WB-Combate-Mosquito-960x90px

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

População de Caxias se despede de Humberto Coutinho



Comoção e tristeza tomaram conta da população de Caxias com a morte do presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, deputado Humberto Coutinho, 71 anos, ocorrida na noite desta segunda-feira (1º de janeiro), em sua residência, na cidade de Caxias. Ele estava no seu quinto mandato e fazia tratamento contra o câncer, há quatro anos. 

Logo que ficaram sabendo da morte de Humberto Coutinho, as pessoas se dirigiram até a porta da residência onde ocorreu, em um primeiro momento, o velório do presidente, com a presença dos familiares. Elas falaram da grande liderança política, do amigo generoso, da seriedade, da competência e, principalmente, da falta que o presidente Humberto Coutinho fará ao Maranhão, em especial, ao município de Caxias e demais cidades onde ele sempre manteve contato, levando ações que as beneficiava.

“Ele foi um guerreiro; foi um homem que sempre trabalhou pelo bem da nossa cidade. Sou eternamente grata por tudo que ele fez por nós. Vou sentir muita falta dele, ele era meu amigo”, disse a aposentada Maria das Neves Araújo, 68 anos.

“Eu pedi muito a Deus que trouxesse a saúde para o Dr. Humberto. Ele foi uma pessoa boa que estava sempre disposto a ajudar. Perdemos um grande guerreiro, mas tenho certeza que ele está ao lado do nosso Deus”, acentuou a enfermeira Maria Ducarmo.

Ana Lúcia, 35 anos, dona de casa, também falou da falta que o Dr. Humberto fará. “Eu ainda não consigo acreditar que o nosso maior líder e amigo morreu. Todos vão sentir muita falta dele. Fiz corrente de oração pedindo que ele se recuperasse, mas Deus o levou. Sei que está em um bom lugar. Vou me apegar a isso para superar essa grande perda”.

“É uma perda muito grande. Desde que me entendo, ouço falar em Dr. Humberto; a minha família acompanhou desde muito tempo toda a trajetória dele. Ele foi um médico, político e empresário de muita competência”, a declaração é do vigilante Oscar Correia de Sousa Filho, de Caxias.

“Perdemos a nossa grande referência, grande amigo, companheiro, sério e que se preocupava com o bem do povo de Caxias. Que Deus o coloque em um bom lugar e dê o conforto à sua família natural e família de coração, que somos nós, os filhos de Caxias”, disse a professora Maria da Conceição Araújo.

“Eu não sei nem explicar o eu estou sentindo. Eu o conheço há muitos anos, desde quando ele era jovem. Ele foi um bom homem tanto para Caxias como para outras cidades . Foi ele que trouxe uma boa educação, um bom hospital. Quando ele foi prefeito o pagamento dos funcionários era em dia. Não teve um prefeito em Caxias como ele. Eu devo a minha aposentadoria a ele. Também me deu um lugar pra colocar minha banca de café”, afirmou Maria Luíza Silva, de 84 anos.

Cleide Maria da Silva, é zeladora e disse que está muito abalada com a morte de Humberto Coutinho. “Foi ele que me deu o meu primeiro emprego, onde estou até hoje. Eu sou muito grata a ele”, disse ela.

“Ele foi um grande líder não só em Caxias, como para todo Maranhão. Sem dúvida é uma grande perda pra todos nós. Só temos a lamentar a sua morte. Foi um grande líder. Ele deixa uma grande lacuna; vai ter que nascer alguém à altura do dr. Humberto”, disse José Henrique. Aldenora Braga, funcionária pública, também disse que a morte do dr. Humberto deixa uma grande lacuna. “É uma grande perda. Ele era um homem de palavra, amigo e de respeito”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário