WB-Combate-Mosquito-960x90px

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Sobrinho de dono do Isec, Honorato é cotado para ser vice de Edivaldo


Instituto garfou R$ 33,2 milhões da Prefeitura de São Luís. Suspeita-se que dinheiro será usado como bolsa eleição para beneficiar Edivaldo

 


Depois de abocanhar 33,2 milhões de reais para, suspeita-se, usar como bolsa eleição em prol da reeleição do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) em 2016, o Instituto Superior de Educação Continuada (Isec) traça planos para avançar sobre os cofres públicos da capital com um representante dentro do próprio Palácio de La Ravardière.

Trata-se do vereador Honorato Fernandes (PT), sobrinho do dono do Isec, Luiz Celso Cutrim Batista. Com a saída do PSB da administração e com o PSDB também fora da gestão do prefeito, as chances do PT estar no palanque de Edivaldo cresceu. Como em um único mês mais de 2,3 milhões já foram liberados para o instituto, o nome de Honorato foi rapidamente indicado pelo partido para compor como vice na chapa do pedetista.

Para que a chapa seja fechada, porém, ainda resta uma negociação com o PCdoB, partido do governador Flávio Dino, que tem a prerrogativa de indicar o vice de Edivaldo Júnior. Para reverter a prioridade comunista, o vereador petista conta com a confiança do próprio prefeito de São Luís, de quem já foi líder de governo na Câmara Municipal, função que deixou sob crise no ano passado, mas já resolvida agora diante do valor fechado pela prefeitura com o Isec.

Do blog Atual 7


Nenhum comentário:

Postar um comentário