WebBanner_IPTUsite2

domingo, 29 de novembro de 2015

ROSE SALES COBRA RESPEITO AO POVO, SERIEDADE, EFICÁCIA E EXIGE A LICITAÇÃO DOS TRANSPORTES!!!


Após um intenso trabalho, até à madrugada de Quarta-Feira (25), a Vereadora Rose Sales (PV) esteve reunida  com a representação do Sindicato dos Transportes Alternativos e da Cooperativa dos carros-lotação, que, juntamente com os mototaxistas e os taxistas clamam para serem regularizados pela Prefeitura de São Luís, a fim de saírem da clandestinidade, visto que o projeto de licitação dos transportes, encaminhado pela prefeitura de São Luís não responde e nem corresponde às reais necessidades da população usuária . De acordo com Sales esse projeto não passa de um engodo “está sendo na verdade, um grande engodo, uma "maquiagem" perante às cobranças que a prefeitura tem recebido, inclusive da justiça, que já sentenciou o município por ter sido recorrente no descumprimento das normas legais vigentes e do TAC - Termo de Ajustamento de Conduta estabelecido pelo MPE- Ministério Público Estadual. Mas, infelizmente, até a sentença judicial com trânsito em julgado, também, o prefeito descumpriu” afirmou Sales

Preocupada com a perda das garantias históricas já conquistadas pelo povo, Sales protocolou na Diretoria Legislativa da Câmara Municipal, Requerimento e Emendas ao PLC nº 141/2015 (Projeto de Lei Complementar), que trata da Licitação dos Transportes, a fim de evitar que a matéria seja aprovada de forma prejudicial à população usuária, sem levar em consideração a diversidade de serviços de transporte existente em nossa cidade "o PLC 141/15 da gestão municipal se revela um projeto inconsistente e "anti-povo", porquanto não se esmera em tecnicamente, promover efetivamente a resolução da problemática de transporte, garantindo uma mobilidade urbana arrojada, inovadora e inclusiva. É gravíssimo o fato, de o município ter investido milhões de reais na contratação de uma empresa de consultoria de São Paulo e após 3 anos de sofrida espera pelo povo ludovicense e pelos trabalhadores(as) mototaxistas, vanzeiros, motoristas de carros-lotação e taxistas (defensores), simplesmente desconsiderar e desvalorizar essa oferta de serviço de transporte a qual os usuários são obrigados a recorrer, diariamente” finaliza Rose Sales

Já no Plenário da Câmara Municipal, onde houve grande movimentação dos representantes dos carrinho-lotação, do transporte alternativo complementar, mototaxistas e taxistas que estão saturados com a inércia e as falsas promessas do governo municipal. A parlamentar ao lado deles e com a presença do  Presidente - Ver. Astro, estiveram dialogando pela terceira vez sobre a importância para a cidade e para esses trabalhadores de que a licitação dos transportes aconteça pensando na cidade de forma global e que materialize os devidos resultados em favor de São Luís; vários vereadores participaram e reconheceram a legitimidade das reivindicações. O  presidente concedeu a segurança de que a apreciação da matéria ocorrerá seguindo o rito regimental e que estará empenhado para efetuar as contribuições necessárias.

O posicionamento forte de Rose Sales foi determinante quando do envio em 2014 e em 2015 do Projeto de Licitação dos Transportes (n° 076/14) pelo Executivo Municipal, pois o Prefeito Edivaldo de Holanda Júnior, retirava no art. 24 direitos consolidados dos usuários, como: extinguia a meia passagem dos estudantes, a gratuidade dos idosos, de pessoas com deficiência mental, sensorial e motora e dos cidadãos com HIV/AIDS e revogava várias outras conquistas. O que incidiu na decisão da Presidência da Câmara em interromper a votação, e ainda, com que o Prefeito se retratasse publicamente e solicitasse a devolução do Projeto ao Executivo. Diz a Vereadora: "sou favorável e tenho sido propositiva, a fim de que a licitação dos transportes aconteça sim, mas dentro de um rigor técnico, com eficácia de resultados sociais e com as devidas garantias que merece e tem direito o nosso povo ludovicense".

Nenhum comentário:

Postar um comentário