sexta-feira, 27 de maio de 2022

Com festa popular, prefeito Eduardo Braide inicia festejos do São João: a festa do coração de São Luís


Foi ao som dos tambores, pandeirões e orquestra que a Prefeitura de São Luís deu início ao “São João de São Luís: a festa do coração”. O evento, que ocorrerá durante todo o mês de junho em diversos pontos da cidade, foi aberto na noite de quinta-feira (26), em frente à sede da Prefeitura, com a presença do prefeito Eduardo Braide, acompanhado da primeira-dama Graziela Braide e de autoridades do Município. A festa reuniu milhares de pessoas que puderam sentir como serão os festejos este ano.

“O que queremos ver é o nosso São João de volta e, para isto, organizamos uma programação que vai abranger vários bairros da nossa cidade, com o São João no Bairro e o Arraial da Praça Maria Aragão, que começa dia 10 de junho e vai até o dia 30. Neste sábado, já começamos com atrações no Coroadinho, fazendo essa festa linda que encanta a todos nós”, disse o prefeito Eduardo Braide que iniciou a noite chamando um grupo de cazumbas do Boi da Santa Fé que subiram no palco. “Quero pedir licença a todas as nossas manifestações culturais para chamar um personagem da nossa cultura que eu tenho orgulho de dizer que é do nosso São João e que merece todo o nosso respeito: os cazumbas”, destacou o gestor municipal, sob os aplausos do público.

Decorada com balões e bandeirinhas gigantes, além de fitas coloridas, a fachada do Palácio La Ravardière foi uma atração a mais e serviu de cenário para fotos, encantando turistas e moradores da cidade. No local, um palco com sistemas de luz e som foi montado especialmente para o evento, dando a dimensão da grandiosidade das festas que o Município preparou para celebrar Santo Antônio, São João, São Pedro e São Marçal, este último cultuado apenas no Maranhão.

As pessoas que compareceram ao Palácio La Ravardière se divertiram ao som do tambor de crioula Arte Nossa, que abriu a noite com a batucada ancestral. A seguir, foi a vez do Boi de Santa Fé encantar os presentes com a beleza de seu batalhão, o gingado dos cazumbas e a evolução do cordão. Já o Boi de Morros animou o público com toadas e coreografias por índios, índias e vaqueiros com muito brilho. A noite foi encerrada com o Boizinho Barrica que colocou todo mundo para dançar e cantar músicas que integram o cancioneiro junino maranhense.

“Essa é a festa do coração da cidade, uma festa linda, com várias atrações voltadas pro nosso universo junino, começando com esta apresentação na porta da Prefeitura, com nossas manifestações genuínas. Este retorno agrada não só aos amantes das festas e os brincantes, mas também movimenta a cadeia produtiva, a economia da cidade, com trabalho pra muita gente e isso é muito importante porque era um segmento que estava parada”, destacou o titular da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), Marco Duailibe.

Também estiveram presentes na abertura do São João de São Luís, o secretariado do Município, o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MA), Washington Oliveira e os vereadores Marlon Botão (PSB); Anderson Martins (Avante), Domingos Paz (Podemos) e Álvaro Pires (PMN).

Depois de dois anos sem festa por conta das medidas sanitárias de prevenção e combate à Covid-19, ludovicenses e turistas estavam ansiosos pela volta dos festejos. “Estou muito feliz e maravilhada porque queria muito aproveitar o São João este ano e virei, com certeza, nas outras noites”, disse a estudante e bombeira civil, Alexia Alves.

“Nossa, estou achando tudo lindo demais. Muito emocionante ver essas manifestações depois de um tempo tão complicado com a pandemia, é uma emoção ver as coisas voltando ao normal e com esse São João de vocês que me encantou”, disse Geni Santos, que é de São Paulo e está passeando na capital.

Programação

A programação junina da Prefeitura segue neste sábado (28), com o ‘São João no Bairro’ que levará para o Coroadinho, a partir das 19h, atrações como a Companhia Encantar, Cacuriá da Vila Goreth, Bumba Meu Boi Meu Tamarineiro e Bumba Meu Boi Upaon-Açu. Depois, a festança segue de forma itinerante nos bairros Morada do Sol, Vila Embratel, Ilhinha, Ribeira, Estiva, Cidade Olímpica, Quebra Pote, Vila Luizão e Cohatrac, sempre aos fins de semana.

Além disso, a Prefeitura de São Luís abrirá, no dia 10 de junho, o arraial da Praça Maria Aragão, que se chamará Arraial da Cidade e se estenderá, de quarta-feira a domingo, até o dia 30 de junho.

Com apresentação de Joel Jacinto, programa “Cantando o Maranhão” estreia nesta segunda-feira, na Educadora AM


A voz de ouro, em defesa, divulgação e valorização da cultura popular e dos fazedores culturais, está de volta ao rádio AM maranhense. O radialista Joel Jacinto comandará a partir dessa segunda-feira (30), o programa “Cantando o Maranhão”, que vai ao ar e pela Internet, todas as segundas e quartas-feiras, ao vivo, das 17h às 18h, pela Rádio Educadora (560 Khz) do Maranhão.

 Serão dois días para você ver, ouvir, opinar e ficar bem informado sobre o que rola na cultura popular , com destaque especial ao São João 202, festa popular que passou dois anos (2020 e 2021 ) sem acontecer em razão da pandemia COVID e das regras sanitarias importas pelas autoridades sanitárias.

 Os ouvintes fãs do rádio AM, tem de volta um programa de cultura popular, onde poderam apreciar as toadas de bumba-meu boi, nos sotaques de orquestra, zabuma, baixada, matracas e pandeirões, além do melhor do nosso cancioneiro popular. 

 Fique por dentro da agenda cultural e dos bastidores da nossa cultura e dos festejos juninos e curta entrevistas com artistas, apoiadores e produtores culturais.

 Para animar a festa vai ter ainda bate-papo com quem faz cultura e entrevistas com quem é de fato e de direito detentor da informação cultural.

 ANOTE NA SUA AGENDA!!!

 Programa Cantando o Maranhão

 Todas as segundas e quartas-feiras, ao vivo, das 17h às 18h, pela rádio Educadora (560 Khz) do Maranhão.

Sucesso na Inauguração da Clínica Brille


Um novo conceito de beleza, estética, auto estima e bem estar é assim que podemos definir a Clínica Brille que chegou para renovar às energias dos maranhenses e brilhar com serviços personalizados. A Clínica Brille inaugurou com sucesso no dia 19.05.22 recebendo vários convidados especiais. A mesma fica localizado na Avenida Ivan Loureiro, Quadra 04 Champs Mall Sala 239 Ponta D’Areia São Luís - Ma.

A Clínica Brille tem na frente dois grandes profissionais que amam o que fazem e que gostam de cuidar do próximo com profissionalismo e dedicação, se trata do Cirurgião Plástico Dr. Gabriel Cavalcanti e a Dermatologista Dra. Emanuelle Samary além de uma equipe imperdível.

Então venha brilhar e conheça mais a Clínica Brille através do instagram: @clinicabrille

Memória de Helena Leite será reverenciada no São João do MA


Após dois anos de pandemia da Covid-19, a movimentação cultural na Grande Ilha voltou forte com o brilho das cores do São João, das toadas e do balançar do Bumba Meu Boi mais contagiante do país. E junto à maior festividade do Estado, volta, também, a memória de importantes nomes da cultura maranhense, como o da radialista, folclorista e membro da Academia Poética Brasileira, Maria Helena Leite.

Sendo uma das homenageadas com o São João do Maranhão 2022, Helena Leite, nascida em Viana/MA, e falecida em 2019, era apaixonada pelo radialismo e o folclore, em especial o Bumba Meu Boi; e figurava como uma das vozes mais importantes no que se refere à defesa da cultura de São Luís e do Maranhão.

“Hoje, se ela estivesse entre nós, estaria em êxtase, muito feliz. Vai ter São João depois de dois anos de muita luta. Não foi de um dia para o outro que ela recebeu o apelido de “Rainha da Cultura”, era uma rainha que não tinha trono, não tinha palácio, mas que sua riqueza era ver todos bem e uma cultura do Maranhão super valorizada”, assegura o filho da comunicadora, Ronner Leite.

Radialismo – A partir de 1966, Helena trabalhou na rádio, por anos, comentando o Carnaval de Passarela de São Luís. Ela acompanhava, ainda, o cotidiano da cidade e fazia mediação entre a população e os poderes públicos. Foi na Rádio Educadora AM, na década de 70, que ela se tornou a primeira mulher a fazer cobertura de jornadas esportivas, como repórter de campo no Estádio Municipal Nhozinho Santos.

“E depois, ela foi pra Rádio Timbira, fez Jornalismo Esportivo e também chegou a ser árbitra de futebol. Ela sempre teve esse aroma, essa vontade de divulgar a nossa cultura popular. Ela tinha um laço, me parece que o pai era um dos fundadores de um Boi em Viana”, pontuou o radialista Joel Jacintho.

Em meados dos anos 80, Helena decidiu se mudar para o Rio de Janeiro. Mas próximo aos anos 2000, a convite do fotógrafo, radialista e também amante da cultura, Raimundo Filho, retornou à cidade para trabalhar na Rádio Capital, onde pôde reencontrar o seu público.

“Ao chegar aqui, ela reacendeu, os olhos voltaram a brilhar e viu vontade de retornar à sua carreira de radialista, de tentar ajudar as brincadeiras, de poder dar um lugar onde todos pudessem divulgar suas músicas, suas toadas, festas. Ela, na luta, conseguiu”, conta o filho da radialista, Ronner Leite.

Atuando em emissoras como Timbira, Educadora, Difusora, Capital e outras, Maria Helena fazia ecoar mais alto o som da cultura maranhense, no comando do programa Canta Maranhão.

“Ela empunhava a bandeira do Bumba Meu Boi, divulgando as toadas, os cantadores, saia em defesa dos que estavam doentes. Helena foi uma batalhadora, trabalhei com ela na transmissão do São João, do Carnaval. A gente amanhecia fazendo cobertura”, acrescentou o jornalista Joel Jacintho.

Boi da Pindoba – A partir do trabalho desenvolvido com afinco, Helena foi convidada a contribuir com o Boi da Pindoba, de sotaque de matraca, um dos mais famosos do Estado. Foi sob o seu comando que a atração cresceu e ganhou mais notoriedade.

“Ela assumiu um papel importante, onde não só divulgava, como ajudava e cobrava as pessoas que tinham o poder de elevar a nossa cultura. Comandou o Boi da Pindoba junto com diretor de comunidade, fez deste um dos maiores batalhões de São Luís”, frisou Ronner, filho da folclorista.

Para o presidente do Boi da Pindoba, Herlinho, a chegada de Helena fez com que a atração, que já tem 132 anos, pudesse se reinventar dentro do conceito cultural, mas sem esquecer os antepassados.

“Para o Boi da Pindoba, a chegada da Helena Leite na comunidade da Pindoba foi uma fortaleza muito grande, porque ela começou a ter novas ideias, a abrir espaços e uma nova visibilidade dentro do conceito cultural. E assim, a Pindoba dos anos 2000 até os anos de hoje, vem mantendo essa tradição de inovação e fortalecimento diário da cultura popular maranhense, sem perder as suas raízes”, disse o presidente.

Academia Poética Brasileira – A luta hercúlea de Maria Helena Leite para salvaguardar o Bumba Meu Boi como Patrimônio Cultural e Imaterial junto à Unesco, fez com que, pela primeira vez na história das Academias de Cultura e Arte no Brasil, ocorresse uma eleição unânime de um representante do folclore e manifestações populares do país.

Helena foi imortalizada como patronesse da cadeira de número 47, da Academia Poética Brasileira. O título foi concedido pelo então presidente da APB, jornalista e poeta, Mhario Lincoln.

“Helena Leite foi uma mulher vibrante, guerreira e consciente de sua luta em prol da brincadeira popular do Maranhão. Por isso, o título a ela concedido foi indispensável, pois veio coroar essa luta e essa garra de quem sempre defendeu a continuidade das brincadeiras do Bumba Meu Boi e outras manifestações no Estado. Nós, da APB só temos a agradecer e confessar que muito nos honra em tê-la, de forma imortal, sendo patronesse da Cadeira de número 47, da APB”, afirmou o presidente da APB.

quinta-feira, 26 de maio de 2022

Octávio Soeiro pede recuperação dos abrigos de ônibus em SL




A Câmara Municipal de São Luís encaminhou o requerimento n.º 677/2022, de autoria do vereador Octávio Soeiro (Podemos), solicitando à Prefeitura de São Luís a recuperação dos abrigos de ônibus por toda a capital.

De acordo com o parlamentar, os abrigos que existem na cidade não apresentam uma estrutura adequada. “As antigas e deficitárias estruturas correm o risco de desabarem”, disse.

O vereador ainda destacou a ausência de abrigos em muitas localidades. “A falta de abrigos de ônibus em muitos bairros da cidade deixa a população à mercê das intempéries, exposta à chuva e ao sol”, frisou.

Proteção e conforto – Os abrigos são as estruturas que podem estar presentes no espaço de parada dos ônibus, para que os usuários aguardem o veículo com mais segurança, protegidos dos raios de sol e da chuva. São caracterizados por seus telhados e bancos, oferecendo mais conforto aos passageiros.

Energia Solar: Projeto institui campanha de incentivo à instalação de painéis fotovoltaicos


O Projeto de Lei 535/21, que institui a Campanha de Incentivo à Instalação de Painéis Fotovoltaicos no Maranhão, foi aprovado em primeiro turno pela Assembleia Legislativa do Maranhão, na sessão plenária desta quarta-feira (25). O PL ainda precisa ser votado e aprovado em segundo turno antes de seguir à sanção governamental.

A proposição é de autoria do deputado Ariston Ribeiro (PSB) e tem como objetivo estimular o uso da energia solar fotovoltaica em áreas urbanas e rurais em todo o Maranhão.

De acordo com o texto, o Estado promoverá ações educativas de conscientização sobre a importância da energia solar fotovoltaica para o meio ambiente e para o desenvolvimento sustentável; disponibilizará informações sobre os benefícios do uso da energia solar fotovoltaica em residências, comércios, indústrias e propriedades rurais; oferecerá orientação e assistência técnica para a instalação de painéis fotovoltaicos, além de disponibilizar crédito e custeio para a instalação dos equipamentos.

Essa forma de energia é produzida a partir do calor e da luz solar, sendo considerada uma fonte alternativa, renovável, limpa e sustentável. Além dos benefícios ambientais, há, também, vantagens individuais para aqueles que aderem à energia solar fotovoltaica, pois o preço da produção energética está sendo reduzido constantemente em razão dos avanços tecnológicos e aumento da escala de produção.

“Assim, é necessário ampliar a divulgação sobre as vantagens desse tipo de energia para que uma parcela maior da população possa se interessar pela instalação desses painéis e facilitar o acesso à implantação do sistema. A longo prazo, o consumidor terá uma grande economia, já que os painéis estarão constantemente gerando energia, mas o custo inicial ainda é um obstáculo à sua concretização”, destacou.

Bairro de Fátima, Monte Castelo, Calhau, Renascença e mais 14 bairros vão ficar sem água no próximo sábado (28)

A Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (CAEMA) informa que a partir das 8h do dia sábado (28), haverá uma parada programada do Sistema Produtor de Água Italuís, para fins de manutenções preventivas e retirada de vazamento. Após este período, a Caema fará intervenções e o abastecimento de água será normalizado gradativamente, a partir das 16h do mesmo dia.

Áreas atingidas:

Zona II: Parte do Monte Castelo, Bairro de Fátima, Bom Milagre, Parque Amazonas, Alemanha, Caratatiua e adjacências, Pindorama e adjacências, Vila Palmeira e adjacências.

Zona 5A: Calhau, Alto do Calhau, São Francisco, Renascença, Ponta do Farol, Jardim São Francisco, Sítio Campinas, Basa, Jaracaty, Novo Tempo II.