WB-Combate-Mosquito-960x90px

terça-feira, 2 de maio de 2017

CPI da Câmara pode investigar ataques a índios no Maranhão


A deputada federal Eliziane Gama (PPS-MA), que integra a CPI da Funai e do Incra, informou na manhã desta terça-feira (2) que entrará com requerimento em que solicita ao colegiado a apuração das responsabilidades no ataque ocorrido no fim de semana, num povoado ao norte do Maranhão, que deixou 13 índios feridos, dois deles em estado grave.

A ação ocorreu no domingo (30), por volta das 17h, quando os índios deixavam uma área de 13 hectares retomada por eles no último dia 28. Um dos indígenas teria tido as mãos decepadas durante o confronto. Houve também índios atingidos por tiros.

Eliziane Gama pedirá à Comissão Parlamentar de Inquérito, que funciona na Câmara desde outubro de 2016, que convoque supostos responsáveis pela ação. Eliziane Gama também quer ouvir o Conselho Missionário Indigenista (CIMI), membros da Comissão Pastoral da Terra, além de indígenas que presenciaram o ataque.

“Estamos diante de mais massacre contra povos indígenas, o que exige pronta resposta do Estado. E mais uma vez, o centro da questão nos parece ser o conflito agrário. Lamentamos o ocorrido e estamos pedindo que a Câmara dos Deputados, por meio da CPI da Funai, tome as medidas necessárias para apurar este ataque brutal”, disse a deputada do PPS.

A deputada maranhense participa nesta manhã de audiência pública na seccional da OAB no Maranhão, onde a ação contra os indígenas está sendo discutida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário