Banner B

sexta-feira, 26 de maio de 2017

"Melhor a dignidade do que a vergonha", diz Rose Sales

                                                    NOTA DE ESCLARECIMENTO

Por Rose Sales- É com muita serenidade e com o coração cheio de paz, que, em respeito ao povo maranhense, venho esclarecer o seguinte: - Em 8 (oito) anos de exercício eletivo como vereadora de São Luís, vivi e comprovei, que política se faz com seriedade, dignidade, transparência e autonomia política em defesa do interesse do povo;

- Durante todo esse tempo, graças a Deus, por me fazer respeitar, nunca recebi sequer uma proposta dessa natureza e indecente; mantendo a minha honradez, zelando pela memória do meu pai, Hugo Reis, da minha família, de minha equipe, e, em especial, honrando a credibilidade popular;

- Nunca me coloquei para ser financiada em campanha ou fora dela, por empresários. As minhas campanhas foram custeadas quase que totalmente por mim, através de empréstimos bancários, legais, direto em minha conta, e inclusive, ainda tenho, até hoje, inúmeras parcelas a pagar, e dentre os empréstimos que fiz, coloquei o meu único imóvel, onde resido, no Cruzeiro do Anil como garantia; a outra parte de custeio de minhas campanhas foram doações de amigos, pessoas do povo, devidamente declaradas em minhas prestações de contas;

- Todo esse sacrifício foi justamente para manter a minha conduta, ilibada, e acima de tudo, a minha autonomia, para, com coragem, lutar pelas diversas categorias, comunidades, segmentos e movimentos sociais, enfrentando os governantes, os poderosos, e quem quer que sejam;

- Até então, no meu conhecimento, no que se refere à campanha de 2014 para Deputada Federal, à época filiada no PCdoB, tive doação financeira vinda diretamente do partido político, em razão de ser uma candidatura com uma envergadura diferenciada;

- Lembro-me das palavras do então presidente nacional do PCdoB, Renato Rabelo de que todas as doações de campanha seriam legais, sem fugir da corretude histórica do Partido;

- Conforme a minha prestação de contas, aprovada pelo TRE/MA, em anexo, à disposição da sua consulta, recebi doação de Recursos do PCdoB/MA, da conta do Diretório Regional do Maranhão direto para minha conta eleitoral (cheque, anexo);

- Mediante todo esse lamaçal repugnante sobre o qual o país foi assolado por políticos corruptos, traidores da nação, tenho como brasileira, cidadã e agente político, mantido a minha seriedade e defendido Eleições Diretas, Já!

- Surpreendida e indignada, preservando a minha imagem, pedi ontem, 22/5/2017, esclarecimentos por parte da direção estadual do PCdoB, obtendo como resposta:

"Foram doações legais ao partido conforme as regras da época";

- Em conformidade com as declarações do PCdoB, as doações do Diretório Nacional enviadas ao PCdoB do Maranhão foram declaradas junto à justiça eleitoral, sua origem e valor;

- Exijo que respeitem o meu nome, o meu trabalho, a minha história diferenciada na política maranhense/brasileira, e que não façam do nome dos outros um nada, pois, como diz o velho ditado: pimenta no olho dos outros é refresco;

- As JBS's, as ODEBRECHT's ..., as organizações políticas consideradas criminosas desse país, não podem ficar impunes, e jamais seria eu, Rose Sales, partícipe de qualquer ato de corrupção ou de desvio de conduta;

- Prefiro continuar pagando o alto preço da perseguição e do boicote político;

- Continuo morando no mesmo local, com padrão de vida aquém do que eu tinha, mantendo as mesmas amizades, sendo todos os dias abraçada, querida pelo povo que Deus me delegou para cuidar, superando e vencendo as dificuldades Nele, ao invés de cair na vergonha e no descrédito de minha família, do povo e muito menos, desonrar a Deus!

Atenciosamente, 

Rose Sales

Sempre lutando pelo povo e pelo trabalhador!










Nenhum comentário:

Postar um comentário