WebBanner_IPTUsite2

terça-feira, 30 de maio de 2017

Para ou continua? Médicos vão realizar protestos nos Socorrões


                                                     NOTA OFICIAL DA A.M.E.S.S


A A.M.E.S.S ( Associação dos Médicos dos Socorrões I e II), no uso de suas atribuições vem à público informar que irá ser realizada uma MANIFESTAÇÃO EM DEFESA DA SAÚDE PÚBLICA MUNICIPAL, no dia 01/06 às 07:30h no pátio do Hospital Municipal Djalma Marques ( socorrão I), de caráter pacífico, sem prejuízo para o atendimento, ou seja, o hospital funcionará normalmente.
                
Discutiremos assim as seguintes pautas:

1) Melhoria na aquisição de insumos básicos como medicamentos e outros materiais indispensáveis para garantir o atendimento aos pacientes de forma mais digna;

2) Melhoria nas estruturas físicas dos Hospitais de urgência e emergência, com aumento no número de leitos de internação e UTI;

3) Realização de um concurso público contemplado toda a área da saúde, para acabar progressivamente com os “contratos temporários”;

4) Incorporação de todas gratificações no salário de todos os efetivos;

5) Construção de um novo Hospital municipal de urgência e emergência;

6) Inauguração do Hospital da criança;


7) Reativação do serviço de Neurocirurgia no Hospital Clementino Moura ( socorrão II), que está desativado há cerca de um ano.

8) Que o Governo do estado do Maranhão faça a sua parte em inaugurar e manter os hospitais do interior para diminuir a quantidade de ambulâncias advindas de diversas localidades, além da manutenção e estruturação do serviço de Neurocirugia nos municípios de Pinheiro e Santa Inês. 

9) Garantir um fórum de discursão na assembleia legislativa e câmara municipal, sobre os problemas da saúde do estado e município de São Luís.

Desta forma a A.M.E.S.S. acredita que está chamando a atenção mais uma vez da sociedade maranhense sobre a problemática da saúde tanto municipal quanto estadual, e que assim se divida a responsabilidade à cerca desse delicado tema que à todos nós é de vital importância.


São Luís, 29 de maio de 2017

Atenciosamente,
Érico Cantanhede
Presidente da A.M.E.S.S.

Nenhum comentário:

Postar um comentário