WB-Combate-Mosquito-960x90px

quinta-feira, 6 de julho de 2017

"A difícil defesa de Lula Filho no legislativo municipal é decorrente dos problemas que ele criou com os vereadores", diz Chaguinhas


Na sessão da última segunda-feira, o vereador Francisco Chaguinhas foi à tribuna fazer algumas importantes observações na relação entre o Executivo e o Legislativo, em que não existe entendimento harmônico. E destacou que o legislativo, embora não seja o seu papel específico, tem o dever de fiscalizar as ações do Executivo e cobrar dele esclarecimentos necessários. A Câmara Municipal não pode se tornar uma instituição para acatar pacotes e mais pacotes do Executivo, sem debates  e consultas populares.

A educação totalmente desmantelada, a saúde na UTI, e todos os demais segmentos da administração pública fragilizados, e quase todos sem fazer nada decorrente da penúria em que está atolada a prefeitura de São Luís. Aqui temos a base aliada do prefeito, que não esclarece nada da situação real. Deveria ser uma das suas preocupações. O vereador reportou-se à questão das emendas parlamentares, que tornou um vício e desrespeito do prefeito em contemplar apenas a sua base aliada, e negar o direito de igualdade à oposição ou aos críticos. Disse que isso vai mudar, uma vez que o princípio da igualdade poderá ser questionado na justiça.

Sobre o asfaltamento da cidade no período eleitoral, que não resistiu às primeiras chuvas do inverno com prejuízos milionários aos cofres públicos, disse que precisa ser debatido na Câmara Municipal e investigado pelo Ministério Público. É o dinheiro do contribuinte canalizado para benefícios de muita gente. Daí que o Legislativo tem o dever de defender os direitos do povo e  lutar pela verdade, se posicionando sobre a aplicação.

Falando sobre as denúncias contra o Secretário de Governo do Município, o vereador Chaguinhas disse que há necessidade de investigações, principalmente que o silêncio do governo é bastante comprometedor. O secretário se julga poderoso, que atropelou e continua atropelando vereadores, quando tentam falar com o prefeito sobre questões de interesses coletivos, o que já deu origem a muitos problemas, e não está mais acentuado devido à interferência do secretário Jota Pinto. Mas diante do que ele semeou, vai ser bastante difícil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário