WebBanner_IPTUsite2

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Bilhete Único: Vereadora Rose Sales propõe aumento de tempo de 90 para 150 minutos

Vereadora Rose Sales(PV)
 
A Câmara Municipal de São Luís deve encaminhar para a apreciação da Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), requerimento nº 739/2015 de autoria da vereadora Rose Sales (PV), propondo várias alterações no Bilhete Único, que começou a funcionar no dia 14 de dezembro, na capital maranhense. Na proposta aprovada em plenário, na sessão da última terça-feira (15), a parlamentar verde pede a ampliação do tempo, a implantação do Bilhete Único Metropolitano, benefícios desempregados.
 
Rose Sales conta que fez um estudo sobre os sistemas de Bilhete Único em outras capitais do Brasil e chegou à conclusão de que o sistema implantado em São Luís não garante reais benefícios aos usuários. A partir disso, ela elaborou o requerimento, que foi aprovado na Câmara. O documento solicita a realização de um estudo de viabilidade técnica, econômica e social para as alterações no sistema.
 
Uma das alterações propostas é a ampliação do tempo disponível para trocar de ônibus. Hoje, o usuário pode fazer isso durante até 90 minutos, desde que não mude o sentido do ônibus. Para Rose Sales, o tempo disponível deve ser alterado para 2 horas e 30 minutos, ou seja, 150 minutos. Além disso, ela defende a redefinição do itinerário para dois sentidos, visto que hoje o usuário não pode mudar o sentido no outro coletivo para ter direito ao benefício do Bilhete Único.
 
“O tempo de uma hora e meia e a escolha de apenas um sentido para a população se deslocar em quantos ônibus precisar para resolver seus afazeres não garante benefício. Temos um trânsito altamente engarrafado, que não dá as condições de rapidez no deslocamento”, destacou a líder do PV na Casa.
Outra alteração proposta pela vereadora é a implantação do Bilhete Único Metropolitano. Hoje, o sistema funciona apenas para linhas urbanas de São Luís integradas, o que deixa boa parte dos usuá rios de fora. “Nós estamos dentro de uma ilha, na qual as pessoas têm deslocamento permanente entre os municípios. É importante ter esse benefício para todos, sem exceção”, disse a vereadora.
 
Recarga pela internet
 
Além dessas propostas, o requerimento prevê também a criação e implantação de Bilhete Único para os usuários do transporte público que estão desempregados durante o prazo de 90 dias; adoção de mecanismos que permitam saber o saldo do Bilhete Único pela internet e a criação de mecanismos que garantam o sigilo das informações pessoais dos usuários. Além da Prefeitura, o requerimento também será encaminhado ao Governo do Estado, por meio da Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana (MOB).

Nenhum comentário:

Postar um comentário