sexta-feira, 21 de junho de 2024

Justiça é acionada para suspender empréstimo de R$ 30 milhões em Barreirinhas




O Ministério Público do Maranhão (MPMA) ajuizou, nesta quarta-feira, 19, uma Ação Civil Pública, com o objetivo de suspender um empréstimo de R$ 30 milhões feito pelo Município de Barreirinhas junto à Caixa Federal.  A suspensão será válida até que seja demonstrado o impacto financeiro sobre o dinheiro municipal.


O promotor de justiça Francisco de Assis Silva Filho sustenta na ação que a aprovação da Lei no 855/2023, ocorreu sem que houvesse o devido processo legal. Conforme os documentos, não foi apresentado um projeto técnico, nem foram emitidos parecer das comissões competentes ou realizado um estudo sobre o impacto financeiro da contratação.


O Município de Barreirinhas apresentou o projeto de lei nº 019/2023, com a finalidade de realizar pavimentação asfáltica e/ou bloquetes, construção e manutenção de estradas vicinais, construção e manutenção de pontes e de praças.


“Observou-se ainda que só num dia, 14 de novembro de 2023, o projeto foi votado e aprovado, com o parecer jurídico, pareceres das Comissões de Legislação, Justiça e Redação e da Comissão de Orçamento e Finanças e, por fim, aprovado o projeto de lei 019/2023 na lei nº 855/2023, com o quórum de dois terços”, relatou o promotor de justiça.


Ainda segundo promotor de justiça, na sessão da Câmara que aprovou a lei nº 855/2023, não foi realizada qualquer discussão sobre o impacto financeiro que seria suportado pelo Município de Barreirinhas nos próximos 10 anos e nem quanto à capacidade econômica para custear as despesas desse empréstimo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário