WebBanner_IPTUsite2

terça-feira, 31 de julho de 2018

Série D da política! Por sobrevivência, Eliziane pode concorrer ao cargo de vereadora no interior em 2020


A deputada Eliziane Gama, candidata ao Senado Federal, deve sofrer mais uma derrota em 2018, a segunda consecutiva em menos de dois anos. A presidente do PPS no Maranhão já havia caído para Série C da política ao ser derrotada na Capital na disputa pela Prefeitura, terminando o pleito em quarto lugar. 

Em 2016, Eliziane liderava todos os cenários de pesquisa [as mesmas que ela tenta usar hoje para iludir numa falsa liderança], mas caiu na tabela obtendo uma votação pífia, como 32.500 votos, 55% menos que em 2012, quando, mesmo derrotada, se tornou a sensação daquele pleito. 

Até hoje a deputada não conseguiu assimilar a vergonhosa derrota. No entanto, para aliados e ex-aliados a maior adversária dela é ela mesma: é que a irmã tem dificuldade de se “coçar” para honrar compromissos, uma fama que quase a fez perder a vaga na chapa comunista.

Temendo a terceira derrota na curta carreira política, já há quem diga que a irmã começou a “orar e jejuar” para que o governador venha ser reeleito. Tudo, segundo comentários de bastidores, para ver se pega ao menos um cargo na Casa Civil.

Se isso não acontecer, para continuar sobrevivendo da política, a pepessista vai ter que concorrer ao cargo de vereadora em 2020 ou na cidade de Rosário ou no município de Santa Helena. 

Opções não faltam tanto que o blog soube que já rolou até convite, mas esse já é um assunto para a próxima pauta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário