WB-Combate-Mosquito-960x90px

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Zé Martins e Sismubeq pensam educação em Bequimão como futuro



Convidado pelo Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Bequimão (Sismubeq), o prefeito Zé Martins (PMDB) fez uma prestação de contas do trabalho realizado em seu primeiro mandato, destacando as ações que melhoraram a saúde, educação, infraestrutura, assistência social e revitalização do esporte e cultura do município. Na reunião que aconteceu na última quinta-feira (29), o prefeito, que é candidato à reeleição pela coligação “Pra fazer muito mais”, também apresentou suas novas propostas para os próximos quatro anos.
Na Carta Aberta aos Servidores e Servidoras, lida no início da reunião, Zé Martins enumerou os benefícios conquistados pelo funcionalismo público em sua administração, como o pagamento de adicional noturno na totalidade de 20%; adicional por insalubridade aos servidores da Saúde, ETA e aos agentes de limpeza; quinquênio aos servidores efetivos sócios do Sismubeq; abono aos professores, sem o desconto Previdenciário; garantia de 1/3 da jornada de trabalho aos professores; garantia de mais de 100 promoções aos professores graduados e especialistas; acordo judicial de desconto mensal de 2% do Fundo de Participação do Município para pagamento de ações judiciais; e licenças para tratamento de saúde e licença prêmio travadas pela gestão anterior.
O prefeito destacou suas propostas para avançar na valorização dos servidores públicos. Ele pretende investir em mais cursos de capacitação continuada; implantar o programa que garanta um notebook com acesso à internet a cada professor da rede municipal; a Reformulação do Plano de Cargos e Salários e do Estatuto do Servidor. A equipe do Sismubeq também apresentou uma plataforma, com reivindicações para a nova gestão. O prefeito Zé Martins assinou o termo de compromisso, assim como fez na campanha passada.
“Assim que eu cheguei aqui, eu falei logo com a professora Vande Lourdes [presidente do Sismubeq], porque eu sabia que eu tinha assinado um documento em 2013. Eu falei: professora, nós avançamos? Ela disse assim: avançamos. Então, eu não tenho medo de assinar essa, porque eu sei que nós vamos avançar também”, enfatizou o prefeito.
Entre as reivindicações do sindicato está a continuidade da polarização da educação, realizada pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), em trabalho conjunto com o Sismubeq, pais de aluno e profissionais da educação. Quando o candidato César Cantanhede (PSDB) participou de um evento semelhante, no dia 20 de setembro, ele titubeou em assinar o termo de referência, insistindo na ideia de retomar as escolas com turmas multisseriadas.
“Uma das propostas de adversários nossos me chamou atenção desde que eu li. Eu entendo que, quando nós acabamos com as turmas multisseriadas, foi uma das questões que fez com que o IDEB aumentasse. Eu estou sendo criticado por isso. Eles criticam e querem retornar é porque não têm compromisso com a qualidade da educação de Bequimão, porque se eles tivessem não me criticavam. Eles sabem que é errado”, dispara Zé Martins, ao finalizar sua participação na reunião.

Nenhum comentário:

Postar um comentário