WebBanner_IPTUsite2

domingo, 3 de abril de 2016

BOMBA ! Vereador Francisco Chaguinhas (PP) faz denúncia grave sobre placas de táxi

Por João Filho


O vereador de São Luís, Francisco Chaguinhas (PP), subiu na  tribuna do plenário da Câmara Municipal de São Luís na última quarta feira (30) para fazer uma denúncia bombástica que merece atenção da Polícia Federal e Ministério Público do Maranhão sobre possível distribuição de placas de táxi por apoios políticos. Considerado um vereador de combate, Chaguinhas abriu o verbo e deu nome aos envolvidos.

Durante a sessão, o parlamentar ocupou a tribuna por quase dez minutos e deixou muita gente de orelha quente, inclusive os envolvidos na denúncia. Com o vocabulário popular, Chaguinhas falou ao vivo na Rádio Difusora AM 680 KHZ, mas praticamente a imprensa local entrou em jejum de silêncio. O motivo até agora ninguém sabe!

De acordo com o vereador, as mais de 500 placas de táxi aprovadas na câmara municipal de São Luís, estão virando moeda de troca por apoios políticos e ninguém até agora conseguiu descobrir quem são os verdadeiros envolvidos. “Ninguém sabe se é o prefeito Edivaldo Holanda Júnior ou Canindé Barros que está distribuindo as placas, que deveriam ser destinadas às pessoas que precisam trabalhar. Não são todos, mas alguns vereadores estão distribuindo essas placas. Os envolvidos podem ser chamados e responder na justiça por isso. Isso é um crime” – disparou o vereador progressista.

Ainda sobre as placas de táxi, o vereador Francisco Chaguinhas relembrou o caso de um senhor de 74 anos, identificado por Amadeu Pinheiro da Silva, morador da Avenida 03, Quadra 194, Casa 15, Jardim São Cristóvão, que foi humilhado por um auxiliar do secretário Canindé Barros ao tentar conseguir uma placa de táxi para trabalhar, já que sua profissão é taxista e encontra-se sindicalizado.

Após humilhação por parte da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT), Amadeu entrou em depressão e deixou sua família preocupada com a situação. Com esse episódio, o vereador Chaguinhas convidou os parlamentares a fazerem uma visita à casa se Amadeu Pinheiro e conhecer de perto a situação.


Para finalizar a denúncia, Chaguinhas falou da falta de respeito que o funcionário da SMTT e braço forte de Canindé teve com um senhor de 74 anos, só porque o rapaz é negro. “Essa é uma gestão penerária; que humilha, segrega direito, maltrata pessoas e acima de tudo abandona o cidadão. Para onde foram essas placas? Quem são esses vereadores que estão distribuindo essas placas? Eu não sou. Agora o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) e Canindé Barros sabem para onde estão indo essas placas”- afirmou Chaguinhas. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário