sexta-feira, 25 de abril de 2014

São Luis em Outras Palavras




O evento São Luis em outras palavras é uma ação promovida pelo grupo online "Desenhistas e Roteirista do Maranhão", abreviando para a sigla DER. O grupo surgiu na rede social e hoje conta com 2.038 integrantes e crescendo a cada dia. As atividades do grupo são voltadas para encontros e divulgações de trabalhos, sejam desenhos. histórias. contos - tudo relacionado ao universo dos desenhistas e roteiristas que vivem no estado. Os participantes são de faixa etária diversa que ultilizam o grupo como o meio para fazer amigos dentro desse universo e divulgar seus trabalhos, que sem espaço, dificilmente seriam conhecidos. A organização do grupo conta hoje com 5 membros que organizam eventos, encontros e concursos de ilustrações e contos.

" Estamos querendo sediar um evento destinado a reunir apresentações de trabalhos culturais voltados às belezas de nossa cidade, esses trabalhos não se prendem apenas a desenhos e roteiros, queremos abranger o teatro, dança fotografia e musica " , destaca um dos organizadores.

quinta-feira, 24 de abril de 2014

FLÁVIO DINO LANÇA 53 PROPOSTAS POR UM “MARANHÃO DE TODOS NÓS”

As diretrizes destacam ações nas áreas da Saúde, Educação, Saneamento, Segurança e Moradia dentre outros. 

    Vereadora Rose Sales (PC do B), deputado Bira do Pindaré (PSB) ao lado de Flávio Dino (PC do B),                                                durante apresentação das propostas de governo.

Durante coletiva de imprensa realizada na manhã de quarta-feira (23), o pré-candidato a governador do Estado, Flávio Dino (PCdoB) apresentou 53 Propostas para um Maranhão com Desenvolvimento e Justiça Social. As diretrizes destacam ações nas áreas da Saúde, Educação, Saneamento, Segurança e Moradia. Mais Médicos Maranhão, rede estadual de ensino profissionalizante, Pacto pela Vida, Minha Casa Meu Maranhão e Água para Todos são alguns dos programas propostos a partir do Diálogos pelo Maranhão.

Na área da Educação, o programa discute a criação de universidades estaduais regionalizadas, com ampliação do número de vagas, orçamento próprio e autonomia administrativa. O investimento em educação profissional também está entre as prioridades do programa, que vai atuar em articulação com as unidades do Instituto Federal (IFMA) e do Sistema S, hoje em funcionamento em todas as regiões do Estado.

Flávio Dino defende o cumprimento do direito a uma saúde digna a todos os maranhenses. Ele destaca que hoje o Maranhão possui o menor número de médicos por habitante e o menor investimento proporcional em atenção básica do Brasil. A melhoria da oferta dos serviços de saúde perpassa o acesso à água, saneamento e habitação do Brasil.



Para isso, defende o “Água para Todos” e o “Mais Médicos Maranhão. O primeiro é uma garantia de água e banheiro na casa de todos os maranhenses. O Atlas do Desenvolvimento Humano 2013 (PNUD e IPEA) aponta que somente metade da população maranhense vive em casas com água encanada e banheiro. Para os municípios não atendidos pela CAEMA, serão feitos convênios com o governo do estado.

Já o “Mais Médicos Maranhão” vem com a finalidade de combater o déficit de profissionais no Estado, pior relação do país, com 0,7 médicos para cada 1.000 habitantes. A ideia é complementar o programa nacional com a articulação e parceria com a Universidade Federal do Maranhão, criar mais um curso de Medicina na Universidade Estadual do Maranhão, em região não atendida pelos cursos existentes e; implantar carreira de Estado para os médicos, similar a dos juízes, garantindo presença de profissionais em todas as regiões, estabilidade, remuneração adequada e promoções por mérito.

.
Para estabelecer um novo modelo de governança da segurança pública no Estado com instituição de metas para redução de crimes, Dino defende o “Pacto Pela Vida”. A proposta é de articular as políticas de prevenção e repressão ao crime, numa ação conjunta entre governo e comunidade, envolvendo o Poder Judiciário, o Ministério Público, a Defensoria Pública, a Assembleia Legislativa, os municípios e a União.

O direito à moradia será assegurado através do “Minha Casa, Meu Maranhão”, em parceria com o Governo Federal para construção de casas, com a meta de reformar ou construir 200 mil unidades habitacionais no Maranhão.

Para diminuir as desigualdades sociais no Maranhão, Flávio defende uma política moderna e transformadora. Ele destaca as condições do estado, com recursos naturais, posicionamento geográfico estratégico, múltiplas vocações econômicas, energia, água abundante, terras férteis, belas paisagens, enorme potencial turístico e diversidade cultural.

                                     Rose Sales com Marcio Jerry ambos do (PC do B)

Para isso, a proposta de governo traz a reestruturação de todo o sistema administrativo de apoio e assistência técnica à agricultura familiar, com destaque à Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão – AGERP e ao ITERMA. O quadro técnico desses órgãos será ampliado e incentivado. Esses órgãos passarão a ser vinculados à Secretaria da Agricultura Familiar, que será criada e terá orçamento crescente ano a ano, de acordo com o crescimento da produção do setor.

Também para investir no desenvolvimento econômico do estado, Flávio defende a ampliação do benefício fiscal de dispensa parcial do pagamento do saldo devedor do ICMS para até 95%, nos casos de indústrias classificadas como de alta relevância para o desenvolvimento do Maranhão (por exemplo, agroindústrias) ou estabelecidas em municípios com baixo IDH

Como política de governo, a Proposta por um Maranhão de Todos Nós defende a criação da Secretaria de Transparência e Combate à Corrupção, com remanejamento de cargos do Gabinete do Governador e da Casa Civil. A Secretaria irá realizar o controle interno da administração, garantir o cumprimento da Lei de Acesso à Informação, apurar denúncias contra áreas do governo e fiscalizar a execução das despesas públicas, inclusive as realizadas mediante convênios. 

Além disso, sob a coordenação da Secretaria de Planejamento, um sistema de metas de desempenho para todas as áreas de governo. As metas serão públicas e fiscalizadas pela sociedade.

Fonte: Primeiro Portal Ibacanga

quarta-feira, 23 de abril de 2014

A Prefeitura oferece cursos voltado à formação das internas do Presídio Feminino de Pedrinhas.

O objetivo é garantir a capacitação das internas e contribuir com o cumprimento da pena.

Ilustrativo
A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (Semsa), promove um ciclo de cursos voltado à formação das internas do Presídio Feminino de Pedrinhas. Os cursos oferecidos são Relações Interpessoais e Boas Práticas de Manipulação de Alimentos (BPMA). O objetivo é garantir a capacitação das internas e contribuir com o cumprimento da pena.

O primeiro dia do ciclo de cursos foi aberto com dinâmica de grupo coordenada pela terapeuta ocupacional da Semsa, Adinete Mara Silva. Durante a dinâmica, as internas puderam reforçar a integração, participando de atividades 

As aulas são gratuitas e ministradas por equipe de nutricionista, assistente social e terapeuta ocupacional da Semsa. O ciclo encerra nesta quinta-feira (25) com entrega de certificado às participantes. Além do aprendizado, as internas serão beneficiadas com diminuição no tempo da pena, conforme prevê a Lei de Execução Penal (LEP). 

Este é o quarto ciclo de cursos promovido junto às internas do Presídio Feminino. No ano passado, a Semsa realizou capacitações em produção de alimentos com participação de 150 internas.

Rose Sales (PC do B), quer funcionamento do Banco do Brasil no Itaqui-bacanga

Rose Sales (PC doo B)
Rose Sales (PC do B), quer funcionamento do Banco do Brasil no Itaqui-bacanga

O requerimento da parlamentar atende aos apelos do moradores da região, eles denunciam que há três anos, aguardam a entrega do prédio.


A vereadora Rose Sales (PC do B), solicitou através de requerimento aprovado na Câmara Municipal a ativação imediata da agência do Banco do Brasil localizado à avenida dos Portuguese, bairro do Anjo da Guarda área Itaqui-Bacanga. O pedido da vereadora é direcionado ao ministro da Fazenda Guido Mantega, através da superintendência do BB em São Luis. 


O requerimento da parlamentar atende aos apelos do moradores da região, eles denunciam que há três anos, aguardam a entrega do prédio. "Esta situação é mais um absurdo na questão da prestação de serviços públicos, é inadmissível que o prédio já esteja pronto e fechado, uma região tão densa, tão populosa como o Itaqui-Bacanga, merece ter esta agência funcionando, então eu peço a ativação imediata do prédio que está abandonado há anos".


A vereadora informou ainda que irá constituir uma comissão juntamente com os veículos de comunicação local como rádio Bacanga FM, jornal Itaqui-Bacanga, Portal Ibacanga e moradores das comunidades que serão beneficiadas, para fazer uma visita ao superintendente do Banco do Brasil com o objetivo de pedir providências e imediato funcionamento da agência da avenida dos Portugueses.

Flávio Dino lança hoje diretrizes do Programa de Governo




Movimento Diálogos pelo Maranhão mobilizou milhares de pessoas este ano, no interior do estado

O pré-candidato a governador do Estado, Flávio Dino (PCdoB), lança hoje o documento “Propostas para um Maranhão com Desenvolvimento e Justiça Social” durante coletiva com a imprensa. A apresentação das diretrizes para a elaboração do Programa de Governo será a partir das 11h, no hotel Ponta d’Areia (Avenida dos Holandeses, Quadra XIII, s/n, Ponta d’Areia).


Será uma oportunidade de conhecer o futuro do Maranhão e destacar as soluções para tirar os 50 anos de atraso do estado.

O convite está feito…

Fonte: Clodoaldo Corrêa 

terça-feira, 22 de abril de 2014

Acidente deixa quatro mortos na região de Perizes BR- 135


O acidente aconteceu no trecho do Campo de Perizes, no momento em que uma Van, que seguia de Pirapemas a São Luís, invadiu a pista contrária e bateu de frente com o micro ônibus, que seguia em sentido contrário. Até o momento as informações da PR é de quatro pessoas teriam morrido e várias ficaram feridas.

Várias ambulâncias foram deslocadas para o local. Um enorme congestionamento se formou na região.
O helicóptero do GTA está fazendo o transporte das vítimas mais graves para hospitais de São Luis. 
O acidente aconteceu no trecho do Campo de Perizes, no momento em que uma Van, que seguia de Pirapemas a São Luís, invadiu a pista contrária e bateu de frente com o micro ônibus, que seguia em sentido contrário. Até o momento as informações da PR é de quatro pessoas teriam morrido e várias ficaram feridas.

Várias ambulâncias foram deslocadas para o local. Um enorme congestionamento se formou na região.

O helicóptero do GTA está fazendo o transporte das vítimas mais graves para hospitais de São Luis. 

Fonte: Primeiro Portal Ibacanga

segunda-feira, 21 de abril de 2014

IMAGEM DO DIA



Um bueiro localizado na Rua João Alberto, no bairro da Vila Lobão está trazendo muitos prejuízos para os moradores. Quando chove, o boeiro entope e várias casas são alagadas. Os moradores pedem pra Caema a solução do problema.








domingo, 20 de abril de 2014

“Nós não podemos nos afastar do Flávio”, diz Julião Amim



Com informações de O Imparcial

Em entrevista, Julião Amim, deixa bem claro que sua maior preocupação é com a vitória da oposição e não por ocupação de cargos

O PDT é considerado o maior partido da oposição no Maranhão. Não só por já ter eleito um governador – Jackson Lago – mas também por possuir a maior militância no estado. São mais de 50 mil filiados nos 217 municípios. Diante dessa importância, a legenda tem sido fundamental para vitória de Edivaldo Holanda Júnior (PTC) na prefeitura de São Luís e pelo crescimento de Flávio Dino (PCdoB).


Apesar de toda essa importância, o presidente da sigla no estado, Julião Amim, deixa bem claro que sua maior preocupação é com a vitória da oposição e não por ocupação de cargos. Tanto que ele chega a afirmar, que abre mão da vaga de vice-governador, em troca de uma ampliação da bancada pedetista na Câmara Federal.

O ex-deputado federal enaltece o principal líder do partido no Maranhão, Jackson Lago e gosta de lembrar que o partido tem penetração em todos os bairro da capital, por isso precisa ser respeitado.

Julião ainda acredita que não existirá racha no PDT até a realização das eleições, que os membros descontentes estarão unidos em torno do projeto maior, que é dar a oposição a vitória nas urnas. Ele lembra ainda que construiu junto com Flávio Dino esse projeto do Partido do Maranhão.

Confira na íntegra a entrevista:

O Imparcial – Como o PDT reagiu a aproximação do Flávio Dino com o PSDB?

Julião Amim – Com naturalidade. Nós entendemos que quanto mais aliados o Flávio for buscar para vencer as eleições, será importante para todos nós. O PDT que incentivou desde o primeiro essa candidatura, que apoia, então cabe a nosso partido estar junto com o Flávio dando sugestões. Mantendo o posicionamento de enfrentamento ao grupo Sarney. Dessa forma acredito ser natural ele buscar o apoio de até outros partidos, para integrar, enriquecer e fortalecer nosso campo. Pois não queremos apenas participar, nós queremos vencer a eleição.

E quanto à vaga de vice? O Carlos Brandão disse que é uma condição primordial para que o PSDB declare apoio?

Acho legítimo essa postura e até reajo com maior naturalidade. O que a gente tem que entender é que vaidades e pretensões pessoais não devem ser colocadas na frente, pois temos um sonho maior que é mudar o Maranhão. A nossa primeira prioridade é ajudar a vencer a eleição do estado. O que nos interessa é mudar as práticas cometidas na política nos últimos anos. E o Flávio é um homem muito inteligente, um homem preparado e no momento exato ele chamará o conjunto de partidos para discutir essa questão.

Dessa forma, mesmo que o PDT não tenha vice, o partido não deixará de caminhar com Flávio Dino?

Eu entendo que não. Nós não podemos nos afastar do Flávio. Nós iniciamos esse processo, não podemos nos afastar. Se isso acontecer, deixaremos a nossa prioridade maior de lado, que é vencer as eleições, mudar o Maranhão. Claro que o partido tem os seus interesses, que é legitimo, mas não pode botar acima do nosso maior objetivo. Entendo que o PSDB e os demais partidos também devem pensar assim. Devem lembrar também que o PDT já se sacrificou muito e já demonstrou muita competência, com as melhores administrações em São Luís. Mostramos isso na prática. Nós estamos firmes.

No entanto existem membros que fazem parte desse grupo, que defendem a saída do PDT dessa frente. Como o senhor recebe essa informação?

Olha eu lamento profundamente. Isso só evidencia o despreparo e a intolerância na convivência democrática. Quem pensa assim, não tem como conviver com os contrários.

O PDT no Maranhão ele é comandado por uma pessoa ou os seus filiados ainda tem força para tomar decisões na coletividade?

O partido nunca teve dono. O PDT já teve um líder, que foi o Brizola. Ele discutia com os segmentos e levava para o partido, era um líder inconteste. No Maranhão, tivemos o Dr. Jackson Lago. Inclusive acredito que nos próximos 100 anos, não aparecerá um líder na política maranhense com as qualidades morais de Dr. Jackson. Quem conviveu com ele, sabe qual papel ele desempenhou. Um homem extremamente tolerável, que sempre tinha lições a passar para nós. Um homem de origem modesta, que conseguiu chegar ao governo com suas atitudes. Hoje não temos o Dr. Jackson, temos um diretório, que discute e tem o diálogo aberto. Existem segmentos fragmentados no partido, mas tudo é muito discutido no PDT.

Existe um racha no PDT hoje? Após a escolha do vice do partido, alguns companheiros se afastaram da legenda. Ainda é possível o PDT caminhar unido nessa eleição?

É claro que é possível. Há anos o partido está mobilizando sua militância, discutindo o projeto político para o estado, inclusive o Flávio Dino participou de várias reuniões. Alguns dos insatisfeitos, se afastaram do partido e não discutiram mais. Eles pensavam que o Flávio Dino iria impor um nome para nós, mas não. Isto seria antidemocrático. Então o partido discutiu ao longo do tempo qual nome seria escolhido e infelizmente no dia da escolha, pessoas que não estavam participando do debate, colocaram seu nome.

Em relação às eleições proporcionais, qual é a meta do PDT?

Eu levei ao presidente nacional, o que é prioridade. O partido precisa se consolidar e eu gostaria que o partido elegesse uma bancada boa de deputados federais. Para ampliar o debate de suas bandeiras. A educação é a nossa prioridade. O partido precisa utilizar o parlamento para fazer essas mudanças. Dessa forma coloquei isso para o Lupi, mas existem alguns companheiros do partido no Maranhão, que acham que a prioridade é uma vaga na chapa majoritária. Eu prefiro fazermos uma chapa que ofereça condições de elegermos 3 ou 4 deputados federais do que ter uma vaga de vice-governador. Vocês tem conhecimento que em muitos casos, o vice fica marginalizado, ninguém nem dá atenção, já o deputado não, ele tem independência. Mas a questão da vice foi tratada como prioridade por alguns companheiros, então temos que respeitar.

E qual seria esse caminho para eleger mais deputados federais? Uma candidatura própria?

Primeiro passo para que isso aconteça, eleger um governador comprometido com mudanças. O que deveríamos fazer para aumentar nossas chances de eleição de deputados? É se integrar a campanha do Flávio, se fazer presente. É discutir nossa participação em um futuro governo. Temos legitimidade e autoridade para discutirmos isso. Nós temos que retomar o caminho de liderança, vencer essa eleição e nos preparar para as futuras.

E qual é a participação do PDT na administração municipal?

Nós temos dirigimos o IPAM, administramos o esporte e participamos em diversas assessorias técnicas. Entendemos que poderíamos ter uma participação maior. Depois da eleição deste ano, devemos discutir a nossa participação na administração municipal, temos que amplia-la.

O PDT ainda sonha em ter um papel de protagonista no governo maranhense?

Eu acho que o nosso sonho é vencer as eleições. Mas gostaríamos de ser respeitados. Nós vencemos com Dr. Jackson, mas tivemos muitos conflitos ideológicos na sua administração. Um homem de esquerda, que teve que governar também com parte da direita. Existia tanto conflito, que solicitei ao Jackson que demitisse todo seu secretariado, pois o povo amava seu governante, mas não amava seu governo. Então o Flávio também tem que se preparar para isso.

Fonte:Clodoaldo corrêa

Jesus Ressuscitou


:


Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo! Conforme a sua grande misericórdia, ele nos regenerou para uma esperança viva, por meio da ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos,
1 Pedro 1:3





Relembre alguns momentos marcantes de Luciano do Valle



Além de se especializar na narração de futebol, Luciano foi um dos maiores divulgadores dos esportes olímpicos.

Felipe Andreoli, Teo José, Paloma Tocci, Denílson e Renata Fan durante evento ao lado de Luciano do Valle


Luciano do Vale durante cobertura das Olímpieadas de Sydney, na Austrália


Luciano do Valle completou em 2013 50 anos de carreira

Luciano do Valle durante entrevista Emerson Fittipaldi na época da Indy

Luciano do Valle narrou boxe, onde lançou Maguila, também foi ícone da geração de prata do volêi masculino da década de 80

Luciano do Valle recebe homenagem pelos 50 anos de carreira de João Carlos Saad (à esquerda) e Ricardo Saad

Luciano marcou época na tv brasileira desde a década de setenta era o principal narrador da band


Neto, Téo José e Edmundo com Luciano do Valle

O vice=presidente da Bande Marcelo Meira, e Luciano do Valle

Além de se especializar na narração de futebo, Luciano foi um dos maiores divulgadores dos esportes olímpicos.

Felipe Andreoli, Teo José, Paloma Tocci, Denílson e Renata Fan durante evento ao lado de Luciano do Valle

Luciano do Vale durente cobertura das Olímpiadas de Sydney, na Austrália

Luciano do Valle completou em 2013 50 anos de carreira

Luciano do Valle durante entrevista Emerson Fittipaldi na época da Indy

Luciano do Valle narrou boxe, onde lançou Maguila, também foi ícone da geração de prata do volêi masculino da década de 80

Luciano do Valle recebe homenagem pelos 50 anos de carreira de João Carlos Saad (à esquerda) e Ricardo Saad

Luciano marcou época na tv brasileira desde a decada de setenta era o principal narrador da band

Neto, Téo José e Edmundo com Luciano do Valle

O vice=presidente da Bande Marcelo Meira, e Luciano do Valle

Fonte: Primeiro Portal Ibacanga

Flávio Dino apresentará os primeiros resultados do Diálogos pelo Maranhão

Fonte: Domingos costa

sábado, 19 de abril de 2014

Governador do PT defende apoio a Flávio Dino no Maranhão






Governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT) é mais um grande nome do PT nacional a declarar apoio a Flávio Dino (PCdoB) na disputa pelo governo do Maranhão. Pelo twitter, Tarso Genro declarou que apoia os petistas que apoiam Flávio Dino.


“No Maranhão eu votaria, sem dúvida, no Flávio Dino. Estou com os petistas que estão com ele,” declarou logo cedo pelas redes sociais. Tarso Genro foi ministro da Educação e da Justiça no governo do ex-presidente Lula.


A declaração de Genro vem num momento em que grande parte da militância do PT no Maranhão realiza um forte ato de apoio a Flávio Dino. Com o lançamento da Carta de Apoio às Mudanças no Maranhão, dirigentes e vereadores do PT de dezenas de cidades maranhenses declararam também que farão parte da base de apoio à pré-candidatura de Flávio Dino, que tem caráter humanitário no Maranhão.


Outras lideranças nacionais já declararam apoio a Flávio Dino, que está formando uma aliança ampla para disputar as eleições de outubro. Em entrevistas e no ato do PT pró Dino e Dilma Rousseff (PT), Dino reforçou o convite para que o PT faça parte da coalizão de partidos que defendem uma virada de página do estado.


“Faço novamente o convite público para que o PT e os petistas nos ajudem nessa caminhada,” disse Flávio Dino em entrevista.


Fonte: Raimundo Garrone

Via Sacra do Anjo da Guarda 2014

Anjo da Guarda é palco do maior espetáculo do Maranhão - Via Sacra.



Cerca de 150 mil pessoas assistiram o primeiro dia da Via Sacra do Anjo da Guarda nesta quinta-feira (17), o espetáculo começou às 19h com a abertura feita por Claudio Silva idealizador do projeto que completa 33 anos de apresentação em 2014. O ato religioso, já é considerado uma das maiores encenações sobre a paixão e morte de Jesus Cristo no país.







A Via Sacra do Anjo da Guarda tem uma forte presença da comunidade do bairro, que todos os anos trabalha de forma voluntária para que a cada ano o espetáculo possa crescer ainda mais. A encenação acontece nos dia 17 e 18, portanto quem perdeu o primeiro dia, vai ter mais uma chance nesta quinta-feira dia (18).

Fonte: Primeiro Portal Ibacanga

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Governo não cumpriu acordo com policiais e bombeiros

Deputado Bira cobrou o cumprimento do acordo por parte do governo com os militares
Uma comitiva de policiais e bombeiros militares ocupou as galerias da Assembleia Legislativa do Maranhão durante a sessão plenária desta terça-feira (15). A categoria cobra o cumprimento do acordo que foi firmado pelo governo para que a greve pudesse ser encerrada.

O Governo do Estado se comprometeu em encaminhar à Casa Legislativa uma proposta em regime de urgência em no máximo 10 dias, prazo esse que se encerrou nesta segunda-feira (14), entretanto nada chegou. Para o deputado estadual Bira do Pindaré (PSB) a situação é temerária, pois o Governo desrespeita a categoria quando não cumpre os acordos.

“Eu quero dizer o quanto isso é temerário para a situação que a gente vive no estado do Maranhão, que é calamitosa do ponto de vista da criminalidade. Todo mundo viu a crise do Sistema Penitenciário. Todo mundo sabe que nós estamos com os piores indicadores de homicídios do mundo, não são do Brasil, mas do mundo”, protestou Bira.

O parlamentar lembrou os compromissos do Governo do Estado com a categoria dos militares como a promessa de anistia aos lideres do movimento paredista, no entanto já foram abertos procedimentos disciplinares contra as lideranças. O Governo também não cumpriu a promessa do escalonamento, e das 40 horas de jornada.

Bira entende que há uma enganação em curso e o Governo precisa ter responsabilidade no trato da questão dos policiais. O socialista ressaltou que a Governadora desprezou o Sistema de Segurança Pública quando colocou o secretário de Saúde para acumular a Pasta da Secretaria de Segurança.

“A governadora disse que a gente ia poder dormir de portas abertas, e, no entanto, eu acho que ela devia estar se referindo a porta do banheiro, porque a porta da rua, a porta de casa está todo mundo é gradeando com medo de assaltos a gente não tem mais sossego, nem dentro de casa e nem fora de casa. Os bandidos estão invadindo as casas, nem respeitam mais se tem gente ou não, invadem, e fazem qualquer um de refém”, protestou.

Fonte: Clodoaldo Corrêa.

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Rose Sales (PC do B), faz vistoria de trânsito no bairro do Anil



A vereadora foi ver a atual situação e dificuldades que enfrentam motoristas e pedestres na região.

Esgoto estourado causa crateras no asfalto.




Rose Sales (PC do B), esteve esta semana na rua Tarquínio Lopes bairro do Anil, segundo a parlamentar são inúmeras as reclamações de motoristas e pedestres. Em alguns trechos a dificuldade coloca em risco a vida de quem precisa passar pelo local. A água que corre do esgoto à céu aberto prejudica o calçamento da rua causando vários buracos e transtornos para pedestres e motoristas.


"O objetivo da vistoria no trânsito da nossa cidade é contribuir através da fiscalização, com a atual gestão, no sentido de buscar melhorias para todos. Portanto estou hoje aqui, apenas cumprindo o meu papel como vereadora eleita pelo povo ludovicense", disse.

FONTE: PRIMEIRO PORTAL IBACANGA.

Rose Sales (PC do B), discute pauta de reivindicações com a Guarda Municipal na SEMUSC

Vereadora Rose Sales (PC do B) e representantes da categoria
A vereadora Rose Sales acompanhada por representantes do Sindicato dos Guardas Municipais do Estado do Maranhão (SIGMEMA), do comando da guarda municipal, reuniu com o secretário adjunto da Secretaria de Segurança com Cidadania - SEMUSC, com a finalidade de discutir e pensar encaminhamentos sobre a pauta de reivindicação da categoria: promoção automática; livro de ponto; proposta do G.N.E - gratificação de natureza especial; e periculosidade. 


Com vistas à mensagem do executivo em tramitação na Câmara Municipal, que trata sobre a inclusão de reajuste de 20% do adicional de segurança pública na folha de pagamento dos guardas municipais, de modo a corresponder ao acordo estabelecido entre o executivo municipal e a categoria em mesa de negociação desde 2013

Fonte: Primeiro Portal Ibacanga.

sábado, 12 de abril de 2014

Médico nomeado em Primeira Cruz mora em São Paulo e nunca foi visto na cidade


fantasma 450x257 Médico nomeado em Primeira Cruz mora em São Paulo e nunca foi visto na cidade
Médico está nomeado com vínculo ativo e deveria dar expediente de 20 horas no hospital de Primeira Cruz.

Clodoaldo Corrêa
O deputado estadual licenciado Ricardo Murad (PMDB) garantiu a nomeação de um médico que mora em São Paulo para trabalhar no hospital do município de Primeira Cruz. O funcionário é cunhado de Prefeito e filho de uma subordinada de primeiro escalão de Murad.
O caso envolve o prefeito de Primeira Cruz, Sérgio Ricardo de Albuquerque Bogea (PMDB), que é casado com Jercilene Costa Bogea. Envolve também, Maria do Socorro Bispo Santos da Silva (Chefe da Unidade Gestora de Ações e Serviços da Rede de Saúde), braço direito e componente do primeiro escalão da Secretaria de Saúde do Estado do Maranhão, comandada por Ricardo.
O prefeito de Primeira Cruz nomeou no Hospital “Municipal” Celso Simões, no dia 15/03/2013, o médico Maycon Joecio dos Santos Costa (irmão da primeira-dama do município) e casado com a também médica, Isabela Bispo Santos da Silva Costa, filha de Maria do Socorro Bispo Santos da Silva (braço direito de Ricardo Murad).
O médico Maycon Joecio dos Santos Costa e sua esposa casaram-se em Junho de 2012 e desde então moram na cidade de São Paulo. Ninguém em Primeira Cruz nunca viu o médico receitar uma aspirina, ele nunca deu as caras nos corredores do Hospital Municipal. Todos os pacientes e funcionários consultados pelo Blog foram categóricos em afirmar que nunca viram o médico no município.
Dr. Maycon Costa não deve ao menos conhecer o Hospital do qual vem recebendo seu dinheiro mensalmente. O Hospital “Municipal” Celso Simões é mais um dos 72 hospitais prometidos pela Governadora e inaugurados pelo Secretário de Saúde e que está servindo de cabide de emprego
FONTE: Clodoaldo Corrêa.

Trezentos detentos recebem benefício de saída temporária

Começa próxima semana o período da saída temporária de presos do Maranhão. Cerca de trezentas pessoas terão direito ao benefício.
A determinação é da juíza Ana Maria Almeida, titular da 1ª Vara de Execuções Penais de São Luís. No total, 300 detentos que cumprem pena no regime semiaberto deverão passar o feriado da Páscoa em casa.
Atualmente o sistema carcerário de São Luís possui 552 detentos cumprindo pena no regime semiaberto. No período do natal passado, 300 detentos receberam o beneficio da saída temporária, mas poucos voltaram. Agora, a justiça adota novas medidas para que o número de evasão diminua.
Os presos que voltarem depois do feriado da Páscoa, já estão automaticamente inseridos na saída temporária no período do Dia das Mães
FONTE:Maranhão de Verdade.

Alunos do Cintra se manifestaram dentro da escola, pedindo a saída do diretor

Estudantes do Cintra se manifestaram dentro da escola, pedindo a saída do diretor, Sr. Arnaldo Martinho. De acordo com os alunos, este diretor nunca manteve diálogo com eles e, quando tem, os ameaça de expulsão. O diretor da Escola Cintra está na ilegalidade, porque o estatuto desse estabelecimento de ensino determina que o diretor tenha mandato de três anos, renovável por mais três anos. Portanto, no máximo, seis anos e ele se encontra lá há 19 anos. Um pai de aluno contou o seguinte episódio que ocorreu na instituição: ''Estou aqui, nesse momento, para comunicar a todos os jornalistas de São Luís-MA que estou indignado sobre o que aconteceu e está acontecendo nesta escola (Cintra - Centro Integrado do Rio Anil), pois meus filhos chegaram muito tristes e com muito medo em casa. Motivo: o que os diretores ARNALDO e FATIMA DURANS fizeram com a diretora JAQUELINE - foi humilhada por eles, jogaram as coisas dela no chão, e pisaram. E tem mais: até o que ela ganhou dos alunos eles pisaram, porque disseram que ali não era lugar de lixo, e se ela quisesse, que levasse pra casa dela todo aquele lixo. Depois, chamaram os funcionários para chorar junto com ela. A diretora JAQUELINE não merece passar por isso; ela é uma ótima pessoa, acompanha os alunos em tudo, e faz até o que não é o trabalho dela. E não é a primeira vez que ele faz isso, além de chamá-la de porca e nojenta. Gente, isso é serio. Vamos dar um pasta. Isso não pode continuar assim: eles não merecem estar numa direção de escola. Nossas crianças têm que aprender o que é educação e não como humilhar os outros. Eles não gostam de alunos, mas a diretora JAQUELINE sim. Ela. posso dizer, que é a diretora que nossa escola e filhos merecem. POR FAVOR FAÇAM ALGUMA COISA, NOSSOS FILHOS ESTÃO EM RISCO COM ESSES DOIS DIRETORES”.

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Ditadura no Cintra Precisa ser Destruída.

Hoje na Assembléia Legislativa o deputado Bira do Pindaré falou em seu discurso sobre a situação do CINTRA.  
Senhora Presidenta, colegas parlamentares, imprensa, galeria, servidores. Nós tivemos sessão ordinária hoje da Comissão de Direitos Humanos e dois pontos foram trazidos à pauta. O primeiro deles é em relação ao CINTRA, mais uma vez, esse assunto chega à Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão. O Colégio Cintra, que é a maior escola pública de Ensino Médio do Estado do Maranhão, do Brasil e talvez até da América Latina, com 7.500 alunos vivem um regime de ditadura, de autoritarismo e esse assunto já foi trazido a esta Casa na pessoa do senhor diretor Arnaldo Martinho que se acha tão poderoso que desrespeita até convocação desta Assembleia Legislativa, mais uma vez, a comunidade do CINTRA, professores, alunos, funcionários, pais de alunos, membros da comunidade trazem o assunto a esta Assembleia pedindo providências, porque os constrangimentos continuam, a perseguição continua. E para completar agora recentemente o diretor tentou manipular até eleição do Grêmio, tentando fraudar a eleição do Grêmio. Foi preciso que o Ministério Público, mais uma vez, o Ministério Público pudesse interceder para garantir a posse da direção eleita do Grêmio. É a este ponto que nós chegamos, ali no Cintra. E sabemos que o diretor do Cintra está na ilegalidade, porque o Estatuto do Cintra determina que o diretor tenha mandato de três anos renovável por mais três anos, portanto, no máximo, seis anos e ele se encontra lá há 19 anos. Há 19 anos. E o Governo do Estado é incapaz de fazer cumprir a lei. Não substitui o diretor por mais reclamação que exista, mas não modifica. Entra secretário e sai secretário de Educação e o diretor continua o mesmo. Então, há um mistério de um poder ali em torno desse diretor no Cintra, que eu particularmente não posso concordar. Então, por essa razão, tiramos como encaminhamento e essa vai ser uma iniciativa que faço questão de tomar, presidenta desta Mesa em exercício deputada Gardênia Castelo. Vamos entrar com uma ação judicial. Já há uma ação civil pública movida pelo Ministério Público pedindo a destituição do diretor. Eu entrarei com uma ação própria com base na ilegalidade flagrante pedindo a destituição desse diretor, e vou convidar os colegas parlamentares que quiserem se somar conosco. Eu quero saber qual o tamanho da força que esse sujeito tem; nós vamos medir quem é mais forte. Se é ele ou se é a República, se é ele ou é a comunidade do Cintra, se é ele ou é a comunidade do Anil, de São Luís e do Estado do Maranhão, que não pode aceitar uma situação dessas, é absolutamente inaceitável e aqui nós temos a presença de diversos membros da comunidade, que fizeram questão de vir para esta galeria e são testemunhas daquilo que nós estamos falando, portanto, este foi o primeiro ponto e esse foi o encaminhamento que nós tiramos na Sessão Ordinária da Comissão de Direitos Humanos, mas há um segundo ponto na pauta, também no Anil. Trata-se da construção de uma Unidade Prisional, lá no Anil. Recebemos hoje diversos membros da comunidade, trouxeram abaixo assinado, e estão questionando a instalação desta Unidade Prisional, dentro de uma área residencial; eles não são contra que haja a construção da Unidade Prisional, até porque o Maranhão precisa, há muitos anos que não se constrói Unidade Prisional nesse Estado, precisa, todo mundo viu o que aconteceu em Pedrinhas, o horror que foi, precisa de Unidade Prisional, o que eles questionam é por que a Unidade Prisional tem que ser construída dentro de uma área residencial? Esse é o debate, e não é só a comunidade do Anil que está enfrentando essa situação. Eu estive, este final de semana, na Comunidade das Mercês, que fica, em Paço do Lumiar, e há o mesmo questionamento porque lá também já existem medidas para a construção de uma unidade prisional. Então nós temos que debater esse assunto, convidar o secretário de Administração Penitenciária, Uchôa, o secretário Uchôa para vir a esta Assembleia dialogar conosco. Nós estamos marcando isso para a próxima quarta-feira, às 08h30min, aqui na Assembleia, na Comissão dos Direitos Humanos. Eles estão propondo que, em vez de ser uma unidade prisional, que ali seja construída uma USC, que é uma Unidade de Segurança Comunitária, que faz parte do programa da secretaria que já construiu na Vila Luizão, construiu em outras comunidades. Então, em vez da unidade prisional, por que não se constrói uma USC já que é uma área residencial que enfrenta, no seu dia a dia, problemas graves de criminalidade, de crescimento dos indicadores de criminalidade? Portanto, é uma alternativa que eles apresentam para o debate com a Secretaria de Administração Penitenciária com o governo do Estado. Foram os dois pontos que nós tratamos com a presença da comunidade maciçamente. Eu aproveito para saudar também todos que estão na galeria acompanhando o debate desta tribuna. Eu espero que os demais colegas parlamentares possam se somar em relação a essas questões que afetam diretamente a nossa população, pois esse é o nosso papel, esta é a Casa do Povo, nós fomos eleitos para representar os interesses da nossa população, e é o que nós estamos tentando fazer aqui. Haveremos de fazer e colher resultados e a vitória, porque a vitória vem pelas mãos do nosso povo. Muito obrigado, senhora presidenta, pela atenção. Agradeço a presença de vocês.
FONTE: ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA

Comissão de Direitos Humanos ouve Moradores do Anil e Alunos do Cintra


Fonte: Assembléia Legislativa.



A Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa, representada pelos deputados Bira do Pindaré (PSB) e Rubens Pereira Jr (PCdoB), recebeu nesta quarta-feira (9) a vereadora Rose Sales, acompanhada de moradores do bairro Anil para reivindicar a falta de segurança na região.


Segundo populares, uma unidade prisional estaria sendo construída na área onde funcionava a FEBEM. “Primeiro é necessário termos a confirmação se essa construção se trata mesmo de uma unidade prisional. Se for confirmado, nós moradores anilenses não aceitamos e vamos buscar o embargo da obra. Estamos precisando de segurança e não da vinda de mais bandidos. Mesmo que seja uma unidade para menores infratores, nós não aceitamos”, contou um dos moradores.


Por se tratar de uma obra da pasta de segurança, a vereadora Rose Sales sugere a construção de uma Unidade de Segurança Comunitária (USC) ao invés de mais uma unidade prisional. “O que queremos é garantir que nosso povo esteja em segurança. Então, que seja implantada uma USC, que aí sim trará benefícios à área”, sugeriu.

Um abaixo-assinado com cerca de 400 assinaturas que vão contra a situação foram entregues à comissão durante a reunião. “É a prova de que somos a maioria. Só queremos paz”, disse um morador.

O deputado Bira do Pindaré declarou apoio à comunidade e garante lutar pela causa. Para ele, o primeiro passo é ouvir a Secretaria da Justiça e Administração Penitenciária. “Primeiramente quero dizer que a USC me parece a solução mais adequada, até porque unidades prisionais não devem ser localizadas em áreas residenciais amedrontando uma comunidade, como é o caso de vocês. E como é também o caso da Comunidade das Mecês, que eu já acompanho há um bom tempo. Por isso, vamos deixar aqui marcado para a próxima quarta-feira  uma audiência com o secretário da SEJAP e com os moradores envolvidos”, convocou.

Antes de finalizar a reunião, Rose Sales ainda se pronunciou elogiando a atuação dos parlamentares. “Quero parabenizar aos deputados por terem nos ouvido e aceitado fazer essa mediação com a secretaria. Agora sim, juntos, iremos encontrar uma solução para estes moradores”, concluiu.

CINTRA

A Comissão de Direitos Humanos recebeu, também nesta quarta, um grupo de alunos e de professores da Fundação Nice Lobão Cintra, Centro Integrado Rio Anil, que vieram denunciar a má administração do atual gestor Arnaldo Costa.

“Vivemos em uma ditadura militar dento daquele colégio em pleno ano de 2014”, foi assim que os alunos e funcionários do Cintra relataram a gestão do diretor da fundação.

“Eu não acredito que uma escola com 7. 500 alunos, onde 90% é contra essa gestão, nada pode ser feito e que ele ainda continue no comando. Alguma coisa tem que ser feita”, declarou o presidente do grêmio do Cintra.

Segundo o relato de alguns alunos, Arnaldo age de forma autoritária, inclusive fazendo ameaças e perseguições dentro das instalações do colégio. “Se temos alguma reclamação a fazer ele nunca pode nos ouvir e quando escuta parte para ameaças ou deixa claro que nada pode ser feito. Por exemplo, na minha turma temos apenas 4 professores de um grade que exige 13. Fomos reclamar, mas a resposta que tivemos é que ele nada pode fazer. E aí? Como a gente fica?”, conta um dos estudantes.

Em relação a este caso, o deputado Bira do Pindaré disse já ter dado entrada em uma ação junto ao Ministério Público contra a atual gestão e está aguardando uma resposta da justiça. “Ele já está completamente errado pela gestão de 19 anos. Sendo que o estatuto do Cintra estabelece que um diretor deve ficar à frente da fundação no máximo 6 anos. Aí já está o primeiro erro. Está claro que há uma ditadura instalada nesse colégio e que precisa ser urgentemente destruída”, assegurou.

Um dos alunos sugeriu como solução a realização de uma eleição direta para diretor do Cintra, mas o parlamentar adiantou que no Maranhão até então nunca aconteceu uma nomeação por estes meios. Ainda assim, prometeu verificar a possibilidade de pleitear uma eleição.

“Eu nunca vi aqui no nosso estado um diretor ser nomeado por votação, mas nós podemos tentar. Aliás, quero parabenizar vocês alunos que estão nessa luta e que se comprometeram a entrar nessa batalha em busca de uma educação melhor e com qualidade”, finalizou.

terça-feira, 8 de abril de 2014

2014: UM ANO PARA CONSTRUIR UM MARANHÃO COM JUSTIÇA E IGUALDADE.

Começa 2014 e o debate em torno de novos rumos para o Maranhão ficam ainda mais intenso. por todo o estado, as pessoas discutem qual a melhor fórmula para trazer mais qualidade de vida aos maranhenses.
Atento a este desejo da grande maioria dos maranhenses, o movimento Diálogos pelo Maranhão coordenado por Flavio Dino busca, cidade a cidade, ouvir os relatos da vida dos maranhenses e os seus desejos que cada um tem por dias melhores.
Flavio Dino e lideranças politicas de todo o Maranhão já percorreram com esse movimento mais de 70 municípios, em todas as regiões do estado. A meta é que em 2014, todas as cidades sejam visitadas,ouvidas e integradas em um programa que busca mudanças concretas para a vida de cada cidadão.
'' Acreditamos que um Maranhão mais justo é possível. Esse é um sonho compartilhado por milhões de maranhenses. Trabalhamos por dias melhores para todos,'' disse Flavio Dino.

PSDB, PSB, Rede e PPS no mesmo palanque no Maranhão.



O PSDB divulgou, recentemente, uma nota em que dizia esperar o movimento do PMDB para definir qual posição tomar em relação ao pleito de outubro no estado. Pois bem, isso já aconteceu. Os peemedebistas já tem novo candidato com a saída de Luis Fernando e a entrada de Edinho Lobão.

Tendo isso já fato consumado, os tucanos, entretanto, ainda não anunciaram qual rumo tomar, apesar de já existir um horizonte delineado.

No Maranhão, é bem provável que o PSDB esteja junto com o PSB-Rede no mesmo palanque.

Os presidenciáveis Aécio Neves e Eduardo Campos/Marina Silva trabalham pela aliança dos dois partidos em vários estados, na formação do palanque duplo. Juntos eles entendem que podem levar a eleição para o segundo turno contra a presidenta Dilma. Qualquer um que for, terá o apoio do outro.

Por aqui, o PT deve reeditar a aliança com o PMDB, em torno da candidatura de Edinho ou outro nome. O senador José Sarney tem muita influência sobre o ex-presidente Lula, que por sua vez manda no PT.

Assim sendo, é lógico que o PSDB deva estar do lado contrário, junto com o PSB/Rede e provavelmente o PPS, todos no palanque de Flávio Dino. Eduardo Campos já deu o aval, só falta agora os tucanos se juntarem.

A tendência natural é essa. Só falta, agora, oficializar.

FONTE: JOHN CUTRIM

ZOO 9241 E Flávio Dino vai mobilizando a sociedade...No último sábado (05), o pré-candidato a governador Flávio Dino (PCdoB) participou de uma grande plenária com a juventude de São Luís.
Centenas de universitários e estudantes secundaristas de São Luís organizaram o evento para debater propostas voltadas à juventude. As principais reivindicações dos jovens da capital foram relacionadas ao combate ao tráfico de drogas, à qualidade da Educação Pública e implantação de uma política da Paz para o Maranhão.
A expressão do Hip Hop produzido em vários bairros de São Luís traduziu os pedidos dos jovens presentes no evento. Moradores do Coroadinho e bairros adjacentes. As músicas apresentadas falavam sobre os principais problemas da juventude local, abrangendo os altos índices de violência e a falta de infraestrutura e compromisso com a Educação.
Representantes de movimentos estudantis também fizeram perguntas direcionadas ao pré-candidato a governador do PCdoB. Liceu, Cintra, UFMA, UEMA e IFMA enviaram representantes que se manifestaram a favor da educação de qualidade.
Evento semelhante aconteceu no fim de semana anterior, em Imperatriz, e teve grande repercussão na Região Tocantina.
Mobilização da Juventude
Presidente nacional da UJS, André Torkaski lembrou que a mobilização dos jovens de todo o Brasil foi fator decisivo nas grandes manifestações que culminaram na redemocratização do Brasil. “A UJS está nessa luta há 30 anos e aqui no Maranhão nossa batalha tem um significado especial. Estamos mobilizados para combater um regime que nasceu na Ditadura e se mantem pelo massacre do futuro de tantos jovens maranhenses,” afirmou.
Pré-candidato a governador do Maranhão, Flávio Dino fez um discurso emocionado lembrando dos tempos em que atuou no movimento das Diretas Já. A atuação política consciente da juventude no Maranhão, segundo ele, é fundamental para conduzir os rumos do estado. “A escola em que mais aprendi foi no movimento estudantil. Carreguei bandeiras consciente de que fazia o melhor para o meu país. E é essa certeza que vejo no olhar de cada um aqui presente. A certeza que vamos conduzir o Maranhão por rumos melhores para todos,” finalizou.

FONTE: MARRAPÁ

segunda-feira, 7 de abril de 2014

REFLEXÃO

A ausência do Estado é extremamente danosa aos cidadães. Mas o que dizer no Maranhão, que ainda não saiu do Feudalismo? Aqui, o Estado democrático e de direito nunca existiu. O caos instalado é fruto dessa inexistência e ineficiência proposital do poder público gerando empatia, violência, descrença no potencial transformador da sociedade. Enfim, as instituições estão em xeque, e o futuro a Deus pertence.