WB-Combate-Mosquito-960x90px

quarta-feira, 17 de junho de 2015

RODOVIÁRIOS AMEAÇAM PARAR ATIVIDADES A PARTIR DAS 18H

Com informações : jornalista FElipe Mota

Em busca de soluções para os casos de violência dentro dos coletivos de São Luís, o Sindicato dos trabalhadores em transporte rodoviários do Maranhão, já admitem parar as atividades a partir das 18h, a começar desta sexta feira dia 19 de junho, o STTREMA enviou documento à Secretaria de Segurança Pública cobrando medidas urgentes que garantam segurança para motoristas, cobradores e passageiros.
O Sindicato afirma que a operação catraca tornou-se ineficiente devido ao grande aumento de assaltos e mortes dentro dos coletivos. De acordo com o STTREMA o período das 20h até as 23h59 é o horário que acontece o maior número de assaltos, segundo o sindicato. “É a sensação de impunidade, a polícia prende, mas no dia seguinte eles já estão soltos” comentou Isaias Castelo Banco presidente do Sindicato.
MORTES DE INOCENTES
Rondinely 4    Rondinely 1
4 de maio – O estudante Rondinely Ferreira da Costa de 18 anos, foi baleado durante um assalto dentro de um ônibus no bairro da Cohab, em plena segunda feira por volta do meio dia. O jovem foi baleado na cabeça após ter o celular roubado. A informação foi confirmada pela Polícia Civil.
O crime aconteceu nas proximidades da Maternidade Marly Sarney, dentro de um coletivo que faz linha para o bairro Turu. Profissionais do hospital realizaram os primeiros socorros.
O rapaz foi encaminhado para o Hospital Municipal Clementino Moura (Socorrão 2), no bairro Cidade. Segundo a polícia, um adolescente foi apreendido suspeito de ter cometido o crime, mas foi liberado por falta de provas. Nunca foi solucionado o caso.
Alesandrina 1  ALESANDRINA
Alessandrina Alves Rodrigues foi mais uma vítima de assalto a ônibus , em São Luís. A jovem era estudante do curso técnico em Enfermagem, e voltava para casa, após sair do seu estágio no Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão I).
De acordo com informações, um adolescente de 16 anos, identificado como Carlos Luciano Araújo, entrou em um ônibus da linha Cohatrac/São Francisco e, munido com uma faca, anunciou o assalto à cobradora quando o veículo passava sobre a ponte José Sarney, no bairro São Francisco.
Ao observar a ação do assaltante, um passageiro que estava no fundo do veículo sacou uma arma e disparou duas vezes contra o rapaz que morreu no local. O menor estava trajando uma calça de uma escola pública e havia entrado pela porta da frente após pagar a passagem. Um dos tiros acabou atingindo também Alessandrina Alves Rodrigues.
A jovem foi socorrida e encaminhada ao hospital Socorrão I, mas não resistiu e veio a falecer. O autor dos disparos fugiu do local e ainda não foi identificado pela polícia.
MANIFESTAÇÃO
Manifestação-pacífica Rondinely 2
A população de São Luís saiu às ruas ontem 16, para protestar contra o aumento da violência e número de mortes na Capital, e parece que esta é apenas uma das muitas manifestações que ainda virão.  Só este ano, já foram assaltados 233 ônibus em São Luís.

Nenhum comentário:

Postar um comentário