Banner B

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

"O prefeito Edivaldo Júnior implantou o estado islâmico na educação municipal”, dispara Chaguinhas



O vereador Francisco Chaguinhas (PP), utilizou a tribuna da Câmara de São Luís, na manhã da última segunda-feira (1º/8), para comentar sobre os sérios problemas em que se encontra a educação na rede municipal da capital maranhense.

De acordo com o pronunciamento do parlamentar progressista, é lamentável ver o descaso e o abandono por parte do poder público, neste setor, que segundo ele, é um dos mais importantes da administração pública.

— Essa gestão teve de tudo, menos grandeza — declarou.

Chaguinhas falou por de quinze minutos, criticando o descaso com a falta de estrutura e segurança nas escolas. Para o progressista, o que vem acontecendo nessa administração é um atentado à democracia. Ele afirmou ainda que educar não é recrutar, pois o prefeito está só recrutando a verba federal e esquecendo-se de investir com seriedade na pedra fundamental, que é a educação.

— A educação, que é de extrema importância para o nosso povo, porém, hoje, estamos vendo um descaso total. Várias escolas sem estruturas, sem segurança e sem materiais suficientes para os alunos. Isso é um atentado à democracia. Educar não é recrutar. O prefeito está só recrutando a verba federal e esquecendo-se de investir com seriedade na pedra fundamental, que é a educação. Isso nos mostra que essa gestão teve de tudo, menos grandeza — disse.

Chaguinhas encerrou seu discurso comparando a rede municipal de ensino ao grupo terrorista Estado Islâmico.

— O prefeito Edivaldo Júnior implantou o estado islâmico na educação municipal. Isso é lamentável, pois, pela falta de responsabilidade dessa gestão, quem perde são os alunos. Quem perde são os que mais precisam — finaliza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário