WebBanner_IPTUsite2

quarta-feira, 5 de setembro de 2018

Em Chapadinha, Roseana critica fim de programas e aumento de impostos



Ao discursar para milhares de pessoas que a receberam em carreata e depois participaram de um grande comício em Chapadinha, a candidata governadora Roseana Sarney criticou a perseguição do atual governo aos maranhenses mais necessitados e trabalhadores. Ela classificou de crueldade o fim dos programas sociais, o confisco de motos e carros e o aumento abusivo de impostos no Maranhão.

“Quando ele persegue os políticos contrários ao seu governo, na verdade está perseguindo o povo. Fico indignada dele tirar dos maranhenses os programas sociais, abandonar os projetos que deixei. Isso é uma crueldade. Peço o seu voto porque no meu governo sempre olhei com carinho para os mais carentes. Vou trazer de volta o Viva Luz, o Viva Água e o Leite é Vida, e ampliá-los”, afirmou Roseana, sob aplausos da multidão que a ouvia.

O mesmo sentimento foi compartilhado nos discursos do candidato ao Senado, Edison Lobão; da ex-prefeita de Chapadinha e candidata a deputada estadual, Dulcilene Belezinha, e dos também candidatos Hildo Rocha, Luís Leite, Chico do Foto, Aloisio Santos e o ex-senador Chiquinho Escórcio.

Antes de se deslocarem até o palanque do comício, ex-governadora do Maranhão e comitiva participaram de uma megacarreata de cerca de 10 quilômetros, com várias caravanas vindas de toda a Região do Baixo Parnaíba. Percorreram quase uma hora de percurso pelas ruas do município de Chapadinha, e por onde passavam moradores acenavam e gritavam “volta Roseana”.

“Roseana foi quem começou a construir o Hospital Regional de Chapadinha, o Centro de Hemodiálise, a asfaltar as ruas, a construir estradas. A nossa próxima governadora sempre fez pelos municípios maranhenses, mesmo por quem lhe fez oposição. Mas esse governador não sabe governar, só sabe perseguir. Roseana aqui terá a maioria dos votos dos chapadinhenses”, afirmou a ex-prefeita Belezinha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário