WebBanner_IPTUsite2

segunda-feira, 20 de junho de 2016

Deputada comunista Jandira Feghali é citada por Sérgio Machado em delação premiada


O ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado disse na delação premiada que captou recursos com empreiteira para a campanha eleitoral da deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ), segundo o colunista do jornal "O Globo" Lauro Jardim.

De acordo com a coluna, Machado, delator na Operação Lava Jato, disse que Jandira pediu ajuda diretamente a ele. O ex-presidente da Transpetro conta então que conseguiu recursos com a empreiteira Queiroz Galvão, que tinha negócios com a Transpetro, para a campanha de Jandira.

Machado contou ainda que conseguia o dinheiro como contribuição oficial para as campanhas.

A deputada afirmou ao jornal que na década de 80 atuou como sindicalista em estaleiros e que, por isso, é "natural" que "ao procurar recursos" para as campanhas, ela "buscasse os parceiros desta luta".

Para a TV Globo, a deputada reforçou que nenhum recurso da Queiroz Galvão foi para campanha dela a partir de contato com Sérgio Machado e reafirmou que todas as doações feitas para a campanha são legais, públicas e aprovadas pelos tribunais. 

A Queiroz Galvão informou que realizou, em 2014, doações legais e registradas oficialmente, à campanha eleitoral da deputada Jandira Feghali.

Nenhum comentário:

Postar um comentário