WebBanner_IPTUsite2

segunda-feira, 6 de julho de 2015

‘Ditador e arbitrário’, diz DCE sobre regimento da UFMA

Estudantes relatam que tomarão medidas judiciais para impedir a aprovação do regimento.


 
São Luís – Estudantes e professores da UFMA se posicionaram de forma contrária ao regimento interno aprovado recentemente nos conselhos da universidade, as novas ‘regras’ que trazem conceitos de ‘ética e moral’ considerados abusivos pelos estudantes causaram polêmica, alvoroço e indignação nas redes sociais. Com isso, a entidade máxima de representação dos estudantes na UFMA (DCE-UFMA), divulgou na última sexta-feira (4), nota de esclarecimento destacando sua posição contrária ao novo regimento.

Os estudantes, além de destacarem que são contrários à minuta, ressaltaram que o DCE não tem assento no conselho universitário, logo, não pode responder pelos membros que aprovaram este regimento e segundo o DCE alguns dos membros vêm “atribuindo a essa gestão do DCE a inteira responsabilidade por todo esse retrocesso”.

A nota ressalta que “o DCE não tem assento nos Conselhos Superiores desta Universidade”, “diferente da APRUMA (entidade que compõe o CONSUN)  que após esta votação vem de forma difamatória e injuriosa, agindo de maneira irresponsável, atribuindo a essa gestão do DCE a inteira responsabilidade por todo esse retrocesso. 

O DCE da UFMA fará um ato de protesto em frente à reitoria da UFMA, na próxima terça-feira, com intuito de garantir uma ampla discussão sobre a construção da minuta de regulamentação disciplinar do corpo discente.

Os estudantes ainda prometem tomar medidas judiciais cabíveis para impedir a aprovação do regimento, que dentre outros pontos, proíbe o uso de bebidas alcoólicas, drogas e entorpecentes, sexo no CAMPUS, além de ressaltar que os alunos devam se trajar de acordo com a ética, moral e os ‘bons costumes’.

Confira a nota:





Nenhum comentário:

Postar um comentário