WB-Combate-Mosquito-960x90px

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Vereador Chaguinhas faz observações sobre a deflagração do processo eleitoral para o Senado Federal


O vereador Francisco Chaguinhas (PP), falou hoje sobre a deflagração do processo eleitoral para o Senado Federal, com o deputado federal Weverton Rocha lançando a sua campanha com o apoio do prefeito Edivaldo Holanda Júnior e da base do governador Flavio Dino.
Chaguinhas registra que existem muitas vontades e garras, mas o terreno é pequeno para grandes manobras sem que se maltrate o processo democrático. Temos hoje como pré-candidatos, além de Weverton Rocha, Hilton Gonçalo, Sarney Filho, Waldir Maranhão, José Reinaldo Tavares, Marquinhos, Humberto Coutinho e naturalmente outros políticos devem colocar os seus nomes em pauta, com o objetivo de barganha.
A princípio havia uma manifestação deliberada em alguns segmentos políticos partidários de que os atuais senadores Edison Lobão e João Alberto de Sousa não teriam condições de concorrer à reeleição, o que aumentou o número de postulantes, que se cercaram em torno do Palácio dos Leões a quem caberia formalizar nomes e garantir a eleição, impondo-se a vontade popular e a capacidade de luta e organização dos demais segmentos políticos, diz o vereador.
A realidade de hoje é totalmente diferente e pode-se observar que tanto Lobão como João Alberto não estão descartados, assim como surgem candidatos novos sem o chamado cacife politico que podem surpreender. Outro fator sério é que existem algumas candidaturas que começaram a ser alinhavadas no Palácio dos Leões já dão sinais de que são cartas fora do baralho, o que pode gerar dissidências dentro de grupos.
Francisco Chaguinhas destaca que a situação está um tanto distante dos anseios coletivos, principalmente no que se trata de politicas de saúde, educação segurança pública, água, saneamento básico, transporte, geração de emprego e renda com o empreendedorismo e a produção de alimentos, uma vez que continuamos como grandes importadores, muito embora haja destaque do agronegócio para a exportação. O prefeito de São Luís, se não fizer uma administração de impacto em São Luís, atacando os problemas graves da cidade e pelo menos cumpra a metade das suas promessas, poderá frustrar pretensões.
Ao deflagrar o processo eleitoral para 2018, a própria situação politica vai acirrar muitas discussões e os conflitos políticos partidários estão postos para depois do carnaval, afirmou o vereador Francisco Chaguinhas. Aldir Dantas

Nenhum comentário:

Postar um comentário