WebBanner_IPTUsite2

quinta-feira, 1 de novembro de 2018

URGENTE! Tesoureira da OAB/MA confirma inelegibilidade da Chapa 04, que busca a reeleição

Cartágenes, em ofício encaminhado ontem ao Conselho Federal da OAB…

Em documento encaminhado ao diretor-tesoureiro e presidente da Terceira Câmara do Conselho Federal da OAB, Antônio Oneildo Ferreira, a advogada Deborah Porto Cartágenes, diretora-tesoureira da atual gestão da seccional maranhense, confirmou que a Chapa 04, intitulada de “Vamos Fazer Muito Mais” e que busca renovar o mandato por mais três anos, está inelegível.
No ofício (veja Aqui), protocolado às 18h27 de ontem no sistema do Conselho Federal e ao qual o o Blog do Glaucio Ericeira teve acesso com exclusividade, Cartágenes descreve os motivos que levaram a atual gestão da Ordem no estado a descumprir o regulamento geral da entidade e não enviar, no prazo determinado, a prestação de contas do exercício financeiro referente ao ano de 2017.
A tesoureira confirma que o referido balancete, que deveria ter sido enviado à Brasília no mês de abril, só foi encaminhado ao CF ontem, dia 31 de outubro, oito dias após o prazo final para registro das chapas que irão disputar a eleição.
Ou seja, a informação da tesoureira ratifica e endossa o teor de um pedido de impugnação, proposto pelo advogado Carlos Brissac Neto, candidato à presidência da seccional maranhense representando a Chapa 02 (OAB de Verdade), que, esta semana, elencou uma série de irregularidades cometidas pela atual gestão, dentre elas o não cumprimento do prazo de envio da prestação de contas, além de ter obtido uma certidão assinada pelo próprio Antônio Oneildo confirmando não ter recebido o relatório financeiro.
Oneildon Ferreira, em certidão expedida recentemente, já havia
 confirmado o não recebimento da prestação de contas.
No documento, Deborah Cartágenes afirma que no dia18 de outubro do corrente ano, por volta das 15h00, o sistema da OAB/MA saiu do ar, sendo que a equipe de TI foi acionada para solucionar o problema.
Logo no mesmo dia, foi recebido e-mail de um a pessoa desconhecida, no idioma inglês, informando que todos os dados do sistema OAB/MA haviam sido sequestrados, com ameaça de deleta-los no prazo de 24hs, “dando-nos conta de que seria uma invasão de hacker” .
“Imediatamente, foi acionado a Polícia Federal, através do seu plantão, onde foi dado todo o suporte para as negociações e assessoramento para a abertura de investigação”, relatou a tesoureira.
“Por todas as razões acima expostas, requerem os acolhimento dos esclarecimentos acima expostos e o recebimento do reenvio da cópia do Processo n® 10.0000.2018,004544-9//D F, referente a Prestação de Contas desta Seccional, exercício financeiro de 2017″, finalizou. (Blog do Glaúcio Ericeira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário