WB-Combate-Mosquito-960x90px

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Eliziane diz que cancelamento de debate na difusora é manobra para proteger prefeito



A candidata à prefeitura pela coligação São Luís de Verdade, Eliziane Gama, lamentou o cancelamento do debate entre os candidatos que disputam o Palácio La Ravardiére,  que seria realizado na noite desta terça-feira (27) na TV Difusora. Para Eliziane, a suspensão do debate foi feita para proteger o atual prefeito da capital maranhense.

Eliziane diz que o cancelamento prejudica a população que teria ali naquele espaço a oportunidade de conhecer todos os que disputam a eleição para a prefeitura de São Luís.

Advogados da coligação São Luís de Verdade entraram no Judiciário maranhense com ação para tentar reverter o cancelamento do debate.

“Retiraram o seu direito de conhecer quem são os candidatos que se se propõem a governar a nossa cidade. Este cancelamento está muito estranho. O atual gestor disse que iria para este debate. Ele não foi a nenhum outro. Hoje a TV Difusora está sob o comando do presidente do PDT, partido que é do prefeito. Para mim, está muito claro: foi uma manobra política para proteger o atual gestor de São Luís”, destacou.

Para a candidata do PPS, haverá outros espaços para discutir e apresentar propostas para a cidade. E que a batalha no campo das ideias e da verdade continua.

“É lamentável o cancelamento deste debate na difusora, mas não é desanimador. Teremos o debate na Mirante onde o eleitor terá a oportunidade de conhecer ainda mais a verdade sobre os candidatos em São Luís”, disse.

O debate na Mirante será realizado na próxima quinta-feira (29), às 22 horas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário