quarta-feira, 29 de julho de 2015

Justiça afasta prefeito de Pedreiras por improbidade administrativa

A Justiça do Maranhão afastou do cargo , por decisão liminar, o prefeito Francisco Antônio Fernandes da Silva (PRB), do município maranhense de Pedreiras.
 
 
Na decisão, o juiz Marco Adriano Ramos Fonseca, titular da 1ª Vara de Pedreiras sustentou que tendo como razão para o afastamento, a prática de improbidade administrativa na condução de processos licitatórios durante o exercício de 2013.
 
Na decisão, o magistrado argumenta que “após análise minuciosa dos fatos expostos no pedido do Ministério Público, analisando os processos relativos a cada empresa, versa a decisão que “consta narrativa contundente imputando a prática de atos de improbidade administrativa que supostamente tiveram como favorecidas as empresas MK3 COMÉRCIO E SERVIÇOS LTDA – ME, F. DE A.P. DE MORAIS – ME, R. MACEDO SOARES – ME e CLASSE CONSTRUÇÕES LTDA – ME”.
 
O juiz também identificou  a existência de vínculo de parentesco entre o representante da empresa contratada e o gestor municipal, alteração do conteúdo das propostas após a fase de julgamento, declaração das empresas vencedoras do certame, fornecimento desproporcional de produtos e serviços na mesma data, pequena variação do valor estimado para a licitação e o valor efetivamente contratado, indícios de superfaturamento e manipulação de preços dos produtos e serviços fornecidos.
A decisão é do dia 24 de julho, mas foi publicada apenas hoje no Diário da Justiça Eletrônico desta quarta-feira (29).


 

QUE COISA FEIA : FALTANDO 436 DIAS PARA A ELEIÇÃO, EDIVALDO JÚNIOR FAZ CAMPANHA ATÉ EM LIXÃO

Em plena véspera de ano eleitoral o prefeito Edivaldo Holanda Júnior continua mentindo para o povo de São Luís, agora, ele inventou que desativou o “aterro-lixão da Ribeira”, tentando subir na preferência do eleitorado da capital. A bem da verdade, o lixão vem sendo alvo de inúmeras ações na justiça por oferecer riscos à saúde dos moradores próximos e ao Aeroporto Marechal Hugo da Cunha Machado que fica apenas seis quilômetros do aterro.
Foto: Biné Morais / O ESTADO




Como não cumpriu nada do que prometera na campanha passada, o prefeito de São Luís mais uma vez mente e distorce os fatos por meio da secomzinha e espalha que o encerramento das atividades foi por ação própria do executivo municipal. O povo de São Luís sabe que não foi o prefeito Edivaldo Holanda Júnior, na verdade foi o Ministério Público encaminhou denúncia ao judiciário para que há tempos fosse fechado o lixão, sem falar ainda no que prevê a Lei 12.305/10, que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS).
 
O prefeito Edivaldo Holanda Júnior apenas cumpriu decisão judicial que determinou a interdição imediata e definitiva do aterro, sob pena de multa diária, ou seja, dinheiro que sairia do bolso do contribuinte para bancar a incompetência do prefeito. A decisão foi do juiz Clésio Coelho determinando que o município fechasse o aterro.
 
O prefeito Edivaldo Holanda Júnior posa pra fotos no lixão da ribeira com banner ao fundo com o slogan da prefeitura municipal de São Luís
 
 
Não se engane contribuinte, que vai pagar a conta somos nós, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior firmou contrato milionário para executar os serviços de limpeza pública em São Luís, a São Luís Engenharia Ambiental (Slea), abastecerá a CTGA TITARA no município de Rósário e a destinação final dos resíduos não saírá nada barato aos cofres públicos.
 
 
 
Do Blog 007

terça-feira, 28 de julho de 2015

Rose Sales vê descaso da prefeitura com as escolas comunitárias

“Desprezível e desrespeitoso o trato da Prefeitura de São Luís para com as Escolas Comunitárias”, declarou .


A vereadora participou, na última terça-feira, 21, do Seminário do Terceiro Setor, promovido pela Promotoria das Fundações, no auditório da Procuradoria Geral do Ministério Público Estadual.
 
Rose Sales debateu os fundamentos legais, prestação de contas, convênios, dentre outros importantes aspectos relacionados a essas organizações sociais. Tendo presença maciça das lideranças comunitárias, representando creches e pré-escolas.
 
Na oportunidade, considerando o importante papel social que as instituições comunitárias realizam em nosso município e não são respeitadas como convém, a parlamenta do PP fez uma fala contundente cobrando a Prefeitura de São Luís, na pessoa do Secretário Municipal de Educação, a fim de dar respostas concretas a históricos problemas que temos reclamado pela resolução, como:
 
 
1- Regularização do repasse dos recursos federais – FUNDEB, PNAE e PNAC, que o município recebe mensalmente do MEC, em dias, e atrasa cerca de 10 a 12 meses às escolas comunitárias, vulnerabilizando e prejudicando grandemente as crianças e trabalhadores das escolas;
 
 
2- Ampliação do número de convênios com as escolas comunitárias, pois temos apenas 03(três) creches públicas na cidade, as crianças de São Luís da camada popular são atendidas no seu direito à educação infantil nos estabelecimentos comunitários, e por falta de proatividade e de compromisso político da gestão municipal só têm 147 (cento e quarenta e sete) entidades conveniadas e cerca de 400 (quatrocentas) de fora;
 
3- Que seja assegurado livro didático, leite e formação continuada;
 
4- A necessidade de regularização da situação vergonhosa do recurso do FUNDEB está sendo gerido na Secretaria de Fazenda e não na Secretaria de Educação, o que a Prefeitura tem desobedecido até a recomendação formal das duas Promotorias de Educação;
 
5- Solicitou que a Prefeitura tome providências emergenciais na homologação dos convênios do ano de 2015, o que por total falta de operância e de compromisso até agora (7 meses decorridos) não foram efetuados, o que pode gerar uma situação gravíssima se não forem assinados até nesta sexta-feira (24/07/15), considerando a possível vigência da Lei 13.019/14, a partir de 27/07/15.
 
O evento contou com a participação  de lideranças comunitárias, e de representação da FUMBESMA; do Fórum das Entidades Comunitárias; promotores das Fundações, Dr. Tarcísio Bonfim; e da Educação, Dr. Paulo Avelar e Dra. Luciane Belo; sendo chamado representante da SEMED.
Rose Sales centrou sua intervenção na garantia da celebração de convênios com as escolas comunitárias no que se refere aos recursos do FUNDEB, o que, segundo a vereadora, desde o início do ano apesar de tanto reivindicar, a Prefeitura não garantiu a operacionalização,“embora tenha recebido mensalmente o repasse por parte do governo federal, o que tem vulnerabilizado as crianças e trabalhadores dessas instituições”.
 
Importância do MPE
 
Para a vereadora Rose Sales, “a ação do MPE [Ministério Público Estadual] ao nosso lado foi determinante, mesmo após no final da manhã termos recebido a boa notícia de que a Presidência da República prorrogou a vigência da lei para janeiro de 2016. Mantivemos o enquadramento forte à SEMED para estabelecer cronograma de fechamento dos convênios”.
 
A parlamentar progressista lamentou ainda pelo atraso dos recursos federais do PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar) e do PNAC (Programa Nacional de Alfabetização e Cidadania) às escolas comunitárias, de igual proporção de 10 a 11 meses, mesmo a Prefeitura também recebendo seus repasses mensalmente pelo MEC.
 
“O que mais indigna é que a prefeitura estava calada e foi preciso ter o providencial seminário do 3º setor, promovido pelo Ministério Público, para que o assunto fosse debatido com a devida seriedade”, afirmou a vereadora.
 

O DIA QUE O MARANHÃO ADERIU À INDEPENDÊNCIA

São Luís, a bela capital e tradicional reduto português, foi finalmente bloqueada por mar e ameaçada de bombardeio pela esquadra do Lord Cochrane, sendo obrigada a aderir à Independência em 28 de julho de 1823. Os anos imperiais que seguiram foram vingativos com o Maranhão; o abandono e descaso com a rica região levaram a um empobrecimento secular, ainda hoje não rompido.
 
 

sexta-feira, 24 de julho de 2015

São Luís clama por segurança


A cada dia, a situação  de falta de segurança  no nosso estado cresce mais.  O que aconteceu para se chegar a essa situação?  

Está muito ruim para o cidadão  de bem sair de casa para ir ao trabalho. A cidade  está  em uma situação  muito precária  de segurança  pública. É assalto a todo lado, e o mais triste é quando um bandido mata um cidadão.

Ontem, por volta das 10h, o titular do blog ouviu  vários cobradores e motoristas  de ônibus.  Os mesmos estão à mercê  da bandidagem e correndo um risco maior em sua digna profissão.  O que é  lamentável e revoltante é  quando  o coletivo  é assaltado. Quem paga todo o prejuízo é o cobrador que, muitas das vezes,  não  tem culpa do acontecido.

A cidade clama por segurança.  Todos clamam  por segurança. Os rodoviários clamam por segurança e pelos diretos  assegurados. 

Vale lembrar que essa situação  não é de hoje, mas já existe há algum tempo.

Francisco Chaguinha propõe a construção dos viadutos da Forquilha e do Tirirical



Visando oferecer melhoria para o trânsito em avenidas de grande tráfego de veículos em São Luís, o vereador Francisco Chaguinhas (PSB) está solicitando ao governador Flávio Dino que resgate o projeto, do ex-governador Jackson Lago, de construção dos viadutos da Forquilha e do retorno do Aeroporto no Tirirical.


O parlamentar argumenta, em sua proposta, que a carência de acessos alternativos que facilite a fluidez do tráfego, nestas áreas e a falta de execução de projetos de engenharia de trânsito para melhorar o fluxo de veículos na Avenida Guajajara e na rodovia que dá acesso a vários bairros e unidades residenciais até a cidade balneária de São José de Ribamar são problemas enfrentados diariamente pela população.

Francisco Chaguinhas sugere a construção destes viadutos que irão descongestionar o tráfego, principalmente, nestes dois pontos considerados críticos, o que irá proporcionar trafegabilidade nessas avenidas. “O tráfego flui onde há viadutos e quando chega aos retornos da Forquilha e do Tirirical o congestionamento vem em todas as direções, sem condições de um acesso alternativo para os motoristas”, ressaltou o vereador Francisco Chaguinhas.

Para eliminar o congestionamento de veículos, diminuir os acidentes de trânsito e melhorar o acesso aos bairros no entorno da Forquilha a construção dos viadutos, adiantou o vereador, é a solução para este problema de trafegabilidade nestes dois pontos críticos da cidade. Francisco Chaguinhas propõe que o governador Flávio Dino, determine ao secretário de Estado de Infraestrutura, Clayton Noleto Silva, que realize estudos de viabilidade técnica para execução do projeto de construção destes viadutos.

A proposta do vereador Francisco Chaguinhas foi aprovada por unanimidade pelo plenário da Câmara Municipal. 

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Reggae dos amigos: Lançamento do segundo cd foi um sucesso

Foi realizado  nesse sábado  (17) o lançamento  do segundo  cd reggae dos amigos o evento foi um sucesso e contou com a participação  do dj Alex e Diego além  de vários seguidores da atração  principal.



Zé Reinaldo o pacto pelo Maranhão

Pacto pelo Maranhão


José Sarney foi sem dúvidas o político que reteve maior poder e prestígio político no Maranhão, além de ter sido um dos mais fortes do país. E ficou mais poderoso ainda após o exercício na presidência da república. Sarney foi o poderosíssimo ex-presidente, sobretudo no governo de Lula da Silva. Mandava e desmandava à vontade e Lula chegou a dizer, inclusive, que Sarney não era um homem como os outros. Era quase um mito.
Mas no Maranhão, em que pese o seu julgamento, ficou devendo muito em relação ao que poderia ter feito, considerando o seu poder pessoal e político incontestáveis.
Mas, enfim, este não é um artigo para criticá-lo. Isso já fiz muitas vezes ao longo de muitos anos e por isso recebi muitas vezes o peso de sua ira. Contudo, isso ficou para trás e tenho que olhar para a frente e não ficar remoendo o passado.
Sarney não tem mais a força que teve, mas ainda tem muito prestígio pessoal e ainda detém grande força política. Isso é inegável.
Hoje se diverte criticando o governo de Flávio Dino, homem que derrotou de maneira muito clara o seu grupo político. Isso são fatos.
Farei aqui um apelo ao ex-presidente e àquele político que fascinou a todos os jovens promissores que com ele trabalharam, quando governador e nele acreditaram, como eu. Vejam bem, não estou pedindo aqui que deixe de fazer oposição, sendo esse o seu desejo. Não, nada disso! Estou propondo é um pacto pelo Maranhão, por esse estado pobre e com grande parte da população vivendo com renda oriunda do Bolsa Família. Estou propondo uma união de importantes forças políticas em torno de projetos fundamentais para o desenvolvimento do estado e para tirar o estado dessa situação. O Ceará fez isso no passado e disparou com uma agenda de consenso que o transformou num dos estados mais importantes do país. E o nosso Maranhão tem muito mais condições naturais para o desenvolvimento que o Ceará, mas hoje estamos bem atrás.
Países só se desenvolveram com pactos como esse, vejam o caso da Espanha, onde as questões eram tão acirradas que chegaram a ir a uma guerra civil sangrenta e terrível. Lá ficou na história o Pacto de Moncloa, fundamental para a busca do desenvolvimento que hoje sustenta a Espanha moderna.
É claro que se isso não acontecer, iremos lutar até conseguirmos, mas se pudermos fazer uma agenda acima da política, juntando as forças de todos que puderem contribuir, será muito mais fácil e mais rápido conseguir mudar o Maranhão.
Parece óbvio que o ex-presidente teria, como tem em qualquer lugar, uma participação muito importante em tudo. Repito: não se trata de pacto político, mas sim de tentar elencar um grupo de projetos estruturantes para que possamos pular etapas e colocar o Maranhão em seu lugar entre os estados mais promissores do país.
Aqui falo por mim. Não falo por mais ninguém. Portanto não se trata de qualquer tipo de barganha. Não se trata da oferta de cargos em troca de apoio. Não é, enfatizo, um pacto político. Não se trata, enfim, de troca de favores.
O que pretendo é unir todos pelo desenvolvimento do Maranhão. É escolher pelo debate alguns projetos realmente fundamentais para alavancar o crescimento do estado e melhorar a vida sofrida de nossa população. Entre nós temos vários políticos de enorme prestígio, a começar pelo governador Flávio Dino e pelo ex-presidente José Sarney, juntando senadores, deputados federais e estaduais. Temos força política para, juntos nesse propósito, conseguirmos grandes avanços, desde que todos puxem numa só direção. O momento é de imensa dificuldade. O país quebrado, o governo federal politicamente paralisado por uma crise que começou política, indo em seguida tomar conta da economia e agora é social, com a inflação e o desemprego batendo à porta.
Não será tarefa fácil. Mas se estivermos unidos e com uma pauta bem estabelecida, creio que seremos fortes, objetivos e com grandes chances de conseguirmos grandes avanços. Só o fato de termos uma agenda em comum será de uma importância extraordinária.
Falo por mim, sem medos de patrulhas e de maus entendidos. Não serei eu a ganhar nada me arriscando assim. Será o povo do Maranhão. Mas sei que muitos entre nós pensam como eu. Não estarei sozinho e nem pregando no deserto. Nossa sociedade não perdoará a nós políticos, se não nos unirmos em torno do projeto maior que é o desenvolvimento do Maranhão. Essa é a finalidade maior de estarmos na política, com ou sem mandatos.
“Pronto, falei” – como dizem os internautas. Peço a reflexão de todos. Não se trata de rendição e nem de submissão. Trata-se do Maranhão!
Pensem nisso e vamos juntos!

segunda-feira, 20 de julho de 2015

CARA DE PAU: PREFEITO DIZ QUE ESTÁ TRABALHANDO MUITO. MAS ONDE?

Hoje, pela manhã, o Prefeito Edivaldo Holanda Junior entrou ao vivo na Rádio  Difusora, para falar das "ações " que o governo municipal diz que está realizando na cidade. Ao tentar desfazer a fala da Vereadora Rose Sales, que estava participando do programa “Câmara  em Destaque”, o prefeito teve a cara de pau de dizer que a cidade  vive  em  um outro momento. "Estamos colocando  a casa em ordem e em dois anos e meio estamos trabalhando e atendendo os anseios da população”, afirma o prefeito que vive em outro mundo.

O que chamou mais atenção  foi  a cara  que o Prefeito  Edivaldo Holanda teve quando a Vereadora Rose Sales afirmou e lamentou a demora  em que o executivo  municipal vem agindo na cidade.  A Prefeitura  de São  Luis não  fez o que deveria já ter feito, que era honrar  os compromissos  assumidos  em campanha.  Nesses quase três anos a gestão não fez o que tinha que ser feito, e agora quer usar  ações  como obras eleitoreiras, entre  sérias  e graves denúncias Sales  criticou a forma tacanha  da administração municipal para com os ludovicenses.

Sales também  falou do projeto de licitação  que o executivo  municipal  enviou  para a Câmara  Municipal. O  prefeito queria aprovar “ goela a baixo” um projeto que traria prejuízo à população, como, por exemplo,  a revogação  da meia passagem e a gratuidade.

O titular do blog até agora quer saber onde o prefeito está trabalhado, pois a cidade toda está  um caos.

Só Pra lembrar que a meia passagem e a gratuidade só não foi revogada graças a ação dos vereadores Rose Sales e Fabio Câmara.

Presidente da Assembléia Legislativa do Maranhão agride Jornalista da Tv Cidade.


Logo na chegada do presidente Humberto Coutinho, acompanhado de sua esposa, a ex-deputada Cleide Coutinho, o repórter da TV Cidade, afiliada da Rede Record, Wendel Oliveira, tentou conversar o “todo poderoso”.
Visivelmente transtornado e agressivo, Coutinho mandou o profissional de imprensa tomar no c*, e ainda o agrediu fisicamente. A cena deplorável contra a liberdade de imprensa e a coação sofrida pelo repórter ainda foi seguida por dois jagunços que acompanhavam o coronel Humberto Coutinho, que seguraram o equipamento de Wendel Oliveira sob ameaças de quebrá-lo.


                                                    https://youtu.be/-44WsyMSWBQ

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Humberto Coutinho (PDT), mostrou na noite desse sábado (18) porque há anos lidera o ranking nacional dos deputados estaduais mais ricos do país, e por que há anos é conhecido como coronel pelas bandas de Caxias, onde mantém curral eleitoral na base do cabresto.

Coutinho bancou a super festa de 15 anos de sua neta, Luisa Bronzeado Coutinho, ao custo que pode ter ultrapassado a marca de R$ 1 milhão. Entre os gastos, além das despesas com frete de um jatinho, somam-se vestidos do estilista Samuel Cirnansck, premiado estilista do Sul do país; maquiagem assinada pelo top Junior Mendes e joias da conceituada Bibiana Paranhos.
O Espaço escolhido para a festa foi o Coco Bambu, o mais caro buffet de Teresina no Piauí, transformado pelo decorador Glauber Castro, que utilizou peças da Lems Casa & Festa, ficando o cerimonial sobre responsabilidade de peso de Mara Beatriz e Samuel Novais, da Dreams Eventos. Na pista de dança, muita Veuve-Clicquot, regada aos doces de Dárcia Nunes, sob o mega show da banda Capital Inicial.
Durante o segundo ponto mais alto da noite, satisfazendo os desejos de neta do chefe do Poder Legislativo do Maranhão, Luisa Coutinho valsou com os atores globais Daniel Rocha e Jônatas Faro, além do pai, George.


LUXO E PODER: Atores globais Daniel Rocha e Jônatas Faro
com Luisa Bronzeado, durante noite de princesa oligarca da neta de Humberto Coutinho

O titular do blog se solidariza com o amigo Jornalismo 
Wendel Oliveira

Com informações: Jornalista e blogueiro Felipe Motta

sábado, 18 de julho de 2015

VOCÊ SABIA QUE SÃO LUÍS NÃO TEM VICE-PREFEITO??? MESMO ASSIM EDIVALDO JÚNIOR VAI GASTAR 4 MILHÕES


O ex-vice prefeito de São Luís, Roberto Rocha, agora é Senador da República, portanto, meus amigos desde o começo deste ano São Luís não tem mais vice-prefeito. Mesmo assim, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior manteve todo o orçamento destinado para o gabinete da Vice-Prefeitura. Somente com aluguel de veículos e combustíveis, o gabinete vazio da Vice-Prefeitura, gastou R$ 35 mil em 2015. No total, o valor empenhado para o gabinete do vice-prefeito é de R$ 773 mil – quase R$ 100 mil a mais do que os R$ 680 mil previstos no Orçamento 2015, aprovado no ano passado pela Câmara Municipal.
Segundo o Portal da Transparência, o gabinete pagou R$ 15 mil ao Posto de Combustível Século XXI; R$ 17,8 mil à locadora Nova Aliança; e R$ 2,2 mil à Mega Rent a Car.

Com a LDO aprovada na quarta feira passada, já há previsão orçamentária de gastos da ordem de R$ 4,4 milhões para o ano que vem.
O PREFEITO EDIVALDO HOLANDA JÚNIOR PRECISA EXPLICAR AO POVO DE SÃO LUÍS COMO É QUE NÃO EXISTE VICE-PREFEITO E O EXECUTIVO PREVÊ GASTAR MAIS DE 4 MILHÕES NO GABINETE DO VICE EM 2016!!! 

Com informações: Blog do Felipe Motta

Fábio Câmara diz que Edivaldo Júnior dobrou dívida pública

Do blog Isaías Rocha

O vereador Fábio Câmara (PMDB), ocupou a tribuna da Câmara Municipal de São Luís (CMSL), na quarta-feira (15), durante apreciação do projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), da Prefeitura de São Luís, para o exercício de 2016 e fez um alerta preocupante sobre o endividamento do Município.

Líder da oposição diz que dívida da Prefeitura
saltou de R$ 232 para 485 milhões em dois anos

— O que estamos vendo nesta LDO é o tamanho real da divida pública do Município. Em dois anos e sete meses de governo, o prefeito Edivaldo de Holanda Júnior, elevou em 212,70% a dívida da cidade — disse o parlamentar.
Fábio também, em tom de alerta, afirmou que se nenhuma providência for tomada, pode ocorrer uma redução da capacidade de investimentos do Município com recursos próprios.
— Não se espantem se em pouco tempo o Município sofrer uma redução na capacidade de investimentos com recursos próprios, impactando ainda mais os débitos da prefeitura com títulos da dívida pública  — alertou.
Em 2013, quando chegou ao poder sucedendo João Castelo (PSDB), o peemedebista afirmou que Edivaldo Júnior herdou um déficit financeiro na ordem de R$ 232,9 milhões. Em 2015, segundo Fábio Câmara, o passivo consolidado que consta na peça de Lei de Diretrizes Orçamentárias é de R$ 485,8 milhões – quantia duas vezes maior.
— Esses dados não foram inventados pela oposição. Na verdade, os números correspondem às informações de balanços fornecidos pela Prefeitura e que constam na peça de Lei de Diretrizes Orçamentárias que está sendo apreciado hoje pela Câmara. A administração gasta mais do que arrecada para bancar despesas da comunicação — observou.
Vereador Fábio Câmara diz que dívida consolidada
da Prefeitura cresceu 212,70% desde 2013

SAIBA MAIS
Em uma sessão que se estendeu por quase oito horas, a Câmara Municipal de São Luís (CMSL) aprovou, na tarde desta quarta-feira (15), por 26 votos a 03, o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), da Prefeitura de São Luís, para o exercício de 2016. Apenas dois vereadores — Barbara Soeiro (PMN) e Sebastião Albuquerque (DEM) — estiveram ausente da sessão.
O projeto foi aprovado com duas emendas – entre supressivas e modificativas – que tratavam sobre a redação de alguns artigos entre eles o que tratava do parcelamento de débito previdenciário junto ao INSS.


sexta-feira, 17 de julho de 2015

Eleição 2016: Rose Sales e a que mais cresce nas pesquisas


Se continuar neste ritmo, Rose Sales brigará pelas primeiras posições na disputa pela Prefeitura de São Luís


Ainda repercute nos quatro cantos da Ilha do Maranhão, a última rodada de pesquisa de intenção de votos espontânea que o Instituto Escutec divulgou e reproduzida amplamente aqui neste blog. Este levantamento pulverizado das comunidades de São Luís já mostra um crescimento substancial da Pré candidata Rose Sales. As estimativas de intenção de voto para ela, vem crescendo a cada levantamento.

Rose Sales já iniciou em maio na casa dos 2%, agora em julho ela apareceu com 5, se continuar neste patamar de crescimento a pré-candidata estará até o final do ano, na casa dos 15. Os dados são animadores, Rose Sales é mulher de pulso firme e gosta de arregaçar as mangas em busca do voto, a prova disto é que em 2008 ela foi eleita vereadora com 3.000 votos e quatro anos depois buscou a reeleição e quase 8.000, dois anos após a reeleição, ano passado, foi candidata a uma vaga à Câmara Federal recebendo mais de 30.000 votos do povo Ludovicense.

E é por isso que O ESCUTEC foi certeiro, por que 5% dos votos válidos de São Luís dá algo em torno 30.000 votos, justamente a votação de Rose Sales para Deputada Federalo ano passado, por estes fatores que este blog faz esta análise de projeção de crescimento de Rose Sales até o final deste ano.

Rose Sales apareceu bem colocada na última pesquisa divulgada na noite de quarta feira 15, deixando para trás políticos de coturno alto a exemplo de Gastão Vieira, Raimundo Cutrim e Ricardo Murad, que todos já foram candidatos a prefeito de São Luís.







Juventude da Graça realiza mais um encontro neste sábado.

Neste sábado as 17h a Juventude da Graça realiza mais um encontro de muito louvor e adoração ao Senhor Jesus.

Participe e venha se alegrar Jovem  na presença do Senhor

Endereço: Avenida Guaxenduba nº 27 Centro 

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Vereadora Rose Sales vota contra a aprovação da Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) para o ano de 2016.

Parlamentar afirma que o documento encaminhado à Casa não atende a verdadeira realidade social de São Luís.
Depois de uma intensa e acalorada Sessão Plenária nesta quarta-feira (15) a Câmara Municipal de São Luís aprovou, na tarde de hoje, o projeto 043/2015 Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) que define as metas e prioridades da administração pública em 2016 e guia a elaboração da Lei Orçamentária Anual, que deve ser votada no segundo semestre deste ano.
A votação contou com a presença de 25 vereadores em plenário dos 31 que compõem a Casa. A Sessão Ordinária foi iniciada com a apresentação, feita pelo vereador José Joaquim, relator da LDO. Três Edis votaram contra o projeto, sendo Fábio Câmara, Rose Sales e Manoel Rego, respectivamente. Segundo a Vereadora, o projeto levado a Casa não apresenta claramente investimentos para a realidade que São Luís necessita.
Lamentavelmente, a Prefeitura mais uma vez comete o erro de colocar a expectativa de receita muito distante de ser alcançada, ou seja, erro sucessivo, primário que faz com o Orçamento não promova política pública, ações e serviços eficazes e significativos para São Luís.
“O planejamento da nossa cidade está sendo feito de uma forma totalmente equivocada, o Prefeito Edvaldo de Holanda Júnior fez uma peça orçamentária muito distante da realidade, sem fazer as garantias reais, colocou na Lei Orçamentária Anual de 2015 (LOA), mais de 22 milhões para comunicação e para as feiras e mercados municipais apenas R$ 1.842.000,00, e até agora nada foi feito em favor de reforma e melhorias de nenhuma feira da cidade; no que diz respeito a emprego e renda e qualidade de vida para São Luís, ele colocou apenas R$ 10 mil reais, e não fez previsão para garantias efetivas em favor da juventude, idosos, pessoa com deficiência, combate as drogas. É um orçamento sem garantias reais em favor do povo, não tem como pactuar, muito menos aprovar uma peça sem responsabilidade, que foi forjada sem respeitar o que realmente precisa o município de São Luís.” Explanou Rose Sales.

terça-feira, 14 de julho de 2015

CINTRA: ONDE FORAM PARAR OS 3 MILHÕES DE REAIS REPASSADOS PARA A ESCOLA?

Mais uma vez, o blog do Davi Max traz uma denúncia gravíssima sobre os repasses do Governo Estadual e Federal para a Fundação Nice Lobão ─ Cintra .
 O ponto a ser tratado refere-se à quantia que foi entregue para a Fundação, que nesses seis meses está sob os comandos da Diretora, Sra.Terezinha Bogea, e do Sr. Valmir Abreu. Foram repassados cerca de três milhões de reais para a Fundação. O mais incrível: para onde está indo esse dinheiro todo,  se  o Cintra  encontra-se em uma situação precária.



Outra coisa que chama atenção  é a quantia destinada à implantação das ações pedagógicas e educacionais no ensino fundamental. Foram enviados R$ 7.742,02 ( sete mil, setecentos e quarenta e dois reais e dois centavos).  Até o momento, ninguém sabe onde esse dinheiro foi aplicado.  O fato é que a Direção-Geral da Escola se nega em fornecer o relatório detalhado aos alunos e professores da instituição,  uma vez que eles solicitaram à Direção. Mas até o momento ─ NADA.
 Além disso, a quantia destinada à implantação das ações pedagógicas e educacionais no ensino médio foi de 136.627,12 (cento e trinta e seis mil, seiscentos e vinte e sete reais e doze centavos). Até o momento, a comunidade do Cintra não sabe aonde foi parar esse dinheiro todo. Onde estão investindo esse dinheiro?



 O titular do blog faz a seguinte pergunta: onde foram parar os 3 milhões de reais ?
A comunidade do Cintra tem que reagir e não aceitar esses desmandos que existem na escola.  Os alunos e professores não merecem mais uma gestão inoperante. Além do mais, uma gestão que nem sequer dialoga com os funcionários na instituição.
 O que está faltando é o Ministério Público da Educação  e a Polícia Federal investigarem  onde estão sendo aplicados os três milhões de reais que foram repassados à Fundação.
Em tempo: Há boatos no Cintra que a diretora-geral e a assessora do setor financeiro da instituição estão prestes a comprar um carro e uma casa à vista.
O blog abre o espaço para alguém da fundação se pronunciar.



segunda-feira, 13 de julho de 2015

Aconteceu na Câmara Municipal de São Luis


Substituição Injusta 

A Vereadora Rose Sales foi substituída pelo Vereador Roberto Rocha Júnior na Comissão de Meio Ambiente. A Vereadora  lamentou  a decisão: "Lamento essa atitude da comissão, pois quem perde com isso é o povo. Estávamos realizando um trabalho lindo e efetivo na nossa ilha”.


Aprovado na CM.

Foi aprovado  moção de autoria do Vereador Ricardo Diniz. - Que seja enviada uma moção de aplausos e congratulações à Associação de Amigos do Autista do Maranhão -AMA- MA, na pessoa do Senhor  Imolar da Silva Martins, Presidente desta entidade, em homenagem  ao dia municipal de conscientização do autismo, no município de São Luís, comemorado no dia 18 de Junho de 2015.


Foi aprovado indicação de autoria da Vereadora Rose Sales - Que seja encaminhado ofício ao Senhor Governador do Estado, que solicite ao diretor-presidente da CAEMA providências emergenciais para a implantação e melhoria do sistema público de esgotamento sanitário das ruas : 01,02 e 03 da Vila Militar, no Cruzeiro do Anil. A falta desse sistema vem causando sérios problemas, implicando diretamente na saúde pública dos populares e dos transeuntes. 


Aniversariantes do Mês 

Os Vereadores José Joaquim, Prof. Lisboa e Pereirinha completaram ano nesse final de semana. O titular do blog deseja a todos um feliz aniversário, repleto de muita saúde e paz.

Vereadora Rose Sales pede providências sobre o caos instalado na SEMFAZ.‏

    A parlamentar cobrou do Prefeito de São Luís que regularize a grave situação.
Durante pronunciamento na Sessão Plenária na manhã desta segunda – feira (13) a Vereadora Rose Sales voltou a denunciar escândalos envolvendo a Secretaria Municipal da Fazenda (SEMFAZ). Na semana passada a Vereadora fez uso da palavra para expor a suspensão dos serviços online do órgão, o que vêm prejudicando inúmeros contribuintes que precisam emitir documentos fiscais.
De acordo com dados fornecidos pela assessoria da vereadora, a SEMFAZ arrecada em média 48 milhões de reais /mês, e no mês de junho de 2015 foram arrecadados somente R$ 916.000,00 (novecentos e dezesseis mil reais), devido à precariedade, e a suspensão dos serviços online, pois estão emitindo, de forma deficiente, documentos fiscais, tais como, Nota Fiscal Eletrônica (NFeS), Documento de Arrecadação Municipal (DAM), e a não emissão de  Certidões, para que os empresários participem das licitações. Toda essa problemática têm prejudicado os contribuintes ludovicenses e vem afetando, financeiramente, várias secretarias municipais, que deixam de receber mensalmente valores que seriam usados para custeio, e poderá prejudicar também, o pagamento de funcionários.
Conforme o que consta no artigo 94, das Consolidações das Leis Tributárias do Município de São Luís, cita, justamente que após o registro de débito dar-se-á contado o prazo de cinco anos para cobrar a dívida; mas, o que consta na SEMFAZ não é bem essa situação; Os devedores de 2008, prescreveram em 2013; Devedores de 2009, prescreveram em 2014; Devedores de 2010, estarão prescritos após a data de hoje (13.07.15), perdendo o povo e o município com a perda de arrecadação, e assim, da realização de serviços públicos. No mês de maio a Vereadora Rose Sales entregou ao Secretário Municipal da Fazenda, Raimundo Rodrigues, um ofício para que revogue a Portaria 275/13 que tolhe a atuação dos Auditores do Município na execução do cumprimento de suas funções.
A Vereadora Rose Sales repudiou de maneira impetuosa, o transtorno atual instalado na Secretaria Municipal da Fazenda e cobrará do Poder Municipal, esclarecimentos com relação a arrecadação. Durante a Sessão fez o seguinte pronunciamento. “Isso tudo que vem acontecendo na SEMFAZ é inaceitável, é deplorável, tudo fruto de uma gestão municipal sem rumo, incompetente e perdida, são situações sérias e que implicam na falta de garantia de serviços, e de políticas públicas tudo por falta de gestão fiscal e de autonomia política. O município fica só esperando do Estado e do Governo Federal, é evidente e necessário sempre, buscar parcerias governamentais, mas não se pode ficar refém por falta de gestão e de operância, o que acaba prejudicando os servidores municipais e da SEMFAZ. Eu, como vereadora eleita pelo povo de São Luís quero respostas e revisão desse sistema para então, dar retorno à população de São Luís, aos micros, pequenos e empresários em geral que estão sendo vítimas desse atual sistema de arrecadação falho, injusto e segregador”, encerrou a vereadora.
-- 

Antônio Araújo, o intocável.



Por incrível que pareça, o Secretário Antônio Araújo é um homem blindado,  pois há quem diga que o seu   padrinho e muito forte, que é o  Sr. Governador Flávio Dino. Talvez seja este o motivo pelo qual  esteja ainda na secretaria, Antônio Araújo junto com o seu querido Prefeito, Senhor  Edivaldo Holanda Júnior, estão acabando com a cidade.  A cidade de São Luís,  que era conhecida como “ilha   do amor”,  hoje é mais conhecida como “tábua de pirulito”.  É cratera pra todo lado. 

O prefeito ainda sonhar em se reeleger com um secretário péssimo como esse.

Descaso da gestão municipal

Descaso da gestão municipal

Descaso da gestão municipal

Descaso da gestão municipal

Descaso da gestão municipal


sábado, 11 de julho de 2015

Lançamento do novo CD do Reggae dos Amigos acontecerá no próximo sábado

Está marcado para o próximo dia 18 o lançamento do segundo CD do Reggae dos Amigos, composto pelos Dj’s Alex e Diego Pedra que já são uma referência do Reggae maranhense, que com pouco tempo já conquistaram vários objetivos.
A dupla iniciou em bares na Comunidade da Vila Passos-Coréia e hoje com muito esforço é reconhecida pelo seu jeito audaciosode fortalecer nosso reggae.
A festança terá inicio a partir das 19hrs no Rotatória Roots.
Fonte: Blog Luis Cardoso

MORADORES DA VILA PASSOS ESTÃO CANSADOS DAS MENTIRAS DO SECRETÁRIO DE OBRAS, ANTÔNIO ARAÚJO.

Moradores da Vila Passos vivem  há  anos à espera  de uma ação  eficaz da gestão municipal. O bairro que é bem conhecido na ilha está totalmente esquecido pela prefeitura  de São  Luis, uma vez que as ruas estão  intransitáveis,  cheias de buracos, que  podem  causar  sérios acidentes.

 De acordo com o Professor e Líder Comunitário  Luiz Guterres,  o problema vem se agravando a cada dia.  "O problema do nosso bairro tá sério.  O secretário  de obras Antônio  Araújo deu a palavra dele a um ano que iria asfaltar a rua. Mas até  o momento,  nada foi feito. Peço  que o prefeito  olhe mais para a cidade e também para o nosso bairro",  afirma  Guterres,

Vale lembrar que já foi aprovado na Câmara o requerimento  de autoria do Vereador Manoel Rego e subescrito pela Vereadora Rose Sales, onde os mesmos  solicitaram  da Prefeitura a execução  das obras. No entanto, até  o momento,  o prefeito não  atendeu  a essa solicitação.

E assim vai acontecendo  essa gestão,  que só penaliza  os trabalhadores  e vira as costas para a comunidade da Vila Passos





Vereadora Rose Sales denuncia suspensão dos serviços online da SEMFAZ e busca garantias para os Aposentados e Pensionistas do Município.

Ver. Rose Sales

Depois de quase duas semanas sem quórum por causa do descompromisso de diversos vereadores faltosos nas sessões plenárias, a vereadora Rose Sales usou a tribuna da Câmara Municipal na terça-feira (7) para repudiar de forma veemente, a atual situação dos serviços eletrônicos da Secretaria Municipal da Fazenda – SEMFAZ.


Desde 2012 que o órgão não apresenta de maneira transparente, o orçamento da pasta, relacionados às despesas com compras e serviços. As atividades da SEMFAZ estão suspensas desde o dia 29 de maio, devido a possíveis problemas ocasionados no sistema eletrônico, que estaria passando por “atualização”.

De acordo com a supervisão do órgão, nos dias 30 e 31 de maio deveriam ser efetuada a operacionalização para o novo Sistema de Arrecadação, o que nunca aconteceu. Já no dia 1º de junho, os responsáveis pela execução desse serviço, afirmaram que o sistema voltaria ao normal. Até hoje, 7 de julho,  a situação permanece inalterada, o que vem prejudicando quem necessita emitir documentos eletrônicos, e deixando a mercê, até os próprios funcionários daquela Secretaria, que ficam impedidos de trabalhar por conta desse descaso.


Diante dessa problemática, os contribuintes ficam mais uma vez no prejuízo e impossibilitados de exercerem a sua cidadania por conseguirem obter os seguintes serviços: emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NFES), do Documento de Arrecadação municipal (DAM); do pagamento dos impostos e de Certidões exigidas aos participantes de processos licitatórios. A SEMFAZ informou, através de declaração, que os contribuintes poderiam recolher os impostos até o dia 22 de junho, sem multa de mora, no entanto, até hoje o sistema continua indisponível, e sem previsão de retorno à normalidade.


Para a vereadora, essa atitude é deplorável, pois prejudica centenas de pessoas, que precisam, diariamente, emitir documento fiscal: “É inadmissível que não se tenha uma política de arrecadação arrojada e a população de São Luís continue sofrendo com a ausência de serviços públicos de qualidade, e isso é apenas o inicio de um problema gigantesco, que se arrasta nessa Secretaria. Essa gestão não tem compromisso nenhum com os ludovicenses”, destacou a parlamentar.


A vereadora fez uso da palavra também, para repudiar a omissão do Governo Municipal em relação à greve dos aposentados e pensionistas, que buscam até hoje, o pagamento das diferenças salariais. O atual gestor prometeu, ainda em campanha, que honraria o compromisso com os aposentados e pensionistas, mas desde que assumiu, tão pouco ele, e o Instituto de Previdência Municipal de São Luís (IPAM), órgão responsável por arrecadar, assegurar e administrar recursos financeiros e outros ativos para o custeio dos proventos de aposentadoria das pensões e outros benefícios previstos em lei, tem buscado resolver o problema, definitivamente.


“Essa atual situação dos idosos municipais está caótica. Lamentavelmente ao longo desses três anos, não tivemos reuniões com a Gestão Municipal e nada foi feito, e estamos desiludidos, não acreditamos nessa atual administração e pra piorar a situação, mensamente, esses idosos vêem nos seus contracheques, a retirada de mais de 30% do que lhes é de direito. Nossa única solução é buscar junto à vereadora Rose Sales que interceda pela classe, para que nos ajude a buscar, o que nos é de direito”, frisou Beka Rodrigues – Presidente em exercício da Associação Representativa dos Servidores Ativos e Inativos do Serviço Público Municipal – ASISMU.

Depois de ouvir a exclamação por ajuda da classe, a vereadora Rose Sales, se comprometeu em buscar, de maneira incansável, medidas para que os aposentados e pensionistas municipais tenham seus direitos assegurados.

“Os aposentados e pensionistas da nossa capital, os idosos que a tanto contribuíram para a construção social da nossa cidade, e que nesse atual Governo, estão sendo desrespeitados, estão sendo jogados ao poço pelo atual Gestor, não estão tendo seus direitos assegurados. Dentro do orçamento municipal não possuem garantias de políticas, mas para a comunicação ele (prefeito) pode repassar 22 milhões, no projeto de lei complementar 076 sobre a licitação dos transportes, ele simplesmente revoga vários direitos dos aposentados e pensionistas, é inadmissível que ele (Edvaldo Holanda Junior) trate essa categoria como seres deploráveis, eu não vou cansar de lutar pela dignidade, pela moralidade e pelos direitos, estou juntamente com a categoria, nessa luta e não vamos cansar, até que o Prefeito dê a eles o que lhes é assegurado”, destacou a vereadora.