Banner B

terça-feira, 12 de junho de 2018

Arraiá dos Spitz


Vem aí o “Arraiá dos Spitz”. O evento será realizado no próximo dia 16 de junho, às 16h, no estacionamento do petshop Pertland, na Avenida dos Holandeses, no Calhau.

A festa caipira organizada pela Petland terá comida típica, “cãocurso” de rei e rainha do milho e sorteio de cestas de produtos. Tudo em homenagem a essa raça alemã, muito querida entre as crianças.

Eduardo Braide parabeniza a Rádio Educadora pelos 52 anos de informação aos maranhenses



O deputado Eduardo Braide usou a tribuna nesta terça-feira (12), para parabenizar a Rádio Educadora AM. A emissora completa 52 anos de fundação.

“É uma alegria termos nos dias de hoje uma rádio como a Educadora. Pautada na responsabilidade e no compromisso de noticiar a realidade do Maranhão. Ela que chega aos lugares mais distantes do nosso Estado, cumpre um papel importante ao mostrar fatos relevantes para o dia a dia da nossa população”, disse o deputado.

Eduardo Braide também destacou o dinamismo na programação da Rádio Educadora.

“A Rádio Educadora sempre se mostra dinâmica. E aqui aproveito para destacar o apoio aos eventos esportivos, o espaço para ações políticas, religiosas e de relevância social. A Educadora mostra-se, com isso, uma porta-voz das comunidades de todo o Maranhão”, ressaltou o parlamentar.

Ao fim do discurso, Eduardo Braide parabenizou todos os colaboradores da emissora, aos quais desejou ainda mais sucesso nas atividades.

“Em nome dos padres Claudio Roberto e Gutemberg, responsáveis pela Rádio Educadora, quero parabenizar a todos os jornalistas, radialistas, produtores, editores, enfim,  todos colaboradores que fazem desta emissora uma das mais queridas do Estado. Que a Rádio Educadora se mantenha firme no propósito de bem informar os maranhenses. Vida longa à Rádio Educadora”, finalizou o deputado.


segunda-feira, 11 de junho de 2018

Boi de Axixá dá a largada para a temporada junina de 2018



Referência no folclore do Maranhão, o bumba boi de Axixá realiza, nesta quarta-feira (13), às 18h, na capela de São Pedro, o batizado da brincadeira tradicional no sotaque de orquestra. Para a temporada deste ano, o grupo levará aos arraiais o tema: "Boi de Axixá: cultura e tradição rumo aos 60 anos".

O grupo preparou algumas surpresas para as apresentações, que prometem encantar todo o público presente.

"Estamos na expectativa para mais um ano de festa e, nesta temporada, iremos nos aquecer para comemorar os 60 anos do boi do próximo ano", disse Leila Naiva, comandante do Boi de Axixá.

História do Boi de Axixá

O Boi de Axixá foi fundado em 1º de janeiro de 1959, por Francisco Naiva, não por pagamento de promessa, mas por amor à brincadeira, à cultura popular. Era composto pelos personagens soldados, caboclos de flecha, índios e campeadores.

As mulheres eram proibidas de brincar. Depois da saída dos índios e soldados, elas foram inseridas, também como índias, sendo assim até a atualidade.

Por ser um dos percussores do Bumba-meu-boi de Orquestra no Maranhão, o Boi de Axixá segue tradicionalmente o ciclo da manifestação, ensaios, batismo, apresentação e morte, envolvendo comunidades do município de Axixá e de São Luís/MA.

Como é considerado um dos principais representantes da cultura popular, o Bumba-meu-boi de Axixá não se apresenta somente para contratantes com poder aquisitivo alto; apresenta-se sem cobrar em diversos arraiais, igrejas e comunidades carentes, a fim de promover o acesso e contato de pessoas menos favorecidas à cultura popular, visto que seus brincantes, desde sua fundação, também são pessoas simples que amam o Boi de Axixá.

Hoje sob o comando de Leila Naiva, a brincadeira é formada por 120 brincantes, entre índias, vaqueiros campeadores, vaqueiros de fita e orquestra.



Dia dos Namorados movimenta comércio


Com o Dia dos Namorados batendo a porta (12 de junho), as lojas de grifes  movimentam o mercado com novidades que fazem a cabeça dos apaixonados. Os empresários festejam o aquecimento nas vendas. Em São Luís, as vitrines exibem uma diversidade de itens e o entra-e-sai de consumidores deve aumentar neste fim de semana.

No São Luís Shopping, uma das lojas que atraem as atenções dos namorados é a Tommy Hilfiger, que exibe vitrines sempre recheadas de cores, estampas e estilos variados. Para a ala masculina, há uma variedade de camisas da moda, além de bermudas e outras opções. Para elas, blusas e acessórios, entre outros.

Camisas masculinas, aliás, sãopeças que saem bastante nesta temporada, pois figuram como úteis opções de presentes. Se o estilo do namorado for tradicional, há opções de tons neutros, como branco, azul ou cinza. Se houver mais flexibilidade, a aposta é nas cores vívidas. Camisas com padronagens fazem sucesso.

Jogos do Brasil na copa alteram horário de funcionamento do Rio Anil Shopping


O clima da maior competição do futebol mundial já toma conta das vitrines e dos corredores do Rio Anil Shopping, que vai funcionar em horários diferenciados nos dias em que o Brasil for a campo.

Nesta primeira fase, que se iniciará em 17 de junho, domingo, o Shopping fechará 30 minutos antes do início de cada partida e retornará 30 minutos após o término do jogo.

No dia do primeiro,17, o shopping abrirá excepcionalmente às 9h e fechará às 14h30. Como o jogo só terminará perto das 18h, o Rio Anil não reabrirá neste dia. No segundo jogo, 22, sexta-feira, como a partida será às 9h, o shopping só abrirá as portas às 12h e funcionará normalmente até as 22h. E no terceiro e último jogo da primeira fase, 27, quarta-feira, o Rio Anil abrirá às 10h, interromperá o funcionamento às 14h30 e retomará as atividades normais das 18h às 22h.

Segue abaixo o calendário, para melhor visualização:


018
FUNCIONAMENTO DO RIO ANIL SHOPPING
TIMES
DATAS
HORÁRIO
ABERTURA MANHÃ
FECHAMENTO TARDE
REABERTURA NOITE
ENCERRAMENTO NOITE
BRA X SUI
17.06 - DOM
15h
9h
14h30
Não reabre
-
BRA X COS
22.06 - SEX
9h
12h
Normal
Normal
22h
BRA X SER
27.06 - QUA
15h
10h
14h30
18h
22h



TRANSMISSÃO DOS JOGOS

Os funcionários do shopping poderão assistir aos jogos, na Praça de Alimentação, onde as partidas serão transmitidas EXCLUSIVAMENTE para os colaboradores. Durante a transmissão, o mall e todas as lojas, incluindo as de alimentação, estarão fechados para o público. Além disso, não será permitida nem a venda nem consumo de bebidas alcoólicas.

Em breve, divulgaremos o horário de funcionamento do Rio Anil Shopping para as próximas fases da Copa.

EMOÇÃO NO CINEMA

Amantes do futebol e da Seleção Brasileira vão poder se unir com os cinéfilos neste mês de junho. Isso porque a Rede Cinesystem Cinemas vai transmitir os jogos do Brasil na Copa do Mundo 2018 no Rio Anil Shopping e em outros quatro de seus multiplex. É a oportunidade perfeita para quem quer aproveitar o campeonato mais importante do mundo com alta qualidade de imagem e sons cinematográficos.

Os amantes da bola que frequentam o Shopping Rio Anil poderão curtir cada lance também por R$40 (R$20 a meia entrada).



Chaguinhas declara apoio a Júnior Marreca



Na manhã desta segunda-feira,11, o vereador Francisco Chaguinhas declarou apoio ao deputado federal Júnior Marreca. O ato contou com a participação de universitários, assessores, da vereadora Concita Pinto e do presidente estadual do Patriota, Jota Pinto, que também tem o apoio do vereador na busca de uma das cadeiras do legislativo maranhense.

Segundo o parlamentar, Júnior Marreca tem feito um ótimo trabalho em prol dos maranhenses. “Esse apoio é em prol do nosso povo. Junior Marreca enquanto deputado mostrou que sabe defender e trazer recursos para o seu estado. O Maranhão, sem sombras de dúvidas, precisa dele lá em Brasília, para que o seu trabalho possa continuar na defesa do nosso querido Maranhão”, disse.

Ao agradecer o apoio do progressista, Marreca destacou a atuação do parlamentar. “O vereador Francisco Chaguinhas tem uma atuação muito forte em São Luís. Hoje, me sinto honrado de receber esse apoio tão impotente para continuar defendendo os anseios da população em Brasília”, disse.

Participando também do ato, o presidente estadual do Patriota, Jota Pinto, falou do fortalecimento do partido. “O partido tem crescido muito em nosso estado. Hoje, estamos consolidados em várias partes do Maranhão”, disse.


Chef Dantas faz aula-show de comidas típicas no Ateliê Don’Anna



Quando chega o mês de junho São Luís se transforma em um imenso arraial, com uma profusão de cores, brilho, manifestações culturais e, claro, as comidas típicas da época. O milho é a grande estrela dessa parte da festa, já que é a obra-prima das receitas que compõem as mesas no São João. Além dele, outros ingredientes como a mandioca e o amendoim fazem parte das refeições feitas durante esse período festivo. Para garantir a alegria de santos e foliões, o Ateliê Don’Anna promove, no dia dedicado a Santo Antônio, uma aula-show de comidas típicas com o chef Dantas, conhecido pela sua culinária nordestina de muita qualidade.

Todas as características da culinária típica dos festejos juninos foram introduzidas no Brasil por meio da miscigenação dos povos que habitaram o território no período colonial, como os índios, africanos e europeus. “Aqui no Nordeste os pratos à base de milho já fazem parte do dia-a-dia, mas é no período junino que as pessoas buscam com mais intensidade essa identificação com suas raízes através da culinária”, justifica o chef Luciano Rosa, idealizador do Ateliê.

A culinária é um dos traços mais fortes do povo maranhense e, além de delícias como bolos, mingaus, canjicas e pamonhas, tem ainda o arroz de cuxá, as tortas de camarão e caranguejo, sururu, vatapá e arroz de Maria-Isabel. “A cozinha maranhense vive um novo momento e temos uma rica culinária e essa oportunidade de troca, de aprendizado, vai com certeza melhorar nossa gastronomia”, destaca Dantas.

A origem

Assim como alguns ingredientes usados na culinária, a celebração aos três santos católicos também foi introduzida na cultura brasileira pelos portugueses, que tinham como religião o catolicismo. Em Portugal, os meses de junho, julho e agosto eram dedicados às festividades relacionadas à religião e à colheita do trigo, feita uma vez ao ano durante o verão. Ao chegarem no Brasil, os portugueses precisaram adaptar os festejos ao clima dos trópicos, onde tem o inverno como estação nesse período do ano.

Desta maneira, a plantação que crescia em épocas de chuva era a de milho. Unindo os conhecimentos culinários dos indígenas, africanos e portugueses surgem as comidas típicas desse período junino, feitas especialmente de milho, como os bolos, canjica, pamonhas, mungunzá e até mesmo o próprio milho, servido assado na brasa ou cozido.

Serviço:
O que: Aula-Show de comidas típicas juninas
Onde: Ateliê Don’Anna
Hora: 15h às 18h
Quando: Quarta-feira, 13 de junho
Investimento: R$ 100,00