WebBanner_IPTUsite2

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Comunista Júlio Pinheiro muda discurso sobre reajuste de professores


Blog do Gilberto Leda



Júlio Pinheiro, em 7 de fevereiro de 2014 – governo Roseana Sarney
“Queremos que o Governo do Estado faça a recomposição salarial dos trabalhadores já no contracheque de fevereiro, incluindo o retroativo a janeiro” 
Júlio Pinheiro, em 18 de fevereiro de 2016 – governo Flávio Dino
“O pagamento das progressões será definido daqui a um mês e o reajuste, que não será pago de imediato, porque o Estado alega dificuldades, temos o compromisso do governo de buscar meios para atender esse item, assim como temos a manutenção do diálogo aberto para que o governo diga, no decorrer das negociações, como atender todos os pontos da pauta”
As duas declarações acima são da mesma pessoa: Júlio Pinheiro, presidente do Sinproesemma.
Como já se mostrou aqui, ele é do PCdoB e pré-candidato a vereador pelo mesmo partido do governador Flávio Dino.
Em 2014, era um intransigente defensor dos professores maranhenses, exigindo do Governo do Estado – então sob o comando de Roseana Sarney (PMDB) – o pagamento, logo no contra-cheque de fevereiro, do piso nacional – reajustado naquele ano em 8,32% -, junto o valor retroativo a janeiro.
Em 2016, agora no governo Flávio Dino, no fim do mesmo mês de fevereiro, Júlio Pinheiro decide esperar mais trinta dias para que o Executivo, então, diga como pode pagar os 11,36% – provavelmente de forma escalonada.
Veja bem: o Sinproesemma, agora, não exige nada. Espera que o governo diga como pode ser feito.
E mesmo assim, Júlio Pinheiro considera as negociações um avanço.
Como as coisas mudam…



Um comentário:

  1. Eu sempre afirmei não confie em esquerda ou em direita, para você não ter a maior decepção de sua história. Não é esquerda ou direita que faz o acontecer de verdade e sim o cidadão ou a cidadã de caráter, honesta e responsável com suas obrigações e respeito com a sociedade. Tanto faz ela ou ele ser direita ou de esquerda.


    ResponderExcluir