WebBanner_IPTUsite2

segunda-feira, 4 de abril de 2016

Deputado Wellington promoverá audiência para discutir avanços e retrocessos na saúde pública do Maranhão


Atendendo ao clamor social e diante de tanta reclamação e denúncias, o deputado estadual Wellington do Curso (PP) convidou a população para participar de audiência pública que discutirá sobre os avanços e retrocessos na saúde pública do Maranhão. A iniciativa é resultado de proposta feita pelo Fórum Maranhense das Respostas Comunitárias de Luta contra a AIDS e tem por objetivo promover um debate em que a saúde seja abordada como um direito humano e, portanto, essencial a uma vida digna.

Para o deputado Wellington, que é reconhecido por defender os direitos e garantias constitucionais, a audiência é o momento em que se poderá debater sobre a real situação da saúde pública no Maranhão e, assim, apresentar propostas que solucionem os problemas que ainda existem.

“A audiência pública que discutirá sobre os avanços e retrocessos na saúde pública do Maranhão tem por principal objetivo ouvir a população, identificando assim as principais reivindicações do cidadão que utiliza o Sistema Único de Saúde. É uma iniciativa não apenas nossa, mas de vários Fóruns e, em especial, do Fórum Maranhense das Respostas Comunitárias de Luta contra a AIDS. Bem sabemos que inúmeros são os desafios enfrentados e é por isso que temos a necessidade de ouvir a população, a fim de que possamos, então, articular propostas que garantam o cumprimento do direito à saúde. Em nosso estado, não é raro encontrar hospitais superlotados, filas enormes à espera de consulta e pessoas madrugando, para conseguirem uma senha de marcação de consulta. São problemas notórios e que causam imensos transtornos. Apesar de tal cenário, estamos diante de um direito constitucionalmente assegurado, o que revela a importância de se tratar a saúde como um direito humano e fundamental.”, declarou.


A Audiência acontecerá na próxima quinta-feira (07), às 14 horas, no auditório Plenarinho da Assembleia Legislativa e contará com a representatividade do Ministério Público; Defensoria Pública; Ministério da Saúde; Secretaria de Estado da Saúde; Secretaria Municipal de Saúde; do Fórum Maranhense das Respostas Comunitárias de Luta contra a AIDS; do Fórum de Patologias; dentre outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário