WebBanner_IPTUsite2

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Fixação do piso nacional do magistério é resgate de uma dívida histórica no MA


O governador Flávio Dino assinou ontem (20) decreto que fixou o piso nacional em todos os patamares no magistério da rede estadual.

A fixação do piso nacional do magistério era uma das maiores  reivindicações  dos professores  no Maranhão. A  lei nacional do piso  foi promulgada em 2008 (lei 11.738/08)  e o Maranhão era um dos poucos estados que não não cumpriam  integralmente a lei.

Para o presidente do Sindicato dos Professores, Julio Pinheiro, a postura do governo Flávio Dino em relação aos professores é o oposto do tratamento recebido no governo anterior:   “Na gestão anterior, a recomposição salarial chegou a ser parcelada em quatro vezes e não foram raras as pressões do Sinproesemma que chegou, inclusive, a decretar em 2011 uma das greves mais longas da categoria que durou 78 dias. Somente após outra greve, em 2013, a gestão anterior fechou acordo em torno do Estatuto do Magistério”.

Com a fixação do piso nacional dos professores no Maranhão,  governo do Estado resgata uma dívida histórica com o magistério maranhense.

Além da medida, Flávio Dino também beneficiou os professores da rede estadual com  a prorrogação dos contratos de 4.990 docentes, contratação de 100 professores temporários, progressão funcional de 111.444 docentes e reajuste de 15% no salário dos professores contratados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário