WebBanner_IPTUsite2

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Nomeação de comandante causa revolta na Guarda Municipal de São José de Ribamar

Nomeação de Gil Cutrim na Guarda Municipal causa revolta

A nomeação de Mario Sérgio Corrêa pelo prefeito de São José de Ribamar, Gil Cutrim, para comandar a guarda Municipal causou indignação e revolta na corporação.

A categoria ameaça protestar na segunda-feira (20) em frente à prefeitura contra a nomeação do novo comandante, que segundo eles, está usando o cargo para perseguir membros da corporação.

Segundo o presidente da Associação dos Guardas Municipais, Raimundo Pires, vários guardas já procuraram a entidade para denunciar a forma como estão sendo tratados pelo comandante Mario Sérgio Corrêa.

Ainda segundo o presidente, quem não “reza em sua cartilha” está sendo transferido de posto sem previa comunicação. Conforme relato de um guarda que preferiu o anonimato, a fim de evitar represálias por parte do novo comandante.


Antes de assumir o comando da guarda, Mario Sérgio presidia o sindicato da categoria e foi alvo de muitas reclamações de guardas municipais pela forma como conduzia a instituição.

No ano passado um grupo distribuiu cartas contendo denúncias contra Mario Sérgio Corrêa, que estaria usando o sindicato para perseguir o guarda municipal e então tesoureiro, Roberval Costa.

Segundo os guardas que assinaram a carta, Mario Sérgio afastou arbitrariamente Roberval Costa da tesouraria por ele ter se negado a assinar cheques para pagar a impressão de um jornal sem orçamento previamente aprovado.

Roberval foi afastado de suas funções por um ano e dois meses, só retornando graças a uma liminar obtida na 2º Vara do Trabalho. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário