WebBanner_IPTUsite2

quinta-feira, 18 de junho de 2015

EMPRESAS FATURAM MILHÕES NO GOVERNO EDIVALDO HOLANDA JUNIOR

O Blog Atual 7 levantou o caso e o blog do Felipe Mota  trousse mais informações relevantes sobre o caso das Empresas Clasi Segurança e Clasi Comércio que em apenas dois anos e meio, pelo menos R$ 36.777.968,71 (trinta e seis milhões, setecentos e setenta e sete mil, novecentos e sessenta e oito reais e setenta e um centavos) já foram pagos às empresas.



A CLASI COMÉRCIO E SERVIÇOS LTDA – ME é uma espécie de faz de tudo para a prefeitura de São Luís. Segundo declaração de prestação de serviços à Receita Federal são trinta e sete atividades, que vão desde estacionamento de veículos à serviços de entrega rápida.  De acordo com o Diário Oficial do Município, a empresa presta serviços de limpeza, montagem e desmontagens de mobílias para a Prefeitura de São Luís.






Já para a segunda Clasi, a que faz Segurança Privada, também no período de dois anos e meio, o total de R$ 10.776.946,74 (dez milhões, setecentos e setenta e seis mil, novecentos e quarenta e seis reais e setenta e quatro centavos) já foram pagos por Edivaldo Holanda Júnior. Segundo os extratos dos contratos, tudo por prestação de serviços de vigilância ostensiva armada.





CURIOSO: Um mesmo contrato firmado entre a CLASI SEGURANÇA / SMTT por um período de 12 meses, com vigência de 21/08/2013 a 21/08/2014. Foi aditivado por três meses de (21/06/2014 a 21/08/2014), pelo mesmo valor global de R$ 334.301,66 (Trezentos e trinta e quatro mil, trezentos e um reais e sessenta e seis centavos).




PROCESSO: Pedro Ricardo Aquino da Silva era bancário no Banco BRADESCO e moveu ação contra o mesmo, agora é empresário, sócio proprietário em uma das CLASI.

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), desde que assumiu a cadeira do Executivo municipal,  tem ajudado Pedro Ricardo Aquino da Silva, firmando contratos em pelo menos duas empresas pertencentes ao parente, em sociedade com  Paulo Cesar Baltazar Viana, dono de outra empresa. Se não for ilegal, é, no mínimo imoral.

Nenhum comentário:

Postar um comentário