WebBanner_IPTUsite2

sábado, 15 de abril de 2017

Após virar prefeito de Paço do Lumiar, "Futi" troca "emancipação" por "unificação" do Maiobão


Um dos maiores "defensores" da proposta de transformar o conjunto Maiobão em município, o prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra (PCdoB), voltou atrás e resolveu trocar a palavra ‘emancipação’ por ‘unificação’ que, segundo ele, a tese seria a mesma já que também visa o fortalecimento e crescimento de algumas comunidades do município. A declaração ocorreu na tarde da última quarta-feira (12), na Câmara de São Luís, quando o chefe do executivo luminense participava da cerimônia de entrega do título de cidadão ludovicense, ao engenheiro e empresário Celso Gonçalo.

Logo após a solenidade, Dutra concedeu entrevista à imprensa para comentar a homenagem do vereador Gutemberg Araújo (PSDB) ao empresário que é diretor da Alvorada Motos. Ao ser questionando se ainda defendia a emancipação do Maiobão, Dutra disse que saída para o fortalecimento e crescimento do conjunto não seria bem a ‘emancipação’, mas a ‘unificação’ de alguns órgãos da administração municipal numa sede administrativa que poderia ser construída naquela comunidade.

— O Maiobão é maior núcleo habitacional de Paço do Lumiar. São 4.700 residências e 24 mil pessoas. Nesses 35 anos, o índice populacional entorna do bairro cresceu muito tanto de conjuntos quanto de ocupações já antigas. Eu sempre defendi transferir a sede administrativa da Vila para o Maiobão, mas em função do crescimento do município par a Vila, eu mudei de ideia. Vamos manter a sede do município onde está, pois é histórica e tem que ser preservada. No entanto, vamos pretendemos unificar todos os órgãos administrativos no conjunto Maiobão que é onde estão os bancos, as promotorias, a justiça e o centro comercial — declarou.

O "Futi" era um dos defensores para transformar o Maiobão em cidade, mudou de discurso quando se tornou prefeito. É, Domingos Dutra… Quem Te Viu, Quem Te Vê…

Nenhum comentário:

Postar um comentário