WB-Combate-Mosquito-960x90px

terça-feira, 4 de abril de 2017

Projeto de Aldir Júnior visa criar Parlamento Jovem na Câmara de São Luís


O vereador Aldir Júnior (PR) afirmou em entrevista à equipe do ‘Câmara News’, informativo que vai ao ar todas as sextas-feiras pela Rádio Difusora AM, que estará apresentando à Diretora da Casa, na próxima semana, um Projeto de Lei que visa à participação da juventude na política, através da Câmara Municipal de São Luís, nos moldes do Parlamento Jovem, desenvolvido há mais de 15 anos pelo Congresso Nacional.

O parlamentar explica que é necessário incentivar a participação deste segmento na vida da comunidade, pois, segundo ele, não é incomum ouvir que os jovens estão cada vez mais distantes da política.

— Sabemos que o interesse pela política pode ser aumentado, é uma questão de oportunidade e de se abrir espaço, existem muitas ideias que podem ser convertidos em projetos e que vão ajudar a transformar a nossa comunidade — declarou.

De acordo com a proposta sugerida por Aldir Júnior, o Parlamento Jovem Municipal funcionaria da seguinte forma: Durante uma sessão especial da Câmara que aconteceria uma vez a cada ano, 31 estudantes de escolas públicas e particulares selecionados seriam levados a Casa para conhecer o funcionamento do Parlamento.

Nestes dias, os vereadores cederiam os seus lugares para jovens estudantes da capital que iriam atuar como se fossem parlamentares. Eles apresentariam seus projetos de leis, debatendo o documento entre eles em plenário e, por fim, o texto seguiria para aprovação – de verdade.

Além disso, as propostas sugeridas pelos estudantes devem estar relacionadas a vários temas entre eles: agricultura e meio ambiente; saúde e segurança pública; economia, emprego, educação, cultura, esporte, turismo, dentre outros.

Aldir Júnior garante que sua proposta seria um verdadeiro exercício de cidadania. Ele conta que o jovem vereador levaria para Câmara a exata noção de democracia, algo totalmente diferente da imagem ruim que costumam ter.

— Minha proposta visa estimular o verdadeiro exercício de cidadania e pretender acabar com a ideia de que o jovem não gosta de política o que é um grande erro — avaliou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário