WB-Combate-Mosquito-960x90px

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

"O governo Flávio Dino nem quis nos receber", lamenta Eduardo dos Santos, presidente da Tatuapé 


Com passagens pela Unidos de Vila Maria e Acadêmicos do Tucuruvi, entre outras, Wagner Santos, carnavalesco da bicampeã do Carnaval de São Paulo Acadêmicos do Tatuapé, está completando 21 anos na arte de desenvolver o enredo de enredo de escolas. Pela primeira vez, porém ele comemora um título. "Estou duplamente feliz porque sou campeão pela primeira vez e maranhense! Conheço bem o enredo. É meu Estado! Muita gente não gosta de temas chamados CEP porque talvez não emocionem, mas aqui deu certo", celebrou o carnavalesco durante a festa na quadra da escola.

Wagner ainda destacou que a escola não contou com o apoio do governo do Maranhão. "Entretanto tivemos a garra, dedicação e criatividade de todos os envolvidos. Estão todos de parabéns", completou. Este é o seu primeiro ano na agremiação da zona leste. "É difícil chegar numa escola que acaba de ser campeã. Há sempre uma cobrança, mas a comunidade me conquistou e vice-versa porque o resultado foi para lá de positivo".

O presidente da Acadêmicos do Tatuapé, Eduardo dos Santos, também reclamou da falta de apoio oficial. "O governo nem quis nos receber. Nós tentamos desde agosto e nada. Tivemos apoio sim de alguns empresa e da prefeitura de São José de Ribamar", contou (Com informações do UOL) 

Um comentário: