WebBanner_IPTUsite2

terça-feira, 15 de março de 2016

Secretária Tatiana Pereira conversa com moradores de Luis Domingues e Cândido Mendes sobre melhorias do ‘Mais Asfalto’


O asfalto está mudando a vida e o dia a dia da população dos municípios de Luis Domingues e Cândido Mendes, na região oeste do estado. As duas cidades receberam obras de pavimentação do programa ‘Mais Asfalto’, totalizando mais de seis quilômetros de asfalto. As ruas e avenidas contempladas pelo programa receberam serviços de terraplanagem, pavimentação, sarjeta e meio-fio.

O ‘Mais Asfalto’ é um programa de pavimentação de vias urbanas desenvolvido pela gestão do governador Flávio Dino, desde o primeiro mês de governo. Os serviços de pavimentação urbana são realizados pela Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra) em ruas e avenidas, com prioridade para as áreas de maior fluxo ou que interligam comunidades à região central das cidades.

Para além da recuperação das vias, os benefícios do ‘Mais Asfalto’ também se refletem na melhoria da qualidade de vida da população dos municípios que receberam os serviços do programa, como é o caso dos moradores de Luís Domingues e Cândido Mendes. As obras nos municípios estão na fase de conclusão, mas já proporcionaram mudanças no visual das vias e, principalmente, na vida dos habitantes.

No último sábado (12), a secretária de Estado da Juventude (Seejuv), Tatiana Pereira, esteve nas duas cidades, fazendo a vistoria dos serviços de pavimentação e conversando com os moradores sobre os benefícios da ação. A comitiva, que contou com a participação do superintendente de Articulação Política da regional de Carutapera, Erico Carvalho, e de lideranças dos dois municípios, além de moradores, percorreu várias ruas em cada uma das cidades.

Em Luis Domingues, que recebeu quase três quilômetros de asfalto, os moradores comemoraram as melhorias em ruas que desde a emancipação da cidade, há quase 60 anos, nunca havia recebido pavimentação. “Moro aqui há 40 anos e nesse tempo todo ninguém ligava para essas ruas. E agora está sendo colocado asfalto porque o Governo do Estado está aqui. Estou muito feliz de ver isso virando realidade”, comemorou o morador Miguel Estêvão, de 79 anos.

A secretária Tatiana Pereira ressaltou o resgate da cidadania que o programa ‘Mais Asfalto’ oportuniza para a população maranhense e o compromisso do Governo do Estado com a melhoria de qualidade de vida de todos os maranhenses, de forma especial àqueles que por anos foram esquecidos pelo poder público.

“O governador Flávio Dino tem como objetivo principal criar oportunidades para a melhoria da vida das pessoas em todos os âmbitos e o ‘Mais Asfalto’ vem reforçar isso. A recuperação de ruas e avenidas ou a chegada dos serviços em locais onde nunca houve, não se resume apenas no ‘Mais Asfalto’, representa mais saúde, mais acesso a educação, ao trabalho, melhor mobilidade e, principalmente, mais dignidade e valorização para a população”, disse a secretária.

Em Cândido Mendes, Raimundo Carlos, 68 anos, disse que o principal benefício do asfaltamento das ruas no município é a saúde da população. “Essas ruas aqui só viviam alagadas e cheias de lamas no inverno e no verão era a poeira. Nós moradores padecíamos, principalmente as crianças e os mais velhos, que viviam gripados por causa da poeira. No inverno, a rua ficava cheia de poças de água, correndo o perigo de ter mosquito da dengue”, contou.

Nas regiões norte e oeste do Maranhão, 12 municípios estão com obras de asfaltamento finalizadas ou em fase de conclusão, serão beneficiados 274.305 mil habitantes com 76 quilômetros de asfalto. O investimento total nessas duas regiões é de mais de R$ 9 milhões.

No oeste do Estado, os municípios de Boa Vista do Gurupi, Bom Jardim, Cândido Mendes, Centro Novo do Maranhão, Luís Domingues, Cururupu, Pedro Rosário, Peri Mirim, Presidente Sarney, Turiaçu e Monção, com 252.646 mil moradores no total, receberão 35 quilômetros de novas ruas. No norte do estado, o município de Alcântara, com 21.659 mil moradores receberá quatro quilômetros de pavimentação nas ruas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário