendo pois confundiu o nome da amante com o da esposa na hora de declarar seu voto sobre o impeachment.

Sensacionalista 

terça-feira, 19 de abril de 2016

Quem é Marlon Botão para falar de golpe ?


O presidente da Func Marlon Botão, parece que adormeceu e até agora não acordou. As brincadeiras juninas estão há um ano sem receber os seus pagamentos, o que demonstra uma falta de respeito com a cultura do nosso município. A cultura precisa ser mais valorizada e respeitada pelos governos. Parece que o prefeito esqueceu que quem não paga suas dívidas não herda o reino dos céus.


Veja abaixo a nota de repudio do conselho municipal de cultura:

NOTA DO CONSELHO MUNICIPAL DE CULTURA SOBRE ATRASO NO PAGAMENTO DO SÃO JOÃO 2015 E RESPONSABILIDADES QUANTO AO EDITAL DO MESMO.


O Conselho Municipal de Cultura de São Luís vem à público repudiar o atraso de quase 1 ano no pagamento financeiro das brincadeiras contratadas pela Prefeitura de São Luís através da Secretaria Municipal de Cultura ainda do São João 2015.

Entendemos que tal atraso configura um desrespeito moral e material às manifestações culturais bem como um risco ao funcionamento formal das mesmas já que as expõem à situações indesejáveis do ponto de vista burocrático como sujeitas à multas e outras sanções pela penúria financeira das mesmas.

Aproveitamos o ensejo para informar que o Conselho Municipal de Cultura indicou representantes para tratar diretamente com a SECULT sobre a programação e construção do edital do São João desde de 2015 mas que a secretária não compartilhou responsabilidades relativas a elaboração e acompanhamento do referido edital.

O COMCULT tomou conhecimento do referido edital quando o mesmo já estava pronto não participando do seu processo de elaboração. Entendemos que quanto mais a sociedade civil participa dos processos de elaboração dos editais que compõe a política cultural da cidade mais legitimo o processo de se torna.

Ao contrário, quando a SECULT centraliza decisões as responsabilidades e cobranças devem ser direcionadas única e exclusivamente ao agente público. Nesse sentido exigimos o pagamento imediato e integral às entidades participantes do São João gerido pela Prefeitura Municipal de São Luís.

Atenciosamente,

Conselho Municipal de Cultura de São Luís
  


sábado, 16 de abril de 2016

Dilma começa a trabalhar a favor do próprio impeachment para processo dar errado


A presidente Dilma Rousseff fez uma jogada de mestre para o processo de impeachment dar errado e não sair. Desde hoje cedo, Dilma começou a trabalhar a favor de seu impedimento.
“Temos que usar a incompetência histórica de Dilma a nosso favor. Eu diria que isso foi uma virada e tanto, ninguém jamais seria capaz de pensar nisso”, disse um colaborador da presidente.
Logo cedo, Dilma ligou para Eduardo Cunha e disse que seu governo trabalharia incansavelmente para o seu afastamento. A presidente convocou uma reunião ministerial onde foram discutidas medidas emergenciais para que o processo corra mais rápido e que ela seja afastada logo. Foi o suficiente para o impeachment encalhar.
Se a medida der mesmo certo Dilma já planeja outros voos. Ela poderá se candidatar a algum cargo no Japão, país que enfrenta um grave problema de deflação.

Gestantes recebem orientações e cuidados da equipe de saúde da Prefeitura de Bequimão



A manhã da última quarta-feira (13)foi de cuidados com as futuras mamães bequimãoenses. A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, promoveu o II Encontro das Gestantes de Bequimão, reunindo mulheres vindas de diversas partes do município. O evento foi realizado na sede do Sindicato das Trabalhadoras e Trabalhadores Rurais (STTR), no Centro.
Em palestras e vídeos, gestantes receberam orientações sobre o pré-natal, com atenção especial à prevenção do zyka vírus, que está relacionado a casos de microcefalia no Brasil. As equipes de saúde do município também apresentaram recomendações para a higiene do recém-nascido, aleitamento materno e vacinação.

Às gestantes foi distribuído um kit maternidade. Na sacola, havia fraudas, sabonetes, absorventes pós-parto e repelente contra o aedes aegypti. “Até pouco tempo atrás, a população de Bequimão tinha medo de adoecer e de não ter um lugar para ser cuidado. As mulheres tinham medo de engravidar e ficar sem um hospital para ter o bebê. Essa realidade mudou. O prefeito Zé Martins está cumprindo o compromisso feito em praça pública de que daria toda atenção à saúde”, afirmou o secretário municipal de Saúde, Bastico Moraes.

Na segunda edição do Encontro das Gestantes de Bequimão, participaram 128 mulheres grávidas. “Estou muito satisfeito, porque as gestantes de Bequimão atenderam ao nosso chamado para este evento. Isso significa que elas dão atenção ao pré-natal e estão em busca de mais cuidados e informações. Nós estamos a disposição para prestar essa assistência e com qualidade”, garantiu o prefeito Zé Martins.

PREVENÇÃO DA MICROCEFALIA

Ainda não foi registrado caso bebê nascido em Bequimão com microcefalia, mas, por causa do surto da doença em todo o país, foram adotadas algumas medidas de prevenção. Estão sendo feitas quatro ultrassonografias obstétricas a gestação, com o intuito de identificar fatores de risco no pré-natal. Esse acompanhamento de rotina acontece em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município, no Hospital Lídia Martins e no Centro de Saúde.

“O cuidado com as gestantes é mais uma de nossas preocupações diárias de cuidar da nossa gente. O prefeito nos orienta no sentido de assistir bem ao nosso povo. Mais ainda preocupado com a dengue, zyka, chikungunya, para que a gente não venha a ter nenhum problema de microcefalia em Bequimão”, destacou o secretário municipal de Saúde, Bastico Moraes.

Também como forma de combate ao mosquito aedes aegypti, causador dessas doenças, foi feita a pulverização de toda a sede de Bequimão com um carro fumacê. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, foram solicitados mais dois carros, desta vez para pulverização da zona rural do município.

Colaboraram no II Encontro das Gestantes as equipes da Estratégia Saúde da Família, do Hospital Lídia Martins, do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) e agentes comunitários de saúde.

“Em nome da força do Maranhão, digo sim!”, declara Eliziane sobre impeachment…


“ Golpe é ganhar a eleição em cima de promessas e durante a execução fazer o inverso do que prometeu. Eu voto sim em nome do meu Estado do Maranhão, em nome de Belágua, que deu 94% dos votos para a presidente, mas ainda vive da subsistência de farinha. Em nome do meu Maranhão que sonhou com a refinaria e que foi um engodo. Que sonhou com a duplicação da BR 135 e que o governo suspendeu de forma impiedosa. Que é um dos estados mais ricos naturalmente, o Maranhão dos lençóis e das cachoeiras que tem potencial extraordinário. Como diz o poema de Marina: ‘Do arco que empurra a flecha quero a força que a dispara’. E em nome da força do meu Maranhão, da força da minha gente, eu digo sim.”

 Blog do marcos deça



quinta-feira, 14 de abril de 2016

Jovens ocupam prefeitura de São Luís por redução da tarifa


Jovens do Levante Popular da Juventude e da Pastoral da Juventude de São Luís, ocuparam agora pouco a sede da prefeitura de São Luís em protesto pelo aumento abusivo da passagem, afirmam que só irão sair de lá após serem atendidos pelo prefeito Edivaldo Holanda Jr. 

São cerca de 30 jovens do lado de dentro da prefeitura e outros estão acampados do lado de fora dando apoio. Nos convidamos a todos os movimentos que queiram nos apoiar nesta causa pelo direito da Mobilidade Urbana.

MANIFESTO DA JUVENTUDE EM DEFESA DO DIREITO A MOBILIDADE!
O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Jr., demonstra pela terceira vez que não respeita os direitos da população ludovicense quando aumenta de forma ilegal e arbitrária o valor da tarifa do transporte público em um curto espaço de apenas três anos. 
Sem nem ao menos ter cumprido a metade das propostas fantasiosas de sua campanha eleitoral, conduz todos os dias de seu gabinete o assalto descarado à população, sobretudo da classe trabalhadora e da juventude, já tão massacrados pela ineficiência e descaso do seu governo, além da notável inércia e descompromisso com o povo da desacreditada Câmara de vereadores. 

Consideramos inaceitável que medidas intransigentes, que buscam apenas gerar lucros às empresas que detém historicamente o monopólio do transporte público, continuem sem ouvir o grito da nossa população, sem levar em conta o desrespeito ao direito de poder se locomover pela cidade com dignidade.

Repudiamos veemente a total ausência de transparência desse governo com relação a gestão financeira de toda a política pública de mobilidade urbana, incluindo as planilhas de arrecadação de todas as empresas que prestam o serviço de transporte público na grande ilha de São Luís, que nunca foram divulgadas. Não pagaremos pela crise do transporte público, arquitetada pelo SET e com a colaboração da Prefeitura de São Luís. 

É por isso que o Levante Popular da Juventude e a Pastoral da Juventude apresentam a seguinte pauta à prefeitura de São Luís: 

1 - A REVOGAÇÃO IMEDIATA do Decreto Municipal Nº 47901 de 23/03/2016 que aumentou o valor da tarifa do transporte público; 
2 - A volta da Domingueira, por ter sido um direito que nos foi roubado; e
3 - A efetividade do Bilhete Único aumentando o tempo de uso, incluindo todas as linhas da Região Metropolitana e substituindo os leitores biométricos antigos por novos. 
Exigimos ainda que seja criada uma comissão paritária e específica, composta por representações da Sociedade Civil, e do Poder Executivo e Legislativo Municipal, para tratar de outras propostas que requerem maior tempo para serem garantidas, porém tão necessárias e urgentes como o Passe Livre para estudantes. 

Sem negociar um direito sequer, permaneceremos em vigília OCUPANDO A SEDE DA PREFEITURA DE SÃO LUÍS até que nossos direitos sejam respeitados. 
Abaixo a tarifa! 2, 90 é roubo!

LEVANTE POPULAR DA JUVENTUDE
PASTORAL DA JUVENTUDE


Com informações do Jornal Vias de Fato